24
set
2015

Qual desembargador concederá HC para João Abreu, revogando a decisão do Juiz Osmar Gomes?

IMG-20150924-WA0018

As polícias  cercaram o prédio de João Abreu, na Ponta da Areia. Nenhum veículo entra ou sai do local sem ser revistado pelos agentes.

Os advogados Aldenor Rebouças e Carlos Seabra que defendem João Guilherme Abreu, Secretário-Chefe da Casa Civil do governo Roseana Sarney(PMDB), já anunciaram que irão entrar com pedido de habeas corpus junto ao Tribunal de Justiça do Maranhão.

Os defensores buscam conceder a ordem de habeas corpus em favor de seu cliente revogando assim o decreto de prisão expedido pelo Juiz Osmar Gomes, na tarde desta quinta-feira (24). Além da prisão de João Abreu, a justiça determinou ainda busca, apreensão e o bloqueio de R$ 3 milhões em bens do réu.

Buscas 

Para cumprir mandado de busca e apreensão, a polícia fez nesta tarde um cerco ao condomínio do ex-secretário, a operação contou com participação de delegados e agentes da Polícia Civil. De acordo com os advogados de João Abreu, ele está em viajem ao estado de São Paulo a trabalho e só retorna amanhã, sexta-feira(25).

Fraude

João Abreu foi indiciado pela Polícia Civil no mês de agosto acusado pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) de ter recebido R$ 3 milhões para viabilizar o pagamento de um precatório de R$ 134 milhões à UTC Constran.

Advogados de João Abreu disseram que o ex-secretário pode estar no interior de SP.

Advogados acompanhando de perto os trabalhos de busca e apreensão de delegados e agentes da Polícia Civil.

Além de João Abreu, foram indiciados ainda, o doleiro Alberto Youssef, Rafael Angulo, Adarico Negromonte e Marco Antonio Ziegert, todos suspeitos de terem intermediado a negociação.

O milionário precatório do Maranhão é um emblemático capítulo da Operação Lava Jato que escancarou o elo do doleiro Alberto Youssef, pivô da investigação sobre esquema de propinas na Petrobrás, com o empreiteiro Ricardo Pessoa, dono da UTC Engenharia que virou delator e confessou cartel na estatal petrolífera entre 2004 e 2014.

A pergunta que fica agora é a do título deste post, diante da repercussão do caso, qual desembargador concederá habeas corpus para João Abreu, revogando a decisão do Juiz Osmar Gomes?

5 Comentários

  1. Ryan disse:

    Essa daí até eu quero saber!

  2. Arlan Soares disse:

    Mais um espetáculo da palhaço dino e sua trupe eita Maranhão que vergonha

  3. canario disse:

    Qualquer desembargador fara isso! Isso é puro sensacionalismo e perseguição desse governador desequilibrado. Enquanto policia esta vigiando porta de predio bandidos fazem a festa na cidade.

  4. Ricardo disse:

    INTERESSANTE É O FATO DO EXCELENTISSIMO JUIZ QUE DECIDIU PELA PRISÃO SER PAI DO VEREADOR OSMAR FILHO, ALIADISSIMO DO GOVERNO E TER UMA FILHA NOMEADA EM UM CARGO COMISSIONADO COMO ADVOGADA NA SECID.

    NÃO CONFUNDAM PODER JUDICIARIO COM JUSTIÇA, SÃO DUAS COISA MUITO DISTINTAS E QUE NÃO SE MISTURAM…

  5. ATENA disse:

    RICARDO, interessante mesmo é que o fato existiu. E no caso, um juiz está acima de qualquer perseguição política como vc quer insinuar. Existe a acusação do ex-Secretário João Abreu. Ao invés de jogar a culpa no governo do Maranhão e no juiz que decidiu pela prisão, acuse a governadora Roseana, que deixou seu auxilar em saia justa. Cadê, foi pedida a prisão dela? Não, né? Pq ela se livra com as amizades do pai.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Cancelar Resposta

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade