07
dez
2017

Caso Nenzin: Aliado da família Sarney tem prisão decretada pelo assassinato do próprio pai

Filiado ao Partido Verde, o candidato a prefeito de Barra do Corda que obteve mais de 20 mil votos e ficou em segundo teve a prisão decretada acusado de matar o pai, o ex-prefeito Nenzin.

Júnior do Nenzin, ladeado do pai [Nenzin], do irmão [Rigo], do Ministro Sarney Filho e da ex-governadora Roseana Sarney.

Manoel Mariano de Sousa Filho, o Junior do Nenzin, filiado ao Partido Verde, está sendo procurado pela Polícia do Maranhão acusado da morte do próprio pai, o ex-prefeito Nenzim. A Justiça decretou sua prisão na noite desta quinta-feira (7).

Junior do Nenzin foi candidato a prefeito de Barra do Corda em 2016, com apoio da ex-governadora Roseana Sarney e do Ministro do Meio Ambiente Sarney Filho e obteve 20.638 votos (47.80%), ficando em segundo lugar, perdeu para o atual prefeito Eric Costa, do PCdoB, que tirou 22.338 votos.

Era exatamente Junior do Nenzin que estava com o pai no momento do crime. Informações inda preliminares dão conta que o assassinato que abalou o município de Barra do Corda na manhã de quarta-feira (06), foi motivado por disputa de bens da família.

3 Comentários

  1. Valber disse:

    Domingos,Acho que você foi infeliz no título da matéria,envolver políticalha no caso desse é desnecessário.

  2. júnior disse:

    Tudo você quer tirar proveito politico, vergonhoso isso.

  3. Costa disse:

    Essa insanidade desse monstro tirar a vida do próprio pai a família Sarney não tem nada haver com isso!

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

CONTAGEM REGRESSIVA

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894