26
Maio

Prefeitura de Jenipapo dos Vieiras usou nome de médico para ‘lavar’ mais de R$ 1 milhão da saúde do município

De acordo com o Postal de Transparência, sem especialização, Dr. Edinho recebeu salários equivalente a dois vínculos que possui com a prefeitura e, mais, uma bolada de R$ 877 mil resultante de diversos empenhos como prestador de serviços médicos.

Nem o próprio médico recebeu sabe explicar como o CPF dele aparece como pessoas jurídica recebendo valores que chegam perto de R$ 1 milhão...

O próprio médico não sabe explicar como seu CPF consta recebendo valores milionários.

O médico Edinho Santana Silva (CRM 8919-MA) está numa polêmica envolvendo pagamento milionário na prefeitura de Jenipapo dos Vieiras, sob a gestão do prefeito Moises Ventura.

Dr. Edinho possui duas matrículas na prefeitura, a primeira nº 4955 como médico do PSF – Programa Saúde na Família e a outra nº 4977 na forma de plantonista no Hospital Municipal Maria Vieira de Oliveira.

No primeiro vínculo relativo ao PSF o salário é equivalente a R$ 9.083,00 e, o segundo, no plantão, o vencimento gira em torno de R$ 22.225,00. A soma é de pouco mais de R$ 31 mil/mês.

Até então, nenhum problema gritante, a irregularidade está em pelo menos 11 (onze) empenhos que o Blog do Domingos Costa teve acesso a partir de informações no Portal de Transparência da prefeitura.

De acordo com os documentos, o médico recebeu R$ 877.983,60 (oitocentos e setenta e sete mil novecentos e oitenta e três reais e sessenta centavos) por meio de notas avulsas correspondente aos empenhos de numeração diferentes.

Em todos esses, Edinho aparece como credor, na condição de prestador de serviços médicos, o dinheiro pago a ele, segundo o portal de transparência, é oriundo do SUS – Sistema Único de Saúde.

– Pagamentos

Prefeito Moises Ventura precisa explicar como um médico ganhou R$ 1 milhão em 2019 em Janipapo...

Prefeito Moises Ventura precisa explicar como um médico ganhou R$ 1 milhão em 2019 em Janipapo…

Como fornecedor, Edinho Santana (CPF: 027.**4.**3-65) recebeu dinheiro público entre janeiro a dezembro de 2019, entretanto, nesse período, ele não ganhou em junho de 2019, e tampouco, no mês de setembro de 2019, contudo, recebeu duas vezes em agosto de 2019, somando ao todo 11 (onze) repasses, conforme o relatório que o Blog do DC teve acesso, cópia abaixo.

De forma que o agregado do salário de Edinho em folha, equivalente às duas matriculas, somado aos empenhos milionários ultrapassa R$ 1 milhão de reais.

– Internação

O Blog do DC calculou que na folha de pagamento da prefeitura, mesmo sem especialização, Edinho Santana Silva recebe mais de R$ 300 mil reais ao ano. No entanto, em 2019, excepcionalmente, o médico teve um problema de saúde e acabou realizando um tratamento clínico, dessa forma, deixou de exercer a profissão na prefeitura jenipapense.

E, na época, por conta desse tratamento de saúde o nome de Edinho aparece na folha de pagamento da secretaria Municipal de Saúde apenas entre os meses de janeiro a maio.

Mas, sabe-se lá o motivo, nesse mesmo período de enfermidade do médico constam pagamentos relativos aos empenhos como se ele estivesse prestando serviços ao município.

Ainda não se sabe, porém, que tipo de trabalho ou atividade foi prestado pelo médico no que tange os empenhos, ou ainda, se ele tem capacidade técnica para prestar os referidos serviços, conforme deve contar no processo que resultou nos pagamentos.

Informações constam no portal de transparência do município...

Informações constam no portal de transparência do município…

– Outro lado 

O Blog do Domingos Costa entrou em contato com o médico, ele explicou que todo e qualquer valor pago a ele por serviços prestados está declarado na Receita Federal. “Todos os valores pagos foram contabilizados e declarados, caso haja quaisquer dúvida o Portal da Transparência está descrevendo os valores e  período que recebi”, disse Dr. Edinho.

Sobre a ausência da especialização que é confirmada pelo site do Conselho Regional de Médica do Maranhão (CRM-MA), Edinho Santana esclareceu que fez durante dois anos e parou, mas que está em fase de conclusão. “Faço pediatria, não está registrado porque falta concluir, tinha trancado e agora estou terminando“, completou o médico.

Sobre os empenhos, o médico disse que não recebeu esses valores e não soube explicar do que se trata os documentos. A respeito do afastamento para tratamento – no segundo semestre do ano passado – ele não quis detalhar o assunto.

O Blog buscou contato com alguém da prefeitura para falar sobre o tema, mas ninguém quis se pronunciar a respeito. O espaço está franqueado.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

blank

RÁDIO TIMBIRA

Rádio Timbira Ao Vivo