15
jan

“Simplicio me deu segurança jurídica e política”, justifica Madeira sobre filiar no Solidariedade

Madeira falou ladeado pelo presidente estadual do SSD, o secretário de Industria e Comercio do governo Flavio Dino, Simplício Araújo...

Madeira falou ladeado pelo presidente estadual do SSD, o secretário de Industria e Comércio do Estado, Simplício Araújo…

O ex-juiz federal Carlos Madeira disse durante coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira (15) no Brisamar Hotel que optou em filiar no partido Solidariedade porque o presidente estadual Simplicio Araújo lhe deu segurança jurídica e política.

Detalhando o que são essas seguranças, Madeira disse que jurídica pelo fato de que caberá a ele indicar a composição do diretório municipal da sigla.

E política porque Simplicio assegurou não aceitar interferência de qualquer agente político nas decisões da candidatura dele ao Palácio de La Ravardière.

Na coletiva, quando questionado pelo titular desta página se sentia-se aliado do governador Flávio Dino, haja visto, a opção por um partido que faz base ao governo do Estado, o ex-juiz respondeu que sua candidatura segue uma linha independente, mas que está aberto ao dialogo.

“Nessa caminhada não levantei muros, e sim, construir pontes”, parafraseou Camões, o pré-candidato do SSD.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

RÁDIO TIMBIRA

Rádio Timbira Ao Vivo