22
jul
2014

Raposa é palco do estadual de beach soccer

Fonte: Zeca Soares

Quatro jogos foram disputados ontem à noite (7) pelo Campeonato Maranhense de Beach Soccer que está sendo disputado na Raposa.

No primeiro jogo, Urbano Santos goleou Itinga por 4 a 1.  Em seguida, São José de Ribamar bateu São Vicente Férrer por 5 a 3. O atual campeão da competição, Morros fez 2 a 0 diante do Viana. E fechando a rodada, a anfitriã Raposa venceu Paço do Lumiar por 4 a 2.

A rodada de hoje terá início às 18h com o encontro entre Viana e São Luís. Os demais jogos serão disputados em seguida.

A competição segue até o domingo quando acontece a final e tem transmissão ao vivo pela Rádio Mirante AM.

Confira os jogos de hoje:

Viana x São Luís
São Vicente Férrer x Humberto de Campos
Itinga x Tutoia
Paço do Lumiar x Paulino Neves

O Campeonato Maranhense de Beach Soccer é uma realização da Federação maranhense de Beach Soccer (FMBS) e tem o patrocínio da Tim, Guaraná Antarctica e Cemar.

1 Comentário

  1. Maranhense disse:

    PGJ investigará Governadora do Estado por não cumprir a decisão obtida pelo Sindjus-MA no STF

    “http://www.sindjusma.org/subpage.php?id=2240_pgj-investigar-governadora-do-estado-por-n-o-cumprir-a-decis-o-obtida-pelo-sindjus-ma-no-stf.html”

    O Ministério Público do Estado do Maranhão investigará a Governadora do Estado, Roseana Sarney, por possível crime de desobediência e prática de ato de improbidade administrativa, em razão do não-cumprimento da decisão do Supremo Tribunal Federal – STF ganha pelo Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Maranhão (Sindjus-MA), na ação de cobrança dos 21,7%.

    O ofício encaminhado pelo Juiz Raimundo Neres da 5ª Vara da Fazenda Pública de São Luís, atendendo pedido do Sindjus-MA, foi entregue na sede da Procuradoria Geral de Justiça do Maranhão – PGJ, na manhã desta quinta-feira, (17), pelo Oficial de Justiça Darlan Ribeiro da Central de Cumprimento de Mandados de São Luís.

    Aníbal Lins, Fredson Costa e Rivelino Alves Pereira diretores do Sindjus-MA, acompanharam a entrega do ofício na PGJ. Na oportunidade, os sindicalistas solicitaram uma audiência particular com a Procuradora Regina Rocha para pedir pressa na análise da representação. Segundo apuraram os diretores do Sindjus-MA, a PGJ deverá se manifestar sobre a representação no prazo máximo de dez dias.

    “Todos os servidores do Judiciário esperamos que seja apurado o suposto crime de improbidade e descumprimento de ordem judicial, e que sejam tomadas as penalidades cabíveis com máxima urgência. Pois vivemos em um Estado democrático de direito onde as instituições devem zelar pelo cumprimento das leis”, disse o Secretário de Assuntos Jurídicos do Sindjus-MA, Rivelino Alves Pereira.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo