07
abr
2021

‘RACHADINHA’: Promotor abre investigação contra secretária municipal ‘laranja’ que devolvia 90% do salário

Vitória Lima Santos, secretária da Indústria e Comércio do governo Juran Carvalho.

Vitória Lima Santos, secretária da Indústria e Comércio do governo Juran Carvalho.

Vitória Lima Gomes Santos (foto), nomeada secretária da Indústria e Comércio do governo Juran Carvalho, no município de Presidente Dutra, está sendo investigada pelo Ministério Público do Maranhão.

O Inquérito Civil foi aberto pelo promotor de Justiça, Clodoaldo Nascimento Araújo, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Presidente Dutra no último dia 30 de março, por meio da Portaria -1ªPJPRD – 102021 que converteu a Notícia de Fato n.º 000754-280/2020, conforme o Diário Eletrônico do MP-MA.

O Ministério Público justifica a abertura da investigação pelo fato de que existe a “necessidade de se dar prosseguimento às investigações referentes a supostas irregularidades na nomeação da Sra. Vitória Lima Gomes Santos para Secretaria de Industria e Comércio, notadamente quanto a prática das chamadas ‘rachadinhas’, tudo com o fim de reunir elementos suficientes para adoção de providências cabíveis.”

O Blog do Domingos Costa já tinha noticiado esse caso. No dia 20 de setembro de 2020, esta página destacou que Vitória Lima foi presa por peculato ao confessar durante um depoimento ser “funcionária fantasma” da prefeitura, ocasião que contou detalhes da prática da famigerada “rachadinha”.

Ela foi nomeada pelo então prefeito Juran Carvalho em 26 de março de 2020 para exercer o cargo de primeiro escalão do governo municipal.

Salário e cargo que Vitória Lima ocupa na prefeitura de Presidente Dutra, durante a gestão Juran...

Salário e cargo que Vitória Lima ocupava na prefeitura de Presidente Dutra, durante a gestão Juran…

Na frente do Juiz ela contou que efetivamente nunca trabalhou, pois só assinava a folha de ponto, não sabendo sequer as atribuições de sua função.

Vitória, disse também, sem qualquer constrangimento, que dos R$ 9.600,00 (nove mil e seiscentos) que recebia como proventos, ficava apenas com 600,00 (seiscentos) devolvendo o restante para “alguém”, ou seja, os R$ 9 mil.

Esse caso ainda vai render… e muito!


LEIA TAMBÉM:

Secretária Municipal de Presidente Dutra é presa por peculato e “rachadinha”

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade