16
jun
2020

Prefeita de Satubinha paga antecipado por obras que estão sendo executadas irregularmente

Obra deveria ser feita em processo contínuo de meio-fio, mas é feita de forma rustica de baixa qualidade…

A Prefeitura Municipal de Satubinha, cidade localizada a 280km da Capital, pagou antecipadamente R$ 399.627,56 (trezentos e noventa e nove mil, seiscentos e vinte e sete reais e cinquenta e seis centavos), por uma obra que ainda não foi executada.

As obras são de recuperação de melo fio e sarjetas nas vias públicas do município e possuem o valor total de R$ 584.636,09 (quinhentos e oitenta e quatro mil, seiscentos e trinta e seis reais e nove centavos).

O que é mais grave, após denuncias sobre os pagamentos a empresa A. DE PINHO ASSUNÇÃO EIRELLI responsável pelas obras deu inicio às mesmas, ocorre que a execução está sendo feita em desacordo com o Projeto Básico, o que também é ilegal.

Chama atenção no caso denunciado ao Blog, que para a execução da obra a empresa devia utilizar uma extrusora, que uma máquina utilizada na construção em processo contínuo de meio-fios (guias) e sarjetas, conforme a foto abaixo (por isso o alto valor da obra):

No entanto, a apesar de ter pago caro, antecipadamente a empresa está utilizando de processo rustico de baixa qualidade e menor custo, o que denota o interesse em lesas os cofres públicos. Vejam as fotos da obra:

Essas informações são graves e precisam ser investigadas pelos órgãos de controle, especialmente porque os recursos que foram pagos antecipadamente eram próprios e poderiam estar sendo aplicados nas ações contra a pandemia, como aquisição de máscaras e cestas básicas para doar à população carente.

Um cálculo rápido, constata que esse valor seria suficiente para comprar 5.876 cestas básicas, ou distribuir uma renda extra mensal de R$ 100,00 (cem reais) para 3.996 famílias do município, o que por certo ajudaria muitas pessoas que passam por necessidade em Satubinha.

O valor também daria para comprar um moderno tomógrafo, que custa R$ 249.000,00 (duzentos e quarenta e nove mil reais) e ainda proceder sua montagem, o que poderia detectar rapidamente os sintomas da COVID-19, o que segundo especialistas pode ser determinante para salvar vidas.

Mas ao que tudo indica, a Prefeita de Satubinha prefere investir nas empresas dos amigos do esposo candidato em Paulo Ramos do que na saúde e alimentação do seu município.

Em tempo, até a presente data a Prefeitura Municipal de Satubinha não possui nenhuma ação efetiva de combate ao coronavírus com recursos próprios. Apenas mantem uma barreira sanitária que como informam os especialistas não possui muito efeito prático. No entanto seu esposo Adailson Machado já distribuiu milhares de cestas básicas na cidade de Paulo Ramos.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo