26
ago
2016

Wellington apresenta propostas para mudar São Luís em entrevista na TV Difusora‏

Candidato disse que governará com planejamento, comprometimento social e falando a verdade para o povo. Desta forma, segundo ele, será possível retirar a capital da situação de calamidade que se encontra hoje.

Wellington voltou a destacar a sua trajetória de vida pautada na verdade, amor para com o próximo e empreendedorismo.

Wellington voltou a destacar a sua trajetória de vida pautada na verdade, amor para com o próximo e empreendedorismo.

Considerado um dos deputados estaduais mais atuantes do Maranhão, o candidato a prefeito Wellington 11 (PP), da coligação “Por Amor a São Luís”, apresentou nesta sexta-feira (26), durante entrevista ao vivo ao programa Na Hora D, na TV Difusora, propostas concretas que podem retirar a capital maranhense da situação de caos.

Wellington abordou, principalmente, áreas que, hoje, figuram como reivindicações prioritárias dos ludovicenses – tais como saúde, educação, mobilidade urbana e segurança pública – e sobre as quais a atual gestão municipal pouco ou nada fez.

Ele explicou que o seu Plano de Governo foi construído juntamente com a sociedade, por meio dos projetos Conversando com a Comunidade e Ouvindo São Luís, promovidos durante a pré-campanha. Nele, constam ações, de curto e médio prazo, pensadas obedecendo critérios de desenvolvimento estratégico e econômico; comprometimento social; e sustentabilidade.

“Na área da saúde, iremos reestruturar a rede municipal, ampliá-la, integra-la utilizando as novas tecnologias. Tudo isso com foco na atenção básica. A construção de um Hospital Metropolitano é viável e iremos mostrar com base em estudos técnicos qualificados”, disse.

No setor da mobilidade urbana, o candidato destacou a construção de novas vias interligando os bairros; construção de passarelas; implantação de rotas alternativas ligando as grandes avenidas aos bairros; instalação de ciclovias. Essas e outras ações estarão contempladas em um Plano Municipal de Mobilidade Urbana, ferramenta que nunca foi implantada em São Luís.

Mesmo não sendo competência constitucional do município, Wellington garantiu que, como prefeito, trabalhará medidas que irão contribuir com o setor da segurança pública, dentre elas o aumento do efetivo da guarda municipal. “Não serei um gestor omisso. Iremos fazer nossa parte e buscar mais apoio dos governos do estado e federal no sentido de ofereceremos maior segurança à população”.

De acordo com ele, São Luís vive o atual estado de calamidade devido a inoperância, a falta de planejamento do atual prefeito que, em 2012, elegeu-se vendendo promessas mirabolantes, as quais não conseguiu cumprir.

 “O atual prefeito prometeu construir os elevados da Forquilha e do Calhau, só para citar estes exemplos. Não fez porque não se preocupou em desenvolver uma política orçamentária correta que, de fato, pudesse contemplar essas obras. Nossa gestão, a partir de janeiro, será diferente. Administraremos com planejamento, pautados em um plano de governo viável, exequível”, finalizou.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade