05
fev
2018

Sarney Filho será sacrificado novamente, desta vez em nome da sobrevivência da família

Os veículos de comunicação atreladas a oligarquia dão como certa a mudança de partido do ministro Sarney Filho do PV para o PSD. A troca de sigla é somente mais um indício de que ele não será o escolhido da família para a segunda vaga ao Senado. A primeira já está garantida para a disputa da reeleição de Edison Lobão.

Com a iminente desistência de Roseana Sarney ao governo, que ganha força a cada dia, seria ela a escolhida do pai para uma disputa ao Senado. Com mais força eleitoral e prestígio dentro do grupo familiar, a ex-governadora desbancaria, mais uma vez, o sonho do irmão em se tornar senador depois de tantos anos se contentando com uma vaga na Câmara Federal.

Os passos dados por Sarney Filho a oito meses das eleições indicam que ele será, novamente, preterido pelo pai em detrimento da irmã. Sem força política e correndo o risco de ter uma derrota dupla com seus filhos, Sarney começa a montar seu xadrez em busca da sobrevivência política do seu grupo familiar.

Com Roseana disputando o Senado, a eleição é praticamente garantida, segundo o oligarca. O pensamento dele é que mais vale um na mão do que dois voando. Se for para a disputa ao governo, Roseana corre o sério risco de ser derrotada e ainda ver Sarney Filho também não se eleger.

Por conta dessa conjuntura, Sarney colocará Roseana na disputa pelo Senado e Zequinha será sacrificado, mais uma vez, em favor da irmã. Ele disputará uma vaga na Câmara e, dependendo do presidente eleito, pode ganhar, de novo, como prêmio de consolação, um ministério para chamar de seu.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo