09
out
2015

Lidiane Leite fora da cadeia após dez dias; advogados já focam na sua volta para a Prefeitura

Tudo muito suspeito: Desde que se entregou na Polícia Federal, a prefeita cassada Lidiane Leite [ostentação] parece seguir um roteiro traçado pelos seus advogados, o final desse filme parece ser sua recondução para o cargo Prefeitura de Bom Jardim, também pelas vias judiciais. 

15271425

Justiça federal revogou a prisão preventiva da “ostentação” Lidiane Leite.

Na profundeza dos mistérios da Justiça brasileira nunca se duvidou de absolutamente nada. De apenas 25 anos, a prefeita cassada do Município de Bom Jardim – Lidiane Leite da Silva, suspeita de desviar milhões em verbas da educação, recebeu nesta sexta-feira(29) decisão favorável que lhe coloca livre da cadeia.

Lidiane havia sumido quando teve sua prisão decretada na Operação Éden no dia 20 de agosto, da Polícia Federal, chegou ter o nome incluído na lista de procurado da Interpol – Organização Internacional de Polícia Criminal.

Após passar 39 dias foragida da Justiça, a prefeita apelidada de “Ostentação” pela imprensa de todo o mundo, se entregou no começo da tarde do dia 28 de setembro, acompanhada de três advogados, um desses com grande trâmite em Brasília.

Presa, Leite foi levada – mesmo sem ter ensino superior – para uma sala no quartel do Corpo de Bombeiros de São Luís. Foi taxada pelo Ministério Público de receber regalias, entretanto, nada impediu que nesta manhã, o juiz federal Magno Linhares, da 2ª Vara da Justiça Federal no Estado, revogasse a sua prisão preventiva.

Para amenizar as criticas da sociedade, o magistrado substitui, na decisão, a prisão por monitoramento eletrônico com tornozeleira.

Estratégia

lidiane

Lidiane agora quer retornar ao comando da Prefeitura.

Nos bastidores comenta-se que tudo não passa de um grande ensaio. Quando se entregou Lidiane já sabia que não passaria mais de 10 dias presa, foi exatamente essa a condição para se apresentar na sede da PF.

Agora os advogados só pensam na volta da “ostentação” para o comando dos cofres públicos de Bom Jardim. Os defensores contratados a preço de ouro já trabalham para anular a votação da Câmara de Vereadores que cassou o mandato de sua cliente por ato de improbidade administrativo.

E não se espante, caso a ex-detenta retorne para o cargo no qual foi eleita pela maioria dos bom-jardinenses em 2012.

1 Comentário

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo