11
dez
2014

Prefeita Gleide Santos é acusada de derrubar o “Pau do Ildemar” em Açailândia

Pau do Hildemar, Na Cidade de Açailândia, distante 559 km de São Luís, duas toras de madeiras que formavam um “T”  localizadas na entrada do Município, no encontro das BRs 222 e 010 criou uma grande celeuma na política local.

“Pau do Ildemar” ficava localizado na entrada do Município, no encontro das BRs 222 e 010

O caso em questão é cômico e não deixa de possuir duplo sentido – trocadilho – uma vez que a situação inusitada possui certa malícia de conotação sexual.

Na Cidade de Açailândia, distante 559 km de São Luís, duas toras de madeiras que formavam um “T”  localizadas na entrada do Município, no encontro das BRs 222 e 010 criou uma grande celeuma na política local.

Para uns é um monumento de mau gosto, para outros, patrimônio histórico do município. O monumento que ficou conhecido como “Pau do Ildemar”, recebeu o nome em referência a gestão do ex-prefeito Ildemar Gonçalves.

A atual prefeita Gleide Lima Santos (PMDB), ainda durante a campanha eleitoral de 2012 quando se elegeu, afirmava que uma das primeiras medidas que tomaria seria derrubar o “Pau do Ildemar”, existente na entrada da cidade, colocado pelo seu adversário.

Após perder a eleição, o então Prefeito Ildemar Gonçalves temendo que seu Pau fosse derrubado, tratou logo antes que saísse da Prefeitura, ainda em 2012, de encaminhar à Câmara Municipal de Vereadores um projeto de lei para tombamento das toras de madeira. A proposta então foi aprovado e o pau se tornou patrimônio do município, não podendo ser removido. O que o tornaria intocável, “exceto” processos de restauração, caso fosse necessário.

Acontece que o pau se tornou o símbolo da rivalidade entre Gleide e Ildemar. Teve final de ano que as toras receberam ornamentação, foram enfeitadas com grandes lençóis brancos ficando com a aparência de uma árvore de natal. Certo dia, não se sabe quem foi o autor, o pau amanheceu com pneus em seu redor e altas chamas querendo consumi-lo, mas logo o fogo foi controlado, e as toras salvas.

“Pau do Ildemar” amanheceu no chão. Sem nenhuma decisão judicial, o 'monumento' fo

“Pau do Ildemar” amanheceu no chão. Sem nenhuma decisão judicial, o ‘monumento’ foi derrubado

Porém, na manhã do último sábado 06/12, o “Pau do Ildemar” amanheceu no chão. Sem nenhuma decisão judicial, o ‘monumento’ foi derrubado, contrariando uma Lei Municipal.

Os aliados do ex-prefeito Ildemar alegam que a principal suspeita de tal façanha é a prefeita Gleide Santos (PMDB).

Entre a polêmica do “tira o pau ou deixa o pau”. De um lado, “derrubo”, do outro, “não derruba”, na manhã desta quinta-feira 11/12, as toras sumiram, ninguém sabe para onde o “Pau do Ildemar” foi levado.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

CONTAGEM REGRESSIVA

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894