29
out
2018

Resultado da eleição suplementar em Bacabal não possui digitais da família Sarney

Estrategicamente, Brandão escondeu a família Sarney da campanha, vez que a oligarquia emedebista possui grande rejeição na cidade.

Único político estadual que participou ativamente da campanha de Edvan foi o deputado reeleito Roberto Costa; família Sarney foi excluída do pleito…

Engana-se quem pensa que a eleição suplementar em Bacabal realizada neste domingo (28) para escolher o prefeito e vice que continuarão no mandato do executivo municipal até dezembro de 2020 foi uma disputa entre a família Sarney e governador Flávio Dino.

A ex-governadora Roseana Sarney e o ainda senador João Alberto, ambos do PMDB de Michel Temer, sequer participaram da campanha, muito pelo contrário, foram aconselhados a não pisarem no município após o resultado do primeiro turno, e assim fizeram.

Na verdade, o resultado das urnas que confirmou Edvan Brandão (PSC) na continuação do mandato foi fruto de uma rejeição da população bacabalense ao nome de César Brito (PPS), que não conseguiu se apresentar como um candidato competitivo.

População abraçou a campanha e Edvan por rejeição ao agiota César Brito…

Brito, derrotado nas urnas, é conhecido publicamente como esbanjador e reconhecido agiota da Região do Médio Mearim. Nunca se importou de estar rodeado de pessoas sem bons antecedentes.

De outro modo, Edvan é pacato e um político de bastidor. Com a prefeitura sob seu controle desde julho deste ano por decisão do Tribunal Superior Eleitoral, soube articular e logo conseguiu o apoio de duas importantes lideranças locais, os ex-prefeitos Zé Alberto e Raimundo Lisboa, este último botou sua esposa, ex-deputada estadual Graciete, como candidata a vice.

Estrategicamente, Brandão escondeu a família Sarney da campanha, vez que a oligarquia emedebista possui grande rejeição na cidade. A presença de Roseana, João Alberto ou Lobão em Bacabal poderia ser desastrosa nas urnas.

Por sua vez, o ex-prefeito Zé Vieira – maior líder político da cidade – não participou da campanha, apenas gravou um vídeo em favor de Brito e esteve num único momento para declarar apoio a César. Neste domingo (28), por exemplo, dia da eleição, o ex-prefeito estava com sua filha, a ex-deputada estadual Fátima Vieira, no restaurante Coco Bambu em São Luís (confira na foto abaixo).

Neste domingo (29), dia da eleição, o ex-prefeito Zé Vieira estava com sua filha, a ex-deputada Fátima Vieira em um restaurante em São Luís…

O melhor momento de César Brito na campanha foi a presença do governador Flávio Dino em um dos seus atos políticos no centro da cidade no último dia 21. O chefe dos Leões foi convencido e levado à cidade pelo deputado estadual Carlinhos Florêncio (PCdoB), que teve seu filho, Neto, candidato a vice-prefeito.

Já o pior momento de Edvan Brandão foram os últimos dias, quando a compra de votos por parte dos adversários foi incessante, agregado a pressão da polícia militar, inclusive, com apoio do GTA – Grupo Tático Aéreo, que não deixou os aliados do deputado Roberto Costa se movimentarem na cidade.

Ao abrir das urnas se confirmou uma realidade local, e repito, sem nenhuma interferência da política estadual.

Edvan 23.335 votos (51,24%), contra 20.817 votos (45,67%) de César, portanto, diferença de 2.538 votos (4,86%).

2 Comentários

  1. júnior disse:

    Que engenharia essa tua para justificar essa eleição, na verdade o Carcará bateu em Dino la em Bacabal e ponto final.

  2. Neto disse:

    O Carcará estava na cidade, inclusive votou no domingo. Zé Vieira só conseguiu uma única vez eleger um aliado a prefeito.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Cancelar Resposta

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo