02
ago
2015

URGENTE! Tiroteio na Ilha de Curupu deixa três baleados ao lado da casa de Roseana Sarney

MA - SENADO/SARNEY/TERRA - POLÍTICA - Vista da Ilha de Curupu de propriedade do presidente do senado José Sarney (PMDB- AP) no Maranhão. 17/07/2009 - Foto: CELSO JUNIOR/AGÊNCIA ESTADO/AE

Vista da Ilha de Curupu de propriedade de José Sarney, no município maranhense de Raposa. Foto: CELSO JUNIOR.

Atualizado

Por volta das 13h40 deste domingo 02/08, três pessoas foram baleadas na paradisíaca ilha do Curupu, onde ficam as espaçosas residências de praia da família Sarney, localizada no município de Raposa.

Tudo aconteceu quando um grupo ancorou uma embarcação da ilha, outra biana (canoa motorizada) chegou minutos após com oito pessoas a bordo, três dos tripulantes desceram e anunciaram o assalto.

Para a surpresa dos assaltantes, as vítimas também estavam armadas  e reagiram. Na troca de tiros um dos meliantes foi atingido nas costas e outros dois na perna e braço. Suspeita-se que pelos menos duas das pessoas vítimas de assaltos eram policiais.

A segurança particular da família Sarney assim que ouviu os tiros comunicou imediatamente o coronel José de Ribamar Vieira por telefone, que acionou o helicóptero do GTA – Grupo Tático Aéreo da Polícia Militar, que chegou no local em seguida.

O caseiro da Ilha, identificado como Romildo, informou que entre os cinco assaltantes haviam três mulheres e parte do grupo se evadiu do local.

As vítimas foram encaminhadas para o hospital. Moradores do povoado Canto, que fica ao lado da Ilha, disseram que um dos homem feridos, é morador da Rua do Angelim, bairro do Carcarape em Raposa, os demais até agora não foram identificados.

Esse não é o primeiro tiroteio na Ilha de Curupu, em outubro de 2014, policias trocaram tiros com os seguranças das residências da então governadora do Maranhão Roseana Sarney e de seu irmão, o empresário Fernando Sarney, lembre desse caso AQUI.

Em contado com o blog, familiares informaram outra versão, alegam que não se tratou de nenhuma tentativa de assalto. O grupo acusado de cometer o delito estava na ilha a passeio,  e na hora do almoço, munidos de facões, decidiram pegar lenha, momento que encontraram o segundo grupo.

2 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo