11
ago
2016

Sobrinhas do prefeito de Pio XII que moram no Paraguai e Bolívia recebiam como fantasmas

Entre os tantos parentes do prefeito Paulo Veloso que constam como “funcionários fantasmas” no executivo de Pio XII, segundo a Justiça, existem duas sobrinhas do prefeito que estudam e residem fora do país.

pio xii

Larissa reside em Assunção, no Paraguai.

Um detalhe curioso chamou atenção do editor deste Blog na decisão desta quarta-feira (10), em que o juiz Raphael Leite Guedes, titular da Comarca de Pio XII, determina o afastamento do prefeito Paulo Roberto Sousa Veloso e mais quatro de seus auxiliares de primeiro escalão por atos de improbidade caracterizado pela existência de servidores “fantasmas” na administração pública municipal.

Pelo menos duas das três sobrinhas do gestor afastado que recebiam na folha de pagamento da prefeitura como servidores públicas municipais, sequer residiam na cidade, pior, estudam e, portanto, moram fora do país.

Larissa Veloso

Ana Larissa Veloso Rodrigues, residente na Cidade de Assunção, capital do Paraguai, na qual cursa Medicina, conforme informação da própria “fantasma” existente em seu perfil na rede social, recebe valores mensais da prefeitura, desde o mês de janeiro de 2014, por supostamente ocupar o cargo de Assessora da Secretaria Municipal de Educação.

Segundo a Justiça, baseado na investigação da Polícia Civil e do Ministério Público, constam dos autos do processo, certidão de movimentação para o exterior encaminhada pela Polícia Federal da sobrinha do prefeito com inúmeros intervalos de saída e entrada no Brasil, documento que demonstra indícios suficientes de não residência da Larissa em Pio XII, portanto, não tinha como estar exercendo função no órgão municipal.

Camila Veloso

A segunda sobrinha do prefeito é Camila Atalia Chagas de Oliveira, residente na cidade de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, país no qual também cursa Medicina, conforme certidão de movimentação para o exterior encaminhada pela Polícia Federal.

pio

Camila residente na cidade de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia.

Camila começou ‘faturá’ na prefeitura desde o mês de janeiro de 2013, por supostamente ocupar o cargo de Assessora da Secretaria Municipal de Educação.

Ela possui inúmeros intervalos de saída e entrada no Brasil, documento que demonstra indícios suficientes de não residência na cidade, tampouco, ocupar cargo no executivo piodocense.

Carulina Veloso

Além de Larissa e Camila, uma terceira sobrinha também supostamente ocupou o cargo de funcionário fantasma de Assessora da Secretaria Municipal de Educação, mesmo sem nunca ter pisado no órgão.

Trata-se de Ana Carulina Veloso Rodrigues, residente na Cidade de São Luís, conforme informação das investigações no processo. Ela recebeu valores mensais do Município desde o mês de março de 2013. Recentemente a jovem mudou-se pra a cidade de Niquelândia – GO.

Documentos

Os graves fatos narrados e comprovados pelo representante do Ministério Público no bojo da “Operação Descarrego”, verificou através das provas inequívocas, a existência de grave e reiterado desvio mensal de verbas públicas com a caracterização de “apadrinhamento político” sem os trabalhos diários pelos parentes dos gestores municipais.

sdada

Carulina, morava em São Luís, recentemente mudou-se para o Estado de Goiás.

Constam dos autos, diversas provas, dentre as quais a existência de diversas portarias, termos de nomeação, pré-contratos e folhas de pagamento com informações suficientes para a caracterização de “funcionários fantasmas” na Administração Pública do município.

Até a presente data, as investigações apontaram para um desvio  aproximado em R$ 2.500.000,00 (dois milhões e quinhentos mil reais) para o pagamento de “funcionários fantasmas”, valores estes que, inclusive, podem ser maiores, haja vista que continuam as investigações que podem acarretar no descobrimento de mais pessoas envolvidas.

Abaixo veja relação de partes dos funcionários fantasmas de Pio XII:

*ANA CARULINA VELOSO RODRIGUES (sobrinha do Prefeito Municipal);

*ANA LARISSA VELOSO RODRIGUES (sobrinha do Prefeito Municipal);

*CAMILA ATALAIA CHAGAS DE OLIVEIRA (sobrinha do Prefeito Municipal);

*OSCIONEIDE SILVA E SILVA (Esposa do Vereador “DAVI”);

*ANA SCARLETT VIEIRA VELOSO (Sobrinha do Prefeito Municipal);

*OSÍLIO ODILIO DA SILVA (ex-genro do Prefeito Municipal);

*ANA PAULA DOS SANTOS VELOSO (filha do Prefeito Municipal);

*BRENDA ARAÚJO PORTILHO (Filha da Secretária de Educação);

*DIONE SEBASTIANA SOUSA VELOSO (Irmã do Prefeito Municipal);

*GIANA EMANUELA SILVA PORTILHO (Sobrinha da Secretária de Educação);

*JORDELIA NASCIMENTO FERREIRA (Esposa do Secretário de Finanças);

*LUCELENA DOS SANTOS OLIVEIRA (filha do Vice-Prefeito);

LEIA TAMBÉM:

– Operação Descarrego: Justiça afasta prefeito, secretários e procurador de Pio XII

– Operação Descarrego: Promotor diz que 40 pessoas recebem sem tabalhar na prefeitura

1 Comentário

  1. Eloi disse:

    Lamentável este fato, espero que nosso país tome rumo, a começar por nós mesmos!

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

Publicidade