26
jun
2017

Prefeita Irlahi pagou empresa de Cesar Ahid, investigado em Cachoeira Grande

Prefeitura de Rosário pagou R$ 79,5 mil para sócio da empresa HCG, investigado na operação que prendeu o ex-prefeito de Cachoeira Grande.

Contrato entre Ahid e Irlahi se deu entre janeiro a dezembro de 2016…

A esposa do ex-deputado estadual Pedro Vasconcelos, prefeita do município de Rosário, Irlahi Linhares, do PMDB, pagou 79,5 mil para a empresa H.C.G. Serviços Tecnológicos Ltda – ME com a finalidade de prestar serviços de suporte técnico em manutenção da rede de internet. O contrato na modalidade ‘Convite’ é assinado por Cesar Roberto Mendes Ahid, sócio da empresa HCG.

Ahid que entre suas sete empresas, também é dono da Habitat, figura como um dos investigados na operação deflagrada na última sexta-feira (23) que resultou na prisão do ex-prefeito de Cachoeira Grande, Francivaldo Vasconcelos, seu filho Alexandre Vasconcelos Oliveira Souza, e ainda estão foragidos Gustavo Vasconcelos Oliveira Souza – sobrinho do ex-gestor e filho do ex-deputado Pedro Vasconcelos, e o contador Pedro Henrique Silva dos Santos.

Cesar Ahid só não teve o pedido de prisão decretado porque, segundo o delegado Ricardo Moura, da Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (Seccor), colaborou muito com as investigações da polícia.

A revelação do contrato entre a prefeita Irlahi e a HCG, que se deu entre janeiro a dezembro de 2016, é o começo da relação entre a Prefeitura de Cachoeira Grande e a de Rosário, administradas pelo irmão – cujo mandato já acabou – e esposa do ex-deputado Pedro Vasconcelos, ex-presidente do Sampaio Correia.

  • LEIA TAMBÉM:

– Dono de empresa que vendeu notas frias é sócio de Sérgio Frota na HCG

– Polícia apreende caderno de propina com o ex-prefeito de Cachoeira Grande

– Gugu ficava com o cartão bancário da empresa de fachada, em Cachoeira Grande

– Irmão e sobrinho do ex-deputado Pedro Vasconcelos são presos; o filho está foragido

– Pré-candidato a prefeito, Gugu Vasconcelos apronta mais uma em Cachoeira Grande

– Gustavo Vasconcelos é o “homem do dinheiro” em Cachoeira Grande

– Juiz Federal bloqueia contas de prefeito irmão do ex-deputado Pedro Vasconcelos

– Prefeito irmão do ex-deputado Pedro Vasconcelos deve ser afastado do cargo

– Mandando e desmandando em duas prefeituras, Pedro Vasconcelos sonha retornar à AL

5 Comentários

  1. blank Joao da Elza disse:

    Sabe por que ainda não foi preso? Por que todos os envolvidos são ligados ao Governo do Estado.
    Veja quem comanda a informática da sec de saude, todos os envolvidos nos esquemas. Agora veja se serão demitidos pelo secretário de saúde? E nepotismo, por que a irmã dele é chefe, ele é chefe.
    Não é atoa que tem um sócio deputado.

  2. blank Joao da Elza disse:

    Conta outra.
    Só o Alexandre foi demitido ontem.
    O Cesar e a Graça Ahid continuam lá, mandando e desmandando.
    To dizendo que esse governo de bandidos protegem os seus pares.

  3. blank Joao da Elza disse:

    Essa familia Ahid saquearam a SEFAZ, se envolveram em esquemas em prefeituras e agora mandam na saúde.
    Se esse governador fosse sério demitia todos.

  4. blank João da Elza disse:

    Basta o secretário levantar quem são as pessoas contratadas e de quem são as empresas tercerizadas ou quarterizadas que vai descobrir mais coisas.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo