10
dez
2015

Servidores do Judiciário “baixam a guarda” e sinalizam para o fim da greve que dura quase 60 dias

Os grevista se prontificaram a reporem os serviços atrasados, exatamente como os servidores da Justiça Federal estão fazendo, mediante acordo com os seus Tribunais. Sem desconto o trabalho será colocado em dia!

LVS_4935

Servidores estipularam exigências ao Judiciário para o fim da greve no Tribunal de Justiça.

Durante Assembleia Geral Extraordinária nesta quarta-feira (09), a direção do Sindicato dos Servidores da Justiça do Maranhão, SINDJUS-MA, parece que acordou para a realidade e sinalizou que pode acabar a qualquer momento com a greve geral da categoria, a qual já dura quase 60 dias (dois meses).

Para isso, estipularam seis quesitos:

1 – Envio do Projeto de Lei que é objeto do Processo Administrativo 2770/2015 e que está na Comissão de Assuntos Legislativos para votação na ALEMA;

2 – Em hipótese alguma, vão renunciar ao retroativo das perdas inflacionárias dos 6,3%;

3 – Devolução dos descontos em seus salários (dos dias parados da greve) e o abono das faltas;

4 – Não retaliação de punição quando o servidor voltar ao seu local de trabalho;

5 – Aceita o parcelamento dos retroativos, depois do Projeto de Lei ser aprovado;

6 – Reunião com a atual equipe financeira do Tribunal para discutir a real capacidade orçamentária do Tribunal de Justiça;

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo