09
dez
2020

Polícia Federal deflagrada operação para investigar desvio de emendas parlamentares no MA

O nome da operação foi dado em razão do prejuízo pesado causado aos cofres públicos em plena época de pandemia.

O nome da operação foi dado em razão do prejuízo pesado causado aos cofres públicos em plena época de pandemia.

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (09), a Operação Descalabro que apura suposto esquema criminoso no Maranhão voltado ao desvio de recursos públicos, da área da saúde, por meio do direcionamento de licitações. Estima-se que a fraude pode ter gerado prejuízo de R$ 15 milhões aos cofres públicos.

Segundo a PF, um Deputado Federal do Estado do Maranhão teria desviado dinheiro de suas emendas parlamentares à área da saúde, de abril a dezembro de 2020.

Segundo apurado pela Polícia Federal, o Deputado destinou emendas parlamentares, no montante R$ 15 milhões, para os municípios do interior do Estado do Maranhão, seu reduto eleitoral. Os Fundos Municipais de Saúde, ao receberam os recursos, firmaram contratos fictícios com empresas “de fachada”, pertencentes ao Deputado, que estão em nome de interpostas pessoas, desviando, assim, o dinheiro público. Posteriormente essas empresas efetuaram saques em espécie e o dinheiro era entregue ao Deputado, no seu escritório regional parlamentar em São Luís.

Em uma investigação iniciada pela Polícia Federal, quatro meses atrás, conseguiu-se não apenas constatar os desvios, como também acompanhar os saques e realizar o registro de áudio e vídeo da distribuição dos valores no escritório regional do parlamentar.

A investigação corre em sigilo perante o Supremo Tribunal Federal.

O Ministro Ricardo Lewandowski autorizou o cumprimento de 27 de mandados de busca e apreensão na cidade de São Luís e no interior do Maranhão, determinando o bloqueio de mais de R$ 6 milhões em patrimônio do parlamentar federal, entre outras medidas diversas da prisão.

O trabalho conta com a participação de 98 policiais federais. As penas se somadas podem chegar a 34 anos.

O nome da operação foi dado em razão do prejuízo pesado causado aos cofres públicos em plena época de pandemia.

Os dados disponíveis são os constantes da presente nota.

5 Comentários

  1. José Iran disse:

    A imprensa é livre, não sabias?a investigação corre em sigilo até que a imprensa descobre o “papão das emendas”(segundo o Estadão)O nome do referido já vazou e o reporter tem o direito em preservar sua fonte,sabias?

  2. Jorge Elias disse:

    Décio se a operação não for abortada por forças ocultas, anote aí
    Os candidatos com potencial ao Governo do Estado todos serão presos
    Deputados e Senadores sem dúvida fizeram uma bela deitadinha
    O Maranhãozinho só e um deles
    A investigação com certeza pegará outros Parlamentares
    A farra dos aviões, mansões e viagens internacionais, a custo da Pandemia tinha q ser paralisada, Avise a PF pra não esquecer o mestre das emendas, deputado Júnior Lourenço
    Não esquecer o Senador Rocha, só tem q decifrar qual dia 2
    E por aí vai
    Enquanto isso, o Povo aumenta a Estatística nos cemitérios

  3. Jorge Elias disse:

    Décio se a operação não for abortada por forças ocultas, anote aí
    Os candidatos com potencial ao Governo do Estado todos serão presos
    Deputados e Senadores sem dúvida fizeram uma bela deitadinha
    O Maranhãozinho só e um deles
    A investigação com certeza pegará outros Parlamentares
    A farra dos aviões, mansões e viagens internacionais, a custo da Pandemia tinha q ser paralisada, Avise a PF pra não esquecer o mestre das emendas, deputado Júnior Lourenço
    Não esquecer o Senador Rocha, só tem q decifrar qual dia 2
    E por aí vai
    Enquanto isso, o Povo aumenta a Estatística nos cemitérios

  4. Jorge Elias disse:

    Domingos desculpa
    Citei o Finado Décio q era expert nesses furos
    Pena q o caso nunca solucionado permite seu Executor a desfrutar do luxo de um belo apartamento denominado de New York, e o seu colega Décio no jardim da paz
    Um dia a conta chega Sr Glaucio

  5. Eliane disse:

    Não é esse o deputado que Flavio Dino em um.palaque abracou juntamente com a esposa do deputado e dizia que josemar era competente trabalhador e confiavel kkkkkkkkkkkkk e agora Flavinho

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade