07
fev
2020

Para assumir quatro meses no lugar de Josimar, Paulo Marinho Jr. precisa renunciar como vice-prefeito

Paulo Marinho Júnior, deverá renunciar a vice para assumir na Câmara Federal.

Paulo Marinho Júnior deverá renunciar como vice para assumir na Câmara Federal…

Caso assuma a cadeira do deputado federal Josimar de Maranhãozinho na Câmara Federal, o primeiro suplente Paulo Marinho Júnior, recém-filiado ao PL, precisa por força de Lei renunciar o mandato de vice-prefeito da cidade de Caxias, no qual foi eleito em 2016.

É que a Constituição da República não permite o exercício concomitante de dois mandato eletivos. Também não é consentido tirar licença do cargo de vice para assumir mandato de federal no Congresso Nacional.

Em termos práticos, para ocupar cargo no Legislativo, obrigatoriamente, o político deve renunciar o Executivo.

Marinho Júnior iria assumir o lugar do deputado federal André Fufuca que era do seu partido, o PP, entretanto, não houve acerto entre os dois sobre o período da licença, foi então que o vice de Caxias procurou Maranhãozinho que aceitou os “termos” do acordo.

– Seis meses?

Após renunciar, Júnior ficará por 120 dias no lugar do “Moral da Br”, porém, há quem assegura que o acordo compreende seis meses: os três primeiros seriam na cadeira de Josimar e os outros três no lugar do federal Júnior Lourenço.


  • LEIA TAMBÉM:

Paulo Marinho Júnior “muito bem acompanhado”…

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo