23
maio
2016

A repercussão dos áudios de Romero Jucá e Sérgio Machado

Fala de Jucá é mais grave que a de Delcídio, avalia relator

alx_brasil-juca-licenciamento-ministerio-planejamento_originalRelator da cassação do mandato de Delcídio Amaral (sem partido-MS), o senador Telmário Mota (PDT-RR) avaliou nesta segunda-feira que a fala do ministro do Planejamento, Romero Jucá, sobre formas de parar as investigações da Operação Lava-Jato é ainda mais grave do que a que levou Delcídio à prisão, em novembro passado. Telmário e Jucá, que se licenciou do Senado para assumir o Planejamento, são adversários políticos em Roraima. O PDT vai ingressar amanhã com uma representação no Conselho de Ética do Senado pedindo a cassação de Jucá.

Juristas comparam caso de Jucá com o do ex-senador Delcídio Amaral

Para juristas, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) agiu de forma criminosa durante a conversa gravada com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. O constitucionalista Lenio Streck compara a situação de Jucá com a do ex-senador Delcídio Amaral (sem partido-MS), que foi preso após ser gravado oferecendo suborno e montando um plano de fuga para o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.  – É muito grave. Tem a mesma dimensão daquilo que o Delcídio fez. Demonstra a abrangência de uma conspirata para abortar a Lava-Jato – afirma Streck, professor da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos).

“Por muito menos, eu fui preso”, diz Delcídio Amaral sobre Romero Jucá

"Por muito menos, eu fui preso", diz Delcídio Amaral sobre Romero Jucá Divulgação/Agência SenadoO ex-senador Delcídio Amaral comentou o diálogo divulgado nesta segunda-feira entre o ministro do Planejamento, Romero Jucá, e o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. No diálogo, revelado pelo jornal Folha de São Paulo, Jucá fala em “estancar a sangria” da Operação Lava Jato e faz uma referência a um pacto para deter as investigações. “Por muito menos, eu fui preso” disse Delcídio nesta manhã, se referindo à gravação em que aparece propondo a fuga de Nestor Cerveró para o Paraguai. Delcídio ainda ironizou o episódio, que classificou como “grave”, e disse que o seu caso, perto deste, “parece a Disney”.

Vídeo: Jucá tenta explicar o inexplicável

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade