Os concursos públicos e seletivos feitos pelo Governo do Maranhão desde 2015 abriram mais de 6 mil vagas em todo o Estado. Além de gerar emprego, os concursos também ajudaram a expandir os serviços públicos.

Em 2015, por exemplo, foi realizado o maior concurso com 1.500 vagas para professores da rede estadual. A Saúde também teve grande volume, com mil vagas abertas pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares. Na Segurança, o destaque foram as 1.214 vagas para a Polícia Militar. Veja abaixo alguns desses concursos e seletivos feitos desde 2015:

Aged – A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão abriu 100 vagas no fim de 2017 para fiscais, técnicos e auxiliares.

Alfabetização – Em 2017, foi feito seletivo para 1.522 bolsas para coordenadores e alfabetizadores do programa Sim, Eu Posso!

Detran – O concurso foi aberto em 2018 para preencher 170 vagas para os cargos de assistente de trânsito e analista de trânsito.

Educação – Em 2015, foram 1.500 vagas para professores da rede estadual.

Emap – A Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) administra o Porto do Itaqui. Foram mais de 40 vagas em 2018.

Emserh – Foram 1.000 vagas para as Unidades de Saúde do Estado do Maranhão no ano passado – em nível médio, técnico e superior.

Polícia Civil – Foram abertas 100 vagas em concurso no fim de 2017.

Polícia Militar – Foram 1.214 vagas abertas em 2018, ajudando a chegar ao recorde de 15 mil policiais no Estado.

Procon – Foram 10 vagas, em 2017, para o cargo de fiscal de defesa do consumidor.

Procurador de Estado – Foram 30 candidatos aprovados em 2017.

Segep – A Secretaria de Estado de Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores do Maranhão fez concurso em 2018 com 30 vagas para profissionais de níveis médio e superior.

UemaSul – Foram diversos concursos abertos, entres eles o de 2017, com quase 40 vagas.

Não gosto de entrar nesse tipo de assunto, acho muito pessoal e íntimo, entretanto, o tema em questão diz respeito exatamente à temática do Blog do Domingos Costa, “política e curiosidade”, portanto, não posso deixar os fieis leitores sem essa notícia. Mas, aviso logo que não irei nominar ninguém.

Gente, que situação viu… Um informante desta página, bem posicionado diga-se de passagem, confidenciou que o clima entre um deputado estadual reeleito e seu filho advogado não caminha muito bem.

Imagem meramente ilustrativa…

É que meses atrás, o filho do parlamentar estava numa certa casa de praia num desses finais de semana destinado ao lazer. No local, ele estava acompanhado da sua esposa, além do assessor – igualmente acompanhado da mulher – e de outras pessoas do círculo familiar e político.

Pois bem, após rodadas e rodadas de bebidas, já era noite quando cada um seguiu para seus devidos quartos. Lá para as tantas horas da madrugada, o filho do deputado que tinha um caso extraconjugal – até então secreto – com a mulher do assessor, pôs tudo a perder.

‘Enciumado’ pelo fato da mulher do assessor ter ido dormir com o marido em um dos quartos, o filho do parlamentar – altamente embriagado – foi a procura dela e começou a bater na porta do casal, uma cena escandalosa e exageradamente constrangedora para todos os que presenciaram.

“Tu não vai dormir com ele, não eu não aceito vocês dormirem mais juntos”, disse o amante aos gritos sob extremo efeito alcoólico.

Diante da cena, logo, o marido da mulher sem entender nada – ou já entendendo tudo – ficou perplexo, da mesma forma que a esposa do filho do deputado, em prantos.

O restante dos detalhes dessa história vexaminosa me abstenho de contar…

Resultado: desolada com a descoberta da traição do marido com uma pessoa tão próxima, a esposa traída [filha de uma figura muito respeitada do judiciário maranhense] decidiu sair de casa – um luxuoso apartamento na Península da Ponta d’Areia em São Luís.

Com o “caldo derramado”, agora, a ex do assessor – então amante do filho do deputado – assumiu de forma definitiva o lugar que antes era da esposa e, está morando com o advogado.

Já o deputado, encontra-se altamente destruído psicologicamente com o fim do casamento do filho e com a situação “chifral” de um dos seus assessores mais próximos. “Ele tá abaladíssimo”, disse a fonte ao Blog do DC.

Situação complicada também é da esposa do deputado, que somada à separação do filho ainda descobriu que o marido deputado também possui uma amante, até então escondida há 10 anos.

Tal pai, tal filho…

Ressocialização: Sistema prisional agora é local com trabalho e estudo

Os investimentos do Governo do Estado no sistema prisional do Maranhão, nos últimos quatro anos, resultaram em uma expressiva redução no número de não retorno de presos das saídas temporárias. Enquanto a taxa de evasão em 2014 foi de 15,3%, no ano passado, por exemplo, o registro foi de apenas 5,69%.

O levantamento da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) aponta que a maior taxa de não retorno registrada em 2014 foi correspondente ao benefício concedido na Semana Santa, quando 20,3% dos contemplados não voltaram às suas respectivas unidades prisionais.

Os dados mostram também que, nesse mesmo período em 2018, somente 5% dos presos descumpriram o prazo e não voltaram no tempo estabelecido pela justiça, sendo considerados foragidos.

Ainda em percentuais, a menor taxa de evasão em 2018 foi registrada no Dia das Mães, período em que dos 630 internos que saíram, apenas 29 não regressaram ao sistema prisional, resultando, assim, em 4,3% no número de evasão. Na mesma data, em 2014, o percentual de não retorno foi de 11,3%.

Para o secretário Murilo Andrade de Oliveira, a redução no número de evasões é resultado de trabalho e investimentos nas mais diversas áreas do Sistema Penitenciário do Maranhão.

“A redução no número de evasões no Sistema Penitenciário do Maranhão, após o benefício da saída temporária, se atribui aos fortes investimentos da gestão nas ações de humanização, segurança e modernização prisional”, explicou.

Semana Santa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal são as cinco datas comemorativas onde os presos usufruem, com autorização do Poder Judiciário, do benefício das saídas temporárias, que são dadas aos internos com boa conduta carcerária.

Investimentos

Oficinas de trabalho fazem parte da ressocialização dos presos

Os investimentos perpassam por pilares como a segurança prisional, que recebeu inúmeras aquisições de equipamentos e, além disso, houve capacitações contínuas de agentes de execução penal ao longo do ano.

Na área de humanização também ocorreram importantes investimentos, tais como a inserção de mais de 2 mil internos em cerca de 130 oficinas de trabalho. Em relação à educação prisional, hoje são quase 1.600 internos matriculados e 110 turmas de ensino abertas.

Entre os avanços no âmbito da modernização prisional estão a construção de três novos presídios nas cidades de Imperatriz, Pinheiro e Timon que, juntos, somam 832 novas vagas. Também ocorreram reformas e ampliações em 29 das 45 unidades prisionais do estado, assunção de 14 delegacias, dentre outros.

Eduardo Melo, vulgo “Maleta”…

Um ex-funcionário de uma empresa do ramo de construção vem de forma sistemática tentando arrancar dinheiro do seu ex-patrão num verdadeiro jogo de chantagem.

Nos últimos dias Eduardo Melo, também conhecido como “Maleta”, tem mandado texto pronto para diversos blogs da capital simulando uma suposta denúncia envolvendo um contrato da empresa que ele trabalhava com a prefeitura de Nina Rodrigues.

O contrato em questão, dentro da legalidade diga-se de passagem, foi selado com recursos da Codevasf – Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba, e tem finalidade de recuperação de estradas vicinais.

Não é segredo que recursos de ordem federal só é pago mediante medição, portanto, ao contrário do que diz “Maleta” não existe pagamentos indevidos. Outra mentira descarada do ex-funcionário é que a empresa é fantasma. Basta conferir o cadastro da firma junto à Receita Federal e verificar no endereço indicado para atestar a existência.

Eduardo Melo foi demitido após o dono da empresa comprovar que ele negociava em nome da firma durante participação em diversas licitações pelo interior do Maranhão. “Maleta” também é acusado de tentar extorquir prefeitos e empresários.

Andreia Rezende, deputado Paulo Neto (DEM) e sua esposa e ex-prefeita de Mata Roma, Carmem Neto.

A Deputada Estadual eleita Andreia Martins Rezende (DEM), recebeu no início da noite de  quinta-feira(10), em sua residência, a visita de cortesia do deputado Paulo Neto (DEM) e da sua esposa e ex-prefeita de Mata Roma, Carmem Neto.

Durante a visita – que também contou com a presença do seu esposo, deputado Stenio Rezende, estiveram dialogando sobre a atual situação política do Maranhão e os novos desafios que virão pela frente no mandato.

De acordo com Andreia, “somente com um Estado equilibrado e com suas responsabilidades financeiras e fiscais em dias, é que podemos sonhar com geração de emprego e renda, esse é o maior desafio do nosso governador Flávio Dino,“ destacou.

Na oportunidade, o deputado Paulo Neto  declarou apoio à deputada Andreia para primeira secretaria na mesa diretora da Assembleia Legislativa do Estado, na chapa encabeçada pelo presidente, Othelino Neto (PCdoB).

O casal ressaltou a felicidade em estar com a deputada Andreia e ver como sua recuperação vem sendo excelente.

O ex-suplente de deputado federal, Francisco Luiz Escórcio Lima, o Chiquinho Escórcio (PMDB), procurou esta semana o seu padrinho político, ex-Senador José Sarney, para buscar uma nova sinecura no governo federal.

Chiquinho foi demitido por meio da portaria nº 178/2019, publicada no Diário Oficial da União na última terça-feira (08).

O emedebista ocupava o cargo de “Assessor Especial da Assessoria Especial da Secretaria de Governo da Presidência da República”. Posto concedido pelo ex-presidente Michel Temer sob interferência política exatamente de Sarney.

Um interlocutor do Blog do Domingos Costa informou que Sarney irá enviar um emissário até o chefe da Casa Civil, ministro Onyx Lorenzoni, afim de buscar um novo “emprego” para Escórcio e/ou reconduzi-lo para o mesmo cargo.

Ex-funcionário do órgão, ele ‘aposentou’ diversas pessoas de modo fraudulento usando documentos falsos e incluindo no sistema informações adulteradas.

Raimundinho Lidio era servidor do INSS responsável pela concessão de benefícios previdenciários

Servidor demitido do INSS – Instituto Nacional de Seguridade Social, Raimundo de Oliveira Filho, o Raimundinho Lidio (PRB) ex-prefeito por dois mandatos seguidos do município de Paulino Neves, foi condenado pela Justiça Federal em 30 de novembro de 2018 por meio de uma decisão do juiz Nelson Loureiro dos Santos.

O magistrado atendeu a uma Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa ajuizada pelo INSS contra o ex-gestor, que na época era servidor do órgão pertencente ao Governo Federal, alegando a concessão irregular de benefícios previdenciários.

Um Procedimento Administrativo (PAD) instaurado no INSS para investigar a conduta de Raimundinho constatou que ele ‘aposentou’ e concedeu centenas de benefícios previdenciários de modo fraudulento a diversas pessoas, muitos desses a seus aliados políticos, usando documentos falsos bem como incluindo no sistema informatizado da Autarquia dados e informações adulteradas.

Foi baseado exatamente nas comprovações documentais desse PAD que o então servidor do INSS foi demitido do serviço público. O órgão ainda pediu na Justiça o valor do prejuízo causado aos cofres públicos.

Agora, com essa condenação o ex-prefeito fica inelegível pelo prazo de oito anos. “(…) decido julgar PROCEDENTE o pedido deduzido para o fim de declarar suspensos os direitos políticos do Requerido pelo prazo de 8 (oito) anos, bem como a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 5 (cinco) anos, tudo a contar da data do trânsito em julgado da presente decisão.” Decidiu o juiz Nelson Loureiro.

Raimundinho atualmente é diretor do Iterma e homem de confiança do Dep. Federal Cléber Verde.

O magistrado ainda determinou que Raimundinho faça ressarcimento aos cofres públicos e, por último, também aplica uma multa no valor de R$ 10 mil. “Condeno o Requerido, ainda, na obrigação de ressarcir os danos ao erário no montante de R$99.950,76 (noventa e nove mil, novecentos e cinquenta reais e setenta e seis centavos), a ser corrigida monetariamente por índices oficiais e com incidência de juros moratórios de 1% (um por cento) ao mês, tudo contado da data dos efetivos dispêndios, bem como pagar multa civil, que fixo no importe de R$10.000,00 (dez mil reais) nos termos do parágrafo único do art. 12 da LIA, a ser corrigido monetariamente a partir desta data e até a efetiva quitação.” Conclui.

– Clique AQUI e confira a íntegra da decisão.

Um acidente foi registrado no início da tarde desta sexta-feira (11) na Ponte do Ipase em São Luís. A motorista do veículo acabou perdendo o controle e acabou saindo da pista e caindo no Rio Anil. A condutora, que ainda não foi identificada, foi retirada do veículo e já recebeu os primeiros atendimentos de uma unidade do SAMU e encaminhada para um hospital. As causas do acidente ainda não foi divulgada nem a gravidade dos ferimentos da condutora.

O prefeito Domingos Dutra, de Paço do Lumiar, emitiu nota nesta quarta-feira (10) esclarecendo que o inquérito aberto pelo Ministério Público para apurar rombo de R$ 27 milhões no sistema previdenciário do município, é, na realidade, contra o ex-prefeito Josemar Sobreiro. Confira a íntegra na nota abaixo:

Roberto Rocha tem evitado cobradores, que se acumulam em busca do Senador…

Após o vexame histórico ao abrir das urnas em outubro de 2018 quando disputou o governo do Estado do Maranhão e obteve apenas 2,05% dos votos, o senador Roberto Rocha (PSDB) vem passando por outros “maus bocados”.

Nas portas do tucano não faltam cobrados, dos mais variados possíveis, evito até especificá-los para não constranger Rocha. Os credores querem ao menos uma satisfação do Senador que anda se escondendo.

As poucas vezes que os cobradores conseguem abordá-los, Roberto Rocha é um chororô só, ele alega que está enfrentando situação delicada por conta de problemas familiares e pede um tempo para se recompor financeiramente.

Por outra vertente, há que diga que tudo que Rocha está passando – seja na seara política ou financeira – é fruto da traição ao governador Flávio Dino, que o elegeu em 2014, mas esse é outro assunto…

1 2 3 4 5 6 1.024

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894
Celular: (98) 98160-1081

RÁDIO TIMBIRA

https://www.ma.gov.br/wp-content/uploads/2018/07/Timbira-Banner-player-2018.gif?w=700

Publicidade