13
out
2017

Aos prantos, professora denuncia perseguição da prefeita Josinha em Zé Doca

Desde o mês de agosto a professora Rosely, de 64 anos, não recebe salário e está sendo impedida de exercer a função na rede municipal de ensino de Zé Doca.

Em entrevista à TV Cidade, filiada à rede TV, a docente relatou que a diretora da escola onde deveria lecionar aulas está barrando a professora (assista acima).

“Não recebi nenhuma notificação”, disse a concursada.

Ainda de acordo com Rosely, a diretora da unidade de ensino disse que ela não poderia entrar na sala e ficou na sua frente.

“Ela ficou na minha frente, eu já fui falar com a secretária de Educação e perguntei porque eu mesma concursada não estou trabalhando e nem recebendo meu salário, ela respondeu que também queria saber”, disse a professora chorando na frente da Câmara.

1 Comentário

  1. Emanuel de Jesus Pinheiro disse:

    A forma nojenta que os familiares de Josemar faz politica e de extrema sacanagem ….. desafio o blogueiro e a provar que o certificado de segundo grau de Josemar e ideologicamente falso – busque o Colégio Pentecostal – no Bairro Sol e Ma, vai a Anhanguera na Avenida Kennedy na Anhanguera – e pergunte a algum funcionário \ diretor se Detinha e Josemar frequentaram o curso de Serviço Social e Administração e a casa desses bandidos cair … logo apos entregue a Policia Federal…

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Cancelar Resposta

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade