22
out
2013

Sai um incompetente entra um desconhecido na Juventude

Paulo Marinho Júnior ao lado dos também secretários João Abreu e Luis Fernando

Paulo Marinho Júnior não possui qualquer relação com a juventude do Estado

Incompetente, inoperante, preguiçoso, ineficaz entre tantos outros sinônimos, ajudam avaliar a patética passagem do deputado “não-faz-nada” Carlos Filho durante o período que descansou na secretaria extraordinária de Juventude.

Nomeado desde o inicio do ano passado, Carlos Filho não participou de absolutamente nenhum ato como titular da pasta. Notadamente, figurou como frustração para a juventude do estado que tanto almeja pelas execuções das tão esperadas  politicas públicas de juventudes.

No período que ficou como titular da SEJUV, o incompetente pisou exatamente três vezes na sede da Secretaria “faz-de-conta”, localizada na Rua Rio Branco no Cento de São Luís.

Sem nenhuma ação, atividade, projeto ou semelhante, o resultado da passagem ridícula do ex-genro de Roseana Sarney pela SEJUV é, indiscutivelmente, a pior de todos os tempos. Conseguiu a incrível façanha de superar outros dois inoperantes que o antecederam, Souza Neto e André Campos. Algo quase inacreditável!

Ontem, segunda-feira 21/10, no salão de eventos do Palácio dos Leões, o filho dos enrolados ex-gestores de Caxias, Paulo Marinho Junior foi empossado Secretário Extraordinário de Juventude do Estado, tão inapto quanto seu antecessor, e pra completar, nunca participou das discussões que envolve os temas juvenis do Estado. Um mero desconhecido!

Na solenidade, a ausência dos principais líderes juvenis do estado, foi notado como forma de repúdio ao descaso e falta de diálogo do Governo do Estado com a segmentação juvenil.

A situação de vulnerabilidade social a qual a Juventude maranhense está submetida, somado as promessas não cumpridas da Roseana Sarney(PMDB), mostra a atenção que a Governadora deu aos jovens do Estado em seu governo. Nenhuma!

Prova disso, foram as nomeações de Paulo Marinho Junior, e todos os que antecederam: O que de concreto foi realizado em prol da juventude maranhense?

Carlos Filho assumiu a SEJUV no inicio do ano passado  e nada fez

Os poucos líderes juvenis ainda alinhados ao Governo, reclamam que na indicação de Marinho Junior para a secretaria, não houve diálogo. Mais uma investida do clã para acomodar um aliado, decisão conhecida na politica como “de guela-a-baixo”, típico da família Sarney, sem ouvir ninguém.

Fator que deixou o deputado Roberto Costa(PMDB), que possui 98% dos cargos da SEJUV, inquieto.

Costa emplacou dois adjuntos na Secretaria, e de quebra, ainda possui mais uma dúzia de outros cargos pendurados na SEJUV, agora, teme perder o cabide de empregos, uma vez que Marinho Junior já mandou o recado, “Vou mandar baixar a caneta, caso contrário, não tenho como produzir”. Disse o novo titular da SEJUV.

2 Comentários

  1. blank Geraldo disse:

    O Carlos Filho continua genro da Roseana. Sogra não se livra nunca. Pode até ter uma, duas, ou até dez sogras. Todas continuarão sendo SOGRA.

  2. blank betinho lima disse:

    infelizmente as coisas no nosso estado acontecem desta natureza, se sabe que esta secretaria sempre foi ficticia nunca existiu de fato e de direito como bem falou caro domingos ela nada mais serviu como cabide de emprego mesmo porque ação de fato voltado para a juventude nunca teve.. porque a juventude que la existia fazia sim uma politica, mais partidaria voltada para as ações de um determinado partido. que nunca beneficiava a juventude maranhense mais pessoas e isso e bastante lamentavel….. muito preocupante porque se durante 3 anos nada fizeram imagine agora faltando apenas um e logo no ano de eleição……reflitam.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo