08
out
2014

Polícia ouve Diego Polary, suspeitos no envolvimento na morte de advogado

6267530016_4ac3c5d2d9_z

Diego Polary, apontado como um dos suspeitos no envolvimento da morte do do advogado Brunno Eduardo Soares Matos

O estudante Diego Polary, apontado como um dos suspeitos no envolvimento da morte do assessor jurídico Brunno Eduardo Soares Matos, de 29 anos, na madrugada de segunda-feira (6), após a festa de comemoração do eleito senador Roberto Rocha (PSB), no bairro do Olho d’Água, se apresentou na tarde desta terça-feira (7) para prestar o seu depoimento sobre o caso no sétimo Distrito Policial, no Turu.

De acordo com o delegado Márcio Fábio Dominice, que está à frente das investigações, Diego negou, em sua fala, qualquer tipo de participação na morte de Brunno. Ele afirmou que no momento do homicídio ele estava dormindo, e que só percebeu o que estava acontecendo quando o seu tio, Carlos Humberto Marão Filho, recebeu ordem de prisão por homicídio e tentativa de homicídio.

enterro_bruno

Corpo de Brunno Soares é enterrado no cemitério do Gavião, em São Luís (Fonte G1-MA)

Ainda segundo o delegado, ainda esta semana, quatro testemunhas serão ouvidas em depoimento. Dentre elas, estão o irmão da vítima, Alexandre Matos Soares, o amigo de Alexandre, Kelvin Chiang, 26, um vigia e um caseiro, que estavam nas proximidades no momento do crime, além de Carlos Marão, que já se encontra preso. Uma reconstituição da cena do homicídio está marcada para ser realizada na próxima semana.

O corpo do advogado Brunno Eduardo foi enterrado na manhã desta terça-feira, no cemitério do Gavião, localizado na Madre Deus, em São Luís.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade