24
abr
2015

Recomposição salarial de servidores da segurança repercute positivamente

A notícia da recomposição salarial concedida aos membros de carreira da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Agentes Penitenciários, a partir do próximo mês, teve grande repercussão junto às categorias. De acordo com gestores e líderes da segurança pública do Estado, a Medida Provisória encaminhada à Assembleia Legislativa pelo governador Flávio Dino, na última quarta-feira (23), revela a preocupação do governo em garantir dignidade e valorizar os servidores da segurança, mesmo diante da difícil condição orçamentária encontrada ao assumir a gestão.

A definição da tabela de novos vencimentos das carreiras, contemplando reajustes de 23,8 porcento a 88 porcento no acumulado até 2018, ocorreu após serem ouvidos representantes dos servidores da Segurança Pública. O diálogo e as deliberações de forma participativa são marcas da gestão do governador Flávio Dino. A característica foi destacada pelos integrantes da cúpula de segurança, como o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), coronel Célio Roberto.

O comandante relata que a recomposição salarial, associada a outras medidas implementadas pelo governador – como a sanção da Lei de Organização Básica (LOB), que assegurou à corporação uma legislação moderna – demonstra a vontade da atual administração em garantir as melhorias para os servidores do CBMMA. “Vivemos um momento de felicidade. Fui procurado por representantes de associações relatando que, com pouco mais de 100 dias, o governador fez para o Corpo de Bombeiros, o que outras gestões não fizeram em quatro anos”, disse.

Para o comandante-geral da Polícia Militar do Maranhão, coronel Marco Antônio Alves, as opiniões de todas as graduações e entidades representativas sobre o aumento estão sendo ouvidas. “De um modo geral, a tropa recebeu bem a notícia, o reajuste chega num momento aguardado. Estamos transmitindo à corporação que o Governo do Estado concede aquilo que foi possível diante do momento delicado, de reordenamento financeiro”, ressaltou o coronel Alves.

O mesmo sentimento ocorre na Polícia Civil. Segundo o delegado-geral Augusto Barros, a novidade do reajuste, combinado com outros investimentos verificados nos últimos quatro meses, como melhoria na gratificação e readequações de estruturas físicas, são indícios claros do tratamento que será conferido aos servidores pelos próximos quatro anos. “As mudanças virão gradualmente”, afirma o delegado.

Entre os agentes penitenciários o reajuste foi recebido em clima de comemoração. O secretário de Estado de Administração Penitenciária, Murilo Andrade, destaca que os servidores da área entendem a movimentação do governo do Estado para valorização da categoria.

Representante dos militares na Assembleia Legislativa e integrante da base aliada do Governo do Estado, o deputado estadual Cabo Campos tem contribuído na interlocução entre a gestão e os servidores militares. Para Campos, a tabela para 2015 é salutar para ambos os lados, considerando o orçamento encontrado pelo governador Flávio Dino e destaca como ponto importante a maturidade dos associados e a abertura constante do canal de diálogo com a gestão estadual, que tem se mostrado apta a debater possíveis impasses.

Recomposição salarial

De acordo com a tabela apresentada pelo governo, os soldados e cabos da Polícia Militar terão recomposição salarial de 19,5 porcento. O realinhamento para os praças militares acumulado para os próximos quatros anos será de 68,3 porcento. O realinhamento salarial garantirá que, já no primeiro ano da nova administração, os servidores da Segurança Pública tenham aumentos superiores aos índices de inflação, garantindo impacto real nas finanças de 17.091 servidores ativos e inativos.

A recomposição salarial dos servidores da Polícia Civil e dos Agentes Penitenciários será de 5 porcento no valor recebido atualmente, além de outros ganhos destinados à categoria. Um deles é o aumento integral de R$ 275 no auxílio-alimentação. Os valores pagos anteriormente variavam entre R$ 164 e R$ 294.

Os servidores da Polícia Civil e Agentes Penitenciários também terão direito a aumento no adicional por trabalho noturno e por insalubridade. O adicional noturno das duas categorias terá aumento de R$ 125 em relação aos valores anteriores – que oscilavam entre R$ 80 e R$ 103. A gratificação por insalubridade terá aumento de R$ 100 a R$ 200 em relação à base anterior – que variava de R$ 64,23 a R$ 165,70.

No planejamento para os próximos quatro anos, o ganho acumulado para os servidores da Segurança Pública será maior que as concessões feitas nas gestões anteriores. No comparativo com o acumulado de 2011 a 2014, os servidores da Polícia Militar e Bombeiros tiveram, todos, 33,5 porcento de realinhamento.

18 Comentários

  1. mario disse:

    sou PMMA, não concordo com seu título. “Recomposição salarial de servidores da segurança repercute positivamente”

    a tropa tá e encabulada com essa proposta, não foi nada que pediram.

    agora vai ficar feio para esse governo uma paralisação da PMMA, afinal, a ex-governadora provou da força, se o governador não valorizar te fato e de direito essa tão sofrida categoria, bom, acho que já sabemos o que pode acontecer.

  2. blank Clodoaldo disse:

    Tive conversando com alguns amigos da PM/MA e o que me disseram e que não estavam nada satisfeitos com essa tabela de reposição salarial, pelo contrário estão pensando em paralisação.

  3. blank Ricardo disse:

    Positivamente? O senhor antes de escrever esse texto ouviu algum programa de rádio ou assistiu algum programa de tv que tratou do assunto? Todos os servidores estão revoltados com as medidas!!!

  4. blank Eduardo disse:

    Sou Policial Civil para nós foi um absurdo ainda maior ele simplesmente colocou uma gratificação que ganhamos via ação judicial dentro do nosso subsídio e chamou de aumento.

  5. blank giuliano disse:

    Cara deixa de ser babão do governo, pra ficar veiculando inverdades nesse seu blog, nao conheço Alguem que esteja vendo positivamnete

  6. blank srn disse:

    Ridiculo esse texto. Positivamente pra quem? Só se for para o ggoverno , pq para a categoria foi catastrófica, um tapa na cara dos policiais civis. Falta de respeito. Governo do Estado, trate de fazer reajustes reais, dignos e devidos. cumpra as decisões judiciais que ganhamos. Não repita o erro de desgovernos anteriores. Estava indo tão bem e faz essa cagada imensa com a segurança pública.

  7. blank Amaury Araújo de Almeida disse:

    Pegamos um tapa na cara do governador! Esse plano imposto para a POLICIA CIVIL (Investigador e escrivão) mais uma vez nos deixa no atrazo e aumentou ainda mais o abismo salarial com delegado. Somos nível superior e nos valorize também neste requisito.

  8. blank Amaury Araújo de Almeida disse:

    Pegamos um tapa na cara do governador! Esse plano imposto para a POLICIA CIVIL (Investigador e escrivão) mais uma vez nos deixa no atraso e aumentou ainda mais o abismo salarial com delegado. Somos nível superior e nos valorize também neste requisito.

  9. blank Mazinho disse:

    Caro Blogueiro, se informe antes de publicar besteira, pelo que sei e estou sentindo no bolso ambas as polícias (PC/PM) estão revoltadas com a medida do governo que vinha anunciando valorização da categoria. As manifestações e greves vão demonstrar muito em breve a REPERCUSSÃO POSITIVA que você teve a cara de pau de mencionar.

  10. blank João Carlos disse:

    pelo que li esse blog não merece credibilidade!

  11. blank marito disse:

    Quando for publicar uma notícia dessas, faça uma pesquisa com a classe atingida e não Tc comentários meramente subjetivos, respondendo pela categoria.!

  12. blank antonio disse:

    sou pm nao concordo com essa sacanagen que esse governo ta fazendo melhor da um aumento digno por que todos nos tomos se mobilizando para uma possivel paralizaçao junto com a policia civil essa vai ser geral vai para tudo aguarde

  13. blank Nielson Bezerra disse:

    Acho que o Governo está realmente satisfeito, só trocou os sujeitos dessa ação!!

  14. blank zuzu disse:

    procure primeiramente ouvir a classe seu blogueiro cara de pau.

  15. blank Joana disse:

    Esse pseudo-aumento foi uma decepção para investigadores e escrivães da policia civil. O governo valorizou apenas um grupo na Segurança Pública, não reconheceu o valor dos demais…Esse governo está se mostrando pior que o anterior

  16. blank Orlando Filho disse:

    Quanto o Estado está te pagando? Rapaz tenha um pouco de sensatez, pois quase toda a categoria Segurança Pública, exceto delegados e oficiais PM, estão revoltados com essa esmola que o Governo está anunciando. Estamos cansados de ser pisados e massacrados por governos que dizem que a segurança pública é prioridade, mas na verdade utilizam apenas de propaganda para enganar à todos. Flávio Dino surgiu com um discurso muito bonito, no entanto, na prática veio apenas como mais um…

  17. blank CAIO SOBRÉ BARBOSA disse:

    SEU BLOGUEIRO PUXA SACO DE MERDA, QUEM ESTÁ SATISFEITO COM ESSE FALSO AUMENTO? NA POLÍCIA CIVIL SÓ OS DELEGADOS TIVERAM AUMENTO. QUEM REALMENTE TRABALHA NUMA DELEGACIA, QUE RALA NO DIA-A-DIA, QUE FAZ O SERVIÇO ANDAR, QUE SÃO ESCRIVÃES E AGENTES, ESTÃO TODOS REVOLTADOS COM A CARA DE PAU DESSE GOVERNADOR. LOGO, LOGO, ELE VAI SABER QUEM ESTÁ SATISFEITO COM ESSE AUMENTO! OUTRA COISA, ESSA SUA NOTÍCIA VOCÊ SÓ COPIOU DO SITE DO GOVERNO. PROCURE SE INFORMAR MELHOR SE QUISER TER CREDIBILIDADE!!!!

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo