04
nov
2013

Presos acusados de assassinar Luzico Itamaraty

A polícia apresentou na última sexta feira 01/11, na Secretaria de Segurança Pública (SSP), a dupla suspeita de assassinar o gerente e produtor de Radiola da Itamaraty, Luís Cândido Soares Martins, conhecido como “Luzico”. O crime ocorreu no dia 25 de agosto deste ano, após o término de uma festa de reggae, no Povoado Providência, na cidade de Rosário.

Gueldo Silva Costa, o “Guel” e Thiago Anastácio Martins da Silva presos no Povoado São Simão, em Rosário.

Gueldo Silva Costa, o “Guel” e Thiago Anastácio Martins da Silva presos no Povoado São Simão, em Rosário.

A prisão dos suspeitos ocorreu em uma operação deflagrada na manhã da última sexta-feira (01). Na ação foram presos Gueldo Silva Costa, “Guel”, 22 anos, que já responde pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, no ano de 2012 e Thiago Anastácio Martins da Silva, 20 anos, que responde por homicídio qualificado contra Luis Gonzaga Santos, crime ocorrido em agosto de 2010, no Povoado São Simão em Rosário.

A operação que culminou com a desarticulação e prisão dos criminosos foi um trabalho de investigação da 1ª Delegacia Regional de Rosário coordenado pela delegada regional Regina de França Barros e o delegado Carlos Alberto Matos Brito do 1º DP. A ação também contou com o apoio da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), do Grupo Tático Aéreo (GTA) e de investigadores das delegacias de Costumes e Defraudações.

De acordo com o superintendente Jair Lima, a ação que prendeu os dois suspeitos se deu em cumprimento a dois mandados temporários de prisão e busca e apreensão em Rosário.

Jair Lima disse que informações e provas contundentes apontam que eles são indicados como participantes da morte do produtor Luzico. O delegado disse ainda que mais informações serão levantadas no intuito de descobrir mais crimes e a atuação da quadrilha, que teria participado de inúmeros delitos naquela região.

“Luzico” foi assassinado no dia 25 de agosto deste ano, após o término de uma festa de reggae, no Povoado Providência, na cidade de Rosário

Gueldo foi preso na Rua do Sol e Tiago na Rua Santo Elias, ambos no Povoado São Simão, em Rosário. Os mandados foram expedidos no último dia 17 de outubro pela juíza Rosângela Santos Prazeres Macieira, da Comarca de Rosário. A delegada Regia de França disse que eles vão ser indiciados pelo crime de latrocínio.

Após a apresentação eles foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde ficarão custodiados.

Crime

De acordo com investigações da polícia, Luzico saía de uma festa de reggae junto com o taxista Manoel de Assunção Silva Cutrim, em um veículo Siena, de cor branca e placas NNE-6965, quando ambos foram abordados por dois homens armados de arma de fogo em uma motocicleta.

Durante o crime, um dos motoqueiros efetuou vários disparos contra o veículo, os quais atingiram Luzico na região do tórax e Manuel de Assunção na perna. Ambos foram encaminhados ao Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I) com ferimentos graves. Luzico não resistiu e morreu na noite do dia 26, depois de sofrer uma parada cardíaca.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo