21
jun
2017

Presidente do Instituto São Marçal sedento por dinheiro público

Sem dinheiro público o evento de mais de 90 anos que reúne cerca 300 mil pessoas e 50 batalhões de bumba-meu-boi não é realizado?

Presidente do Instituto São Marçal, Raimundo Moraes, quer saber mesmo é do dinheiro para ele gestar…

Beira a chantagem por parte do Presidente do Instituto São Marçal, Raimundo Moraes, a ameaça do cancelamento do tradicional festejo que acontece há 90 anos no bairro do João Paulo, em São Luís.

A polêmica se deu após o Instituto que se acha dona do Encontro de Bois de Matracas em homenagem a São Marçal fabricar um orçamento “faraônico” repleto de excessos e enviar à prefeitura de São Luís no intuito do poder publico bancar o absurdo. Com a negativa, “seu Raimundo” botou o pé na parede e mandou avisar que não terá a Festa de São Marçal este ano.

E quem disse que seu Raimundo Moraes possui esse poder?! É bom que ele, e quem quer que seja, saibam que a festa do final de junho pertence aos Bois, e não a entidade A ou B.

E as empresas privadas, por que não foram procuradas para também contribuir com essa importante manifestação cultural? Que aliás, dada a sua relevância, foi declarada Patrimônio Cultural e Imaterial, através da Lei municipal 4626/06.

Voltando ao mérito do orçamento ‘montando’ pelo Instituto, na planilha absurda, consta nada menos que  R$18 mil de troféus; R$ 7 mil de água mineral e R$ 15 mil para caldo de feijão, isso sem contar tantas outras despesas que poderiam ser economizadas.

À diversos veículos de comunicação, Raimundo Moraes tem afirmado que cortar esses gastos é tirar o brilho do evento. Será mesmo que eliminar troféus e permitir que os ambulantes vendam águas e caldo de feijão é sacrifício para organização? Óbvio que não!

Festa de São Marçal possui patrocínio do governo do Maranhão.

Festa de São Marçal possui patrocínio do governo do Maranhão.

Ainda sobre a alegação de falta de patrocínio, o governo do Maranhão por meio de nota, deixou claro que mantém apoio à Festa de São Marçal 2017 com recursos e infraestrutura. Segundo a Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur), os recursos já foram repassados e toda a infraestrutura de organização do evento, como palco, iluminação e som, será realizada pelo governo.

Ora, se o “grosso” do evento está garantido pelo Governo do Maranhão, os “pormenores” são meros detalhes de relevância não impeditiva para a relação da festa. Portanto, a impressão que o presidente do Instituto passa é de obsessão pelo dinheiro público pleiteado por ele à Prefeitura de São Luís.

E antes de concluir é bom que se diga: O dinheiro destinado ao Instituto em anos anteriores para realização do São Marçal nunca teve apresentação das suas devidas prestações de contas.

3 Comentários

  1. blank Mary disse:

    Cresci vendo essa festa acontecer sem ninguém programar nada. Esses bois saiam da Igreja Sao Pedro no dia 29 e terminavam no João Paulo dia 30. Aí vem uns e outros dizer que o dinheiro é pouco.

  2. blank Paulo de Tasso disse:

    Teu blog funciona sem dinheiro público?

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo