23
jul

Mudança no INSS fortalece as chantagens de Wolmer Araújo para se eleger deputado Federal

Com a indicação no INSS, Sarney Filho, Edson Araújo e Wolmer agora controlam todos os órgãos de pesca: que conta com a Fecopema e também a Superintendência Federal de Pesca e Aquicultura (SEAP), gerida por Genilde Campagnaro.

Edson Araújo (deputado estadual), Sarney Filho (senador) e Wolmer (deputado federal), parceria na pesca para as eleições de outubro…

Desde a última segunda-feira (16), de acordo com publicação do Diário Oficial da União, assumiu como Gerente-Executivo do Instituto Nacional do Seguro Social – INSS, em São Luís, o advogado Cayus Lucylos Matias da Paz Oliveira, o nome é indicação direta do ex-Ministro do Meio Ambiente do governo Temer, deputado federal Sarney Filho, pré-candidato a Senado pelo PV.

Cayus Lucylos foi apresentado a Sarney Filho pelo advogado Wolmer de Azevedo Araújo – pré-candidato a deputado federal pelo PV e filho do deputado estadual Edson Araújo (PSB) -.

O novo mandatário do INSS do Maranhão substitui Luís Carlos Silva, interino exonerado do cargo e que tinha sido indicado pelo deputado federal Cleber Verde, presidente do PRB no Maranhão.

A mudança no estratégico órgão a 60 dias da eleição, obviamente, tem cunho partidário para beneficiar o projeto político de Wolmer Araújo, o pai, e Sarney Filho, que buscam os votos dos beneficiados pelo seguro-desemprego do pescador artesanal (SDPA), o popular “seguro-defeso” – Programa do Governo Federal.

Antes de sair do Ministério do Meio Ambiente, Sarney Filho foi convencido pelos “Araújos” a buscar junto ao presidente Michel Temer a liberação do “seguro-defeso”, principal arma eleitoral/financeira para conquistar votos em municípios do interior do Estado.

Em troca, o filho de Sarney garantiria o apoio da dupla junto à classe pesqueira no segundo estado maior produtor nacional de pescados. E assim, o acordo político do trio foi concretizado!

Nomeação de indicação de Sarney Filho a pedido de Wolmer foi publicada no Diário Oficial no último dia 16 de julho.

O Seguro-Defeso no Maranhão tem uma repercussão muito grande, movimentando cerca de R$ 700 milhões. A habilitação e concessão do benefício – antes de responsabilidade do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) – ficaram a cargo do INSS, daí o interesse da classe política no controle do órgão no Maranhão.

O pagamento do seguro é de quatro a cinco parcelas, enquanto a proibição da pesca é de seis meses. O Programa é uma assistência financeira temporária concedida aos pescadores profissionais artesanais que, durante o período de defeso de determinada espécie, são obrigados a paralisar a sua atividade para preservação da espécie, e em retribuição recebem o dinheiro do Governo Federal.

Isto é, enquanto Edson Araújo (o homem que faliu a antiga COPAMA) presidente da Federação das Colônias de Pescadores do Estado do Maranhão (FECOPEMA), entidade que agrega mais de 170 Colônias espalhadas por todo o Estado, faz o cadastro (processo) dos beneficiários – e ainda cobra altas taxas sindicais -, Wolmer Araújo trata de liberar o recebimento do dinheiro junto ao novo Gerente Regional do INSS, Cayus Matias.

Com o dinheiro do Seguro na conta dos pescadores até antes do dia da eleição ou, com a segurança que irá ser depositado após o processo eleitoral, o voto de cabresto e, também das pessoas que não são pescadores mais recebem de forma ilegal o benefício, ficam fidelizados para os candidatos indicados pelos presidentes de Colônias de Pescadores, neste caso, Edson Araújo (deputado estadual), Sarney Filho (senador) e Wolmer (deputado federal).

– Jogo de chantagem 

Advogado Cayus Matias indicação de Wolmer para o INSS aceita por Sarney Filho, e acatada por Michel Temer…

Os pescadores e falsos beneficiários só recebem o Seguro Defeso depois que o processo passa pelo INSS. O esquema de liberação de benefícios do programa configura um dos maiores currais eleitorais do Maranhão, agora, tudo está sob o controle da família Araújo que conta com o apadrinhamento da família Sarney.

Wolmer e seu pai, atuam há anos coagindo Colônias de Pescadores espalhadas por mais de 170 municípios maranhenses afim de apoio político, contribuições financeiras além de percentual de “pró-labore” pagos pelos sócios. E nesse período eleitoral a chantagem por apoio tem aumentado significativamente.

Os Araújos, agora com apoio de Sarney Filho, são verdadeiros profissionais do ramo e agem sempre do mesmo ‘modus operandi’. E quem não é aliado ou se nega rezar na cartilha da dupla é covardemente boicotado, defenestrado da função e/ou boicotado sob ameaça de ficar sem Seguro Defeso. O jogo de chantagem já foi denunciado pelo Blog, lembre AQUI.

Além da FECOPEMA que manda nas Colônias de Pescadores e, agora, da Gerência Regional do INSS que libera os pagamentos do Seguro, os “Araújos” e Sarney Filho também controlam a Superintendência Federal de Pesca e Aquicultura no Estado do Maranhão (SEAP), órgão competente para a emissão dos protocolos de carteiras de pescadores, é apenas com esse documento que é possível dar entrada no Defeso, ou seja, tudo em casa! 

Essa segunda parte que envolve Genilde Campagnaro deixo para contar depois…

  • LEIA TAMBÉM:

– Wolmer Araújo: o filho de deputado que comanda com mão de ferro a milionária FECOPEMA

– De como o Deputado Edson Araújo e seu filho usam o seguro-defeso para arrecadar milhões

– Veja como funciona o esquema de intervenções e “Juntas Governativas” da FECOPEMA

– Dep. Edson Araújo está enganando alguém…

4 Comentários

  1. Allana Reis disse:

    Maura Jorge tá articulando pro vice dela ser o filho do empresário Hassam de Imperatriz

  2. jose carlos silva disse:

    Domingos, esse esquema que o Sarney Filho está montando é o mesmo que vem elegendo o Cleber Verde à bastante tempo e por último elegeu o Júnior Verde? Por favor, investigue isso para nos.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

RÁDIO TIMBIRA