24
jan
2020

Paula da Pindoba contrata mais 126 funcionários para a prefeitura de Paço do Lumiar

A admissão aconteceu por meio da renovação de contratos de professores; a gestora já tinha contratado 200 para o setor de Saúde, tudo neste mês de janeiro.

Ao todo já são 326 funcionários empregados apenas neste mês de janeiro de 2020 pela prefeita Paula da Pindoba...

Ao todo já são 326 funcionários empregados apenas neste mês de janeiro de 2020 pela prefeita Paula da Pindoba…

A vice-prefeita do município de Paço do Lumiar no exercício do cargo e confiando sabe-se lá em quem, continua desafiando a justiça e o Ministério Público em atos administrativos ilegais e imorais.

Nesta semana, a ex-moradora do bairro da Pindoba contratou nada menos que 126 funcionários públicos municipais na área de Educação. Ela já tinha contratado 200 por meio de Decreto para o setor de Saúde (LEMBRE AQUI).

Agora, ao todo já são 326 funcionários contratados apenas neste mês de janeiro de 2020, que diga-se de passagem, é ano eleitoral e por força de Lei é proibido.

Desta vez, os empregos foram estabelecidos por meio da renovação dos contratos de professores da rede municipal de ensino luminense.

No documento assinado pelo secretário de Educação, Marcos Silva Ferreira, os profissionais são chamados para assinatura do instrumento de prorrogação de prestação de serviço temporário, referente aos contratos celebrados por intermédio da SEMED.

Pior que contratar em ano eleitoral a bel-prazer, é descumprir uma determinação do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) pela qual proíbe renovar ou contratar funcionários no Município até que todos os aprovados no Concurso Público sejam empossados.

A prefeitura diz que as contratações são todas em regime especial, e tratam-se de Especialista em Educação Básica, Intérprete de Libras, Professor Anos Finais, Professor Anos Iniciais, Professor de Atendimento Educacional Especializado e Professor de Educação Infantil.

Em termos práticos, os 326 funcionários contratados pela prefeitas, são na verdade, cabos eleitorais que devem ser usados no pleito que se aproxima.

1. Confira AQUI a convocação para assinatura da prorrogação do contrato;

2. Veja AQUI o número de vagas dispositivos e quais as áreas;

3. Comprove AQUI os nomes de todos os contratados.


LEIA TAMBÉM:

– Em ano eleitoral, Paula da Pindoba contrata 200 funcionários de uma só vez, em Paço do Lumiar

1 Comentário

  1. blank J.Júnior disse:

    Caro amigo, pela lei não há proibição em renovar ou contratar funcionários em ano eleitoral, o que é proibido é nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, … na circunscrição do pleito, NOS TRÊS MESES QUE O ANTECEDEM E ATÉ A POSSE DOS ELEITOS, sob pena de nulidade de pleno direito. Fora esse período não há ilegalidade alguma. Conforme artigo 73 da Lei 9.504/1997, Lei das Eleições. Grande abraço!

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

 

RÁDIO TIMBIRA

Rádio Timbira Ao Vivo