18
fev
2016

Sidney Pereira mandou esconder veículo da prefeitura de Anajatuba que matou mãe de família

Veículo da prefeitura de Anajatuba se envolveu em acidente com vítima fatal, prefeito Sidney Pereira mandou esconder a caminhonete, mas carro foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal.

IMG-20160218-WA0018

Secretário Arimatéis matou a ciclista e fugiu do local sem prestar socorro.

O rebuliço que encontra-se na Prefeitura de Anajatuba sob a gestão do prefeito Sidney Pereira (sem partido), pode ser retratada no trágico acidente automobilístico ocorrido no último dia 09- terça-feira de carnaval – na BR 135, mais precisamente nas proximidades do povoado Outeiro, município de Itapecuru-Mirim.

O autor da trágica façanha, envolvendo um veículo oficial da Prefeitura, foi o senhor José de Arimatéias Marinho Carvalho, Secretário Municipal de Assistência Social de Anajatuba. A vítima, uma mãe de dois filhos menores, a senhora Noelma de Jesus Lima Frazão, 35 anos.

Na noite anterior ao acidente, a caminhonete do executivo municipal Ranger, cor branca, placa OJD 1632, foi vista por volta das 23h estacionada em frente ao Hotel Tropical na cidade de Itapecuru-Mirim, sob a direção do secretário Arimatéias Marinho Carvalho, acompanhado de uma mulher.

Quando seguiu em direção à Anajatuba, o auxiliar do prefeito Sidney atropelou Noelma que vinha no mesmo sentido em uma bicicleta. Sem prestar socorro, o secretário evadiu-se do local e tomou rumo desconhecido. A vítima ficou agonizando até a morte à beira da estrada, quando o socorro chegou, infelizmente, já era tarde de mais.

Uma fonte sigilosa de dentro da prefeitura, revelou que passado nove dias, na tentativa de abafar o caso, o prefeito que tomou conhecimento do fato horas após, por uma ligação do próprio “motorista assassino”, arquitetou a tentativa de passar na noite desta quarta-feira (17) com o veículo envolvido no acidente em cima de um carro guincho, pelo posto da Polícia Rodoviária Federal do povoado São Francisco, perto do entrocamento.

IMG-20160218-WA0003-640x360

No carro apreendido na PRF, ainda as marcas do acidente.

Por volta das 23h, de ontem quando o reboque foi avistado pelos Agentes da Polícia Rodoviária Federal já alertados sobre o acontecido, o carro foi apreendido, onde pelo menos até esta tarde encontrava-se retido.

O Prefeito se faz de surdo e mudo sobre o caso e evita dar explicações de por que um carro oficial da Prefeitura de Anajatuba estava na cidade de Itapecuru Mirim na terça-feira de carnaval por volta das 21h, dirigido pelo seu Secretário Municipal de Assistência Social.

Já o “motorista assassino” tem que ser enquadrado pela Justiça por não ter tomado as providências legais, de prestar socorro.

O episódio em questão, está narrado conforme consta na Ocorrência nº 1984235 da PRF, além das fotos deste post que mostram a frente do veiculo totalmente destruída.

Agora é esperar da PRF, bem como a Polícia Civil de Itapecuru Mirim possam investigar esse crime que acabou por tirar a vida de uma cidadã.

Amanhã(19), o blog trás mais sobre o caso…

1 Comentário

  1. MEL disse:

    FATALIDADE!
    Uma tragédia, é assim que pode ser definido um grave acidente de transito. Assassino! Cadê? Não vejo ninguém.
    Rapá o negocio é serio.
    Calhordas.
    O que desejo a vocês? Que se vejam na mesma situação do Arimateia.Viboras.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Cancelar Resposta

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

Publicidade