28
maio
2016

Sarney recebeu ‘ajuda’ do esquema de corrupção da Transpetro, revelam áudios

 Entre os citados, estão José Sarney. Diálogos gravados não mostram como a ajuda foi prestada. No entanto, é um conjunto de revelações que colocam Sarney numa situação bastante delicada e no olho do furacão da Lava Jato. Além de revelar uma relação promíscua entre o político e membros do STF.

Sarney e MachadoNovos trechos de conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, a que a TV Globo teve acesso, mostram que ele ajudou aliados políticos. Um deles foi o ex-presidente José Sarney, mas os diálogos não permitem dizer que tipo de ajuda foi essa.

Na conversa, Machado parece sondar o ex-presidente José Sarney se o então vice-presidente Michel Temer pode participar de uma articulação para evitar que sua investigação caia nas mãos de Sérgio Moro.

– Confira a conversa abaixo:

Machado pergunta: Você acha que a gente consegue emplacar o Michel sem uma articulação do jeito que esta…

Sarney: Não. Sem articulação, não. Vou ver o que acontecendo, vou no Michel hoje…

Machado diz: O Michel, presidente… Lhe dizer… Eu contribuí pro Michel.

Sarney fala: Hum.

Machado diz: Eu contribuí pro Michel. Não quero nem que o senhor comente com o Renan. Eu contribuí pro Michel pra candidatura do menino… Falei com ele até num lugar inapropriado, que foi na base aérea.

– Sarney aparenta preocupação com a revelação e quer saber se uma ajuda que ele próprio recebeu de Machado é do conhecimento de mais alguém.

Sarney pergunta: Mas alguém sabe que você me ajudou?

Machado responde: Não, sabe não. Ninguém sabe, presidente.

– Não fica claro que ajuda foi essa. A conversa segue sem interrupção, com ambos discutindo uma tentativa de aproximação com ministros do Supremo. O ex-presidente Sarney fala novamente do ex-ministro do Superior Tribunal de Justiça, Cesar Asfor Rocha, como uma pessoa ligada ao relator da Lava Jato no Supremo, Teori Zavascki. Sarney afirma que Asfor Rocha “fez muito favor” a Teori. No meio do diálogo, Machado reafirma que “ninguém sabe” que ele ajudou Sarney.

Sarney diz: O Renan, eu falo com, eu mesmo falo com ele, mas eu prefiro falar assim com o César Rocha. Prefiro falar com o César.

Machado fala: Ninguém sabe que eu lhe ajudei…

Sarney afirma: Porque o César Rocha, o César, o César Rocha, que é o nosso cúmplice junto com o…

Machado pergunta: Com o Teori?

Sarney responde: Com o Teori. Ele é muito, muito, mas muito amicíssimo lá do tribunal. O César fez muito favor pra ele.

Machado pergunta: O Teori era do tribunal do César?

Sarney responde: Era. O Teori era do tribunal do César.

Machado diz: Sabia não.

Sarney e Machado2Em outra conversa, Machado foi até a casa de Sarney. Eles falaram sobre a presidente afastada Dilma Rousseff, o marqueteiro do PT, João Santana, que havia sido preso na Lava Jato, e o ministro da Justiça.

Machado diz: A Dilma não tem condições. Você vê, presidente, nesse caso do marqueteiro, ela não teve um gesto de solidariedade com o cara. Ela não tem solidariedade com ninguém não, presidente.

Sarney completa: E, nesse caso, ao que eu sei, é o único que ela está envolvida diretamente. E ela foi quem falou com o pessoal da Odebrecht para dar, acompanhar e responsabilizar pelo Santana.

Machado fala: Isso é muito sério. Presidente, você pegou o marqueteiro dos três pro presidente do Brasil. Deixa que o ministro da Justiça, que é um banana, só diz besteira. Nunca vi um governo tão fraco, tão frágil e tão omisso. É que tavam dizendo essa semana: a presidente é b*** mole. A gente não tem um fato positivo.

Sarney conclui: E todo mundo, todo mundo acovardado.

Machado confirma: Acovardado.

– Outro lado:

O ex-presidente José Sarney, do PMDB, disse que tinha relação de amizade com Sérgio Machado e que, por isso, vendo que ele estava em momento de desespero, se prontificou a ajudá-lo e a sugerir nomes que poderiam participar da defesa dele.

Sarney negou, no entanto que tenha falado com o então ministro do STJ Asfor Rocha sobre o assunto. Pediu desculpas a Asfor Rocha pelo que considera um “descuido motivado pelo desejo de ajudar”.

waewa

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade