26
jun
2022

Flávio Dino e Márcio Jerry foram vítimas em Coroatá da mesma armação que Fred Campos é alvo em Paço do Lumiar

Se a decisão do juiz eleitoral de Paço do Lumiar, Carlos Roberto Gomes de Oliveira Paula, for levada à risca nestas eleições de 2022, toda a classe política do Maranhão já pode se considerar inelegível.

Flávio Dino e Márcio Jerry foram vítimas da mesma armação que tenta deixar Fred Campos inelegível em Paço do Lumiar…

Em agosto do ano de 2018, a juíza Anelise Nogueira Reginato, titular da 8ª zona eleitoral, em apreciação da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) número 262-79, decidiu declarar a inelegibilidade (de oito anos) de Flávio Dino de Castro Costa e Márcio Jerry Saraiva Barroso, então governador do Maranhão e ex-secretário de comunicação, respectivamente.

Naquela decisão, a magistrada também cassou os mandatos de Luís Mendes Ferreira Filho e Domingos Alberto Alves de Sousa, estes últimos, prefeito e vice-prefeito de Coroatá-MA.

Porém, meses após a armação que tentava deixar Dino, Jerry e outros inelegível, a verdade foi restabelecida e a decisão de primeiro grau foi tornada nula pelas instancias superiores da justiça eleitoral.

Pois bem, passado quatro anos desse fatídico acontecimento para o judiciário, mais uma tentativa de tentar criar instabilidade na política maranhense veio a tona essa semana. Desta vez, o juiz Carlos Roberto Gomes de Oliveira Paula, titular da 93ª Zona Eleitoral – também decidiu por tentar deixar inelegível o empresário e segundo colado para a prefeitura de Paço do Lumiar nas eleições de 2020, Fred Campos (PP).

Acredite, para deferir a decisão, o  magistrado diz que o político luminense participou – um ano antes da eleição daquele ano – de um evento com distribuição de peixe, outro de cestas básicas e de um evento alusivo ao Dia das Mães com entrega de brindes. Os demais pedidos constantes na Ação não foram acolhidos pelo juiz.

Se os argumentos usados por Carlos Roberto em sua decisão “teratológica” forem usados à risca nestas eleições, nada menos que toda a classe política maranhense está inelegível.

Ora, qual político do Maranhão não participou de entrega de brindes, festas do dia das mães e entrega de cestas básicas no ano passado [um ano antes da eleição]?

Obviamente que assim como a decisão a juíza Anelise Nogueira Reginato, em 2018, contra Flávio Dino, Márcio Jerry e outros políticos, essa decisão do juiz Carlos Roberto Gomes de Oliveira Paula também será corrigida pelas instâncias superiores da justiça eleitoral, vez que ainda cabe recurso ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (em segunda instância) e posteriormente ao Tribunal Superior Eleitoral (em última instância).

1 Comentário

  1. EMANUEL PINHEIRO disse:

    Domingas, com confunda alhos com bugalhos!!

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

CONTAGEM REGRESSIVA

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894