01
jul
2016

Waldir Maranhão decide não instalar CPI da UNE

Waldir considera que terá pouco tempo à frente dos trabalhos legislativos, pois logo deverá ser substituído.

O presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), afirmou que não vai autorizar a abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da União Nacional da Estudantes (UNE). Mesmo após os membros da CPI terem sido escolhidos, a reunião para a instalação do colegiado foi adiada pelo parlamentar três vezes nas últimas semanas, sem qualquer justificativa do presidente da Casa. Na última terça-feira, depois de mais um adiamento, Maranhão disse ao líder do governo, André Moura (PSC-SP), que não vai instalar nenhuma CPI enquanto estiver à frente do comando dos trabalhos legislativos.

Maranhão teria dito a Moura que as CPI’s são muito “polêmicas”. Ele considera que terá pouco tempo à frente dos trabalhos legislativos, pois logo deverá ser substituído, e não quer se indispor com os estudantes da UNE. O presidente em exercício Michel Temer também compartilharia do mesmo sentimento. Segundo governistas, a decisão de cancelar a instalação da CPI contaria com o apoio do Temer, que quer evitar protestos durante o processo impeachment e a Olimpíada, em agosto. O ministro das Relações Exteriores, José Serra, que já foi presidente da instituição em 1963, então com 21 anos, também seria contrário à instalação.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade