27
maio
2015

Quatro presos na operação ‘Cayenne’; 34 milhões foram desviados da Univima

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) deflagrou na manhã de hoje (27) a operação “Cayenne” o alvo desta operação foi prender uma quadrilha suspeita de desviar mais de R$ 30 milhões da Universidade Virtual do Maranhão (Univima) durante a gestão da ex-governadora Roseana.

Até o momento quatro pessoas foram presas pela e devem ser apresentadas nas próximas horas na Seic: Inaldo Damasceno Corrêa, José de Ribamar Santos Soares, Paulo Giovanni Aires Lima e Valmir Neves Filho.

O Governador do Estado, Flávio Dino, usou uma rede social para comentar sobre a operação da Polícia Civil: “Polícia do Maranhão executando prisões derivadas de uma auditoria em órgãos da educação do governo passado. Mais de R$ 30 milhões desviados” disse.

Na ação, foram apreendidos carros de luxo; muitas joias, estimadas em mais de meio milhão de reais; e relógios caríssimos, algumas unidades superam R$ 20 mil. As buscas e apreensões foram realizadas em mansões na cidade de São Luís. As diligências ainda estão sendo em curso.

O delegado geral da Polícia Civil, Augusto Barros, destaca que a operação deflagrada nesta manhã é o cartão de apresentação da nova superintendência.  “A operação visa investigar desvios na monta de R$ 34 milhões da Univima, a partir de ordens de pagamentos bancários feitos de forma fraudulenta e com vista à simulação de pagamento de fornecedores”, afirmou.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo