Política

Além da vistoria, uma audiência foi realizada para debater com as comunidades locais os prejuízos do cancelamento das obras de instalação da refinaria

 
Prefeito Alan e Comissão na Prefeitura de BacabeiraO prefeito de Bacabeira, Alan Linhares, recebeu, na tarde da ultima sexta-feira (17), no empreendimento onde seria instalado a Refinaria Premium I, parte da comissão externa da Câmara dos Deputados que analisa o cancelamento das refinarias Premium I e II da Petrobras no Nordeste.

 Alan Linhares vistoriou o local na companhia dos deputados federais Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE), Eliziane Gama (PPS-MA) e Weverton Rocha (PDT-MA) e dos deputados estaduais Fernando Furtado (PCdoB-MA), Wellington do Curso (PPS-MA) e Zé Inácio (PT-MA). Também participaram da visita, membros da Advocacia Geral da União (AGU) e moradores dos povoados Salva Terra, Val Paraíso e Pequi.

 O objetivo da visita foi avaliar o impacto socioeconômico causado pela decisão da estatal, dialogar com as comunidades e, ainda, catalogar um documento, que será encaminhado às autoridades para evitar o desperdício do dinheiro  público.

 No breve passeio pelo local, a comissão observou o impacto ambiental causado pela devastação do terreno abandonado, que ainda mostra os sinais do início de terraplanagem. “A Petrobras irá devolver o terreno ao estado e nós vamos trabalhar dentro do prazo, para que possamos dar subsídios aos governadores”, garantiu o deputado Raimundo Gomes do Ceara, relator da comissão.

 Prefeito Alan Eem discurso na AudênciaComo parte da programação, uma audiência foi realizada após a visita para avaliar os prejuízos das famílias que viviam no local, antes do início das obras do empreendimento e, também, daqueles que investiram no município diante da grande expectativa que foi gerada. Participaram do encontro, representantes de povoados, professores, vereadores, secretários municipais e sociedade civil em geral.

Em seu discurso, o gestor municipal lembrou do esforço e do compromisso da administração para a implantação da refinaria. “Demos todas as condições necessárias para que o investimentoblank fosse realizado. A isenção tributária de 2,5 porcento, foi uma delas”, afirmou. “Será que vão devolver?”, perguntou Alan Linhares. Ele ainda acentuou a frustração de empresários que investiram no setor hoteleiro. “Pessoas investiram em centros comerciais com 50 salas, e, hoje, só tem uma sala alugada. É um projeto que vai por água a baixo, por irresponsabilidade, não se sabe de quem”, finalizou.

Prefeito Alan recebendo a Comissão no local das ObrasClaudionor Lima D’eça, representante do povoado Zé Pedro, foi uma das 10 pessoas que inscreveram seus nomes para fazer perguntas ou comentários. “A refinaria plantou um sonho para a nossa juventude. Clamo, para que façam a refinaria voltar, ainda que em menor porte, mas lutaremos por ela, porque o prejuízo é enorme, pontuou.

 A coordenadora da comissão, Eliziane Gama, prometeu que lutará pela retomada dos pagamentos das famílias dos povoados, onde mais de 65 famílias viviam antes do início das obras da refinaria e que foram realocadas para outras áreas do município. “Vamos catalogar todas essas informações, inclusive, sobre o atraso do pagamento do benefício de R$ 700,00 dessas famílias e buscar a responsabilidade legal, para dá uma resposta ao povo”, ressaltou.

DSC_2047

Iracema Vale possui contrato de mais de um milhão com a Construtora Santa Margarida

O blog já tinha denunciado em postagem que “para a Prefeita de Urbano Santos lixo é luxo”, Iracema Cristina Lima Vale(PT) contratou uma empresa que na prática só funciona para fornecimento de notas ficais frias, em detrimento de serviços nunca realizados na Cidade.

Os moradores do Município a cerca de 190 km de são Luis, não entendem como a desastrosa prefeita Iracema Vale(PT), contratou a Construtora Santa Margarida Ltda – ME para prestar serviço de limpeza pública e conservação do município por R$ 1.055.774,72 (um milhão, cinquenta cinco mil, setecentos e setenta e quatro reais e setenta e dois centavos).

A empresa sediada no Município de Mata Roma funciona em uma residência simples, porém, segundo  relatório da Controladoria Geral da União aponta, o esquema de corrupção envolve a empresa Santa Margarida, onde os desvios de recursos podem ultrapassar a R$ 30 milhões.

Além da Prefeitura de Urbano Santos, estão envolvidas também Anapurus, Mata Roma e Magalhães de Almeida.

Cinegrafista da Globo filmando a sede da empresa

Cinegrafista da Globo filmando a sede da empresa em Mata Roma, desvio de recursos será mostrado no Fantástico

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

 

RÁDIO TIMBIRA

Rádio Timbira Ao Vivo