bancodacidade

Roberto Rocha, o Secretário Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Marcelo de Araújo, o vereador Roberto Rocha Filho

Em reunião realizada na manhã de hoje o vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha, o Secretário Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Marcelo de Araújo, o vereador Roberto Rocha Filho e o superintendente estadual do Banco do Nordeste (BNB), Helton Mendes, acertaram os últimos detalhes da implantação do projeto Banco da Cidade.

Durante o encontro, na sede da Superintendência Estadual do Banco do Nordeste no Maranhão, o vice-prefeito, o vereador e o BNB decidiram pela inclusão de produtores rurais ludovicenses como beneficiários do projeto Banco da Cidade, que será lançado oficialmente até o final deste mês.

O Banco da Cidade de São Luís é um projeto resultado de um acordo de cooperação técnica entre o Banco do Nordeste e a Prefeitura de São Luís com o objetivo de disponibilizar produtos e serviços financeiros do Programa de Microcrédito Urbano do BNB, o Crediamigo, para atender a demanda dos empreendedores de São Luís.

Para isso, o poder público municipal, por meio da Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento vai disponibilizar 50 colaboradores para atuar como promotores dos serviços, sendo responsáveis por identificar as demandas em potencial para o microcrédito, realizar palestras informativas junto aos potenciais clientes, coletar dados cadastrais e encaminhar os empreendedores ao Programa Crediamigo, a fim de agilizar o acesso ao crédito produtivo e acompanhado.

O vereador Roberto Rocha Filho, autor do projeto que cria o Banco da Cidade, afirma que incluir o setor rural como beneficiário do projeto é resultado da observação da capacidade produtiva que a região detém.

“São Luís é uma das capitais brasileiras com maior área de zona rural e com considerável capacidade de produção. Percebemos nisso uma oportunidade de incluir esses produtores rurais nos benefícios do acesso ao microcrédito produtivo e orientado do Banco do Nordeste e, assim, tornar a produção ludovicense economicamente viável”, assegura.

Com essa inclusão, o Programa de Microcrédito Rural do Banco do Nordeste, o Agroamigo, estará atuando também como um dos instrumentos do Banco da Cidade.

A solenidade de lançamento do Banco da Cidade deve acontecer ainda este mês, com a participação de todas as instituições envolvidas em sua execução.

Para o vice-prefeito Roberto Rocha, o Banco da Cidade é um dos principais produtos que a Prefeitura vai oferecer à população.

“Este é um projeto que já foi amplamente discutido na Câmara de Vereadores de São Luís, exatamente pela sua importância aos microempreendedores de nossa cidade. Com o Banco da Cidade, faremos o crédito chegar a quem realmente precisa de recursos para desenvolver seus negócios e ainda beneficiaremos todos os envolvidos nessa cadeia produtiva”, concluiu.

Após determinação do Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário do Estado doMaranhão, que decidiu recolher os coletivos  às 19h dessa quinta-feira (10), o serviço voltou a operar normalmente nesta sexta (11). A decisão do sindicato foi motivada pelos sete ônibus que foram incendiados na noite dessa quarta-feira, na capital.

O ato criminoso de uma facção criminosa foi uma resposta às mortes na Casa de Detenção (Cadet) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. A informação foi confirmada ao G1 pelo secretário de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), Aluísio Mendes. Segundo ele, foram incendiados ônibus na Vila Kiola, Tibiri, Jardim São Cristovão, Maracanã, Janaína, Cohab Anil e Monte Castelo.

O Sindicato dos Rodoviários ameaçou uma nova paralisação para esta sexta-feira  a noite, caso não haja reforço no policiamento. A Secretaria de Segurança informou que já aumentou o número de policiais no patrulhamento da região metropolitana de São Luís.(G1-MA)

Depois de todas as polêmicas em torno do troca-troca de partidos envolvendo os “tubarões” de votos da Assembleia Legislativa, o blog apurou, e com exclusividade, trás agora onde todos os 42 Deputados Estaduais maranhenses estão filiados.

Alguns parlamentares bem que tentaram pular de galho, mas, o alto escalão do Palácio dos Leões, não permitiu que os espertalhões escapassem do tão temido chapão, que para garantir vaga é preciso no mínimo 75 mil votos.

Enquanto alguns não conseguiram desfiliação, outros privilegiados saíram na maior facilidade, e  agora, devem certamente, garantir retorno à Casa do Povo.

Veja relação completa:

Afonso Manoel – Saiu PMDB mais foi obrigado retornar para o Partido;

Camilo Figueiredo – Vai disputar a reeleição no PR;

Magno Barcelar(Suplente) – Permaneceu no PV, mas não concorre a reeleição;

Fábio Braga (Suplente) – Saiu do PMDB e foi para o PTdoB;

Carlos Filho – Saiu do PV e ingressou no PRTB;

Jota Pinto – Saiu do PR para presidir o PEN;

Neto Evangelista – Permaneceu no PSDB;

Vianey Bringel – Permaneceu no PMDB, mas não concorrerá a reeleição;

Alexandre Almeida  – Saiu do PSD e filiou no PTN;

Carlinhos Florêncio  – Permaneceu no PHS;

Dr. Pádua – Saiu do PSD e ingressou no PRB;

Francisca Primo – Permaneceu no PT;

Léo Cunha – Permaneceu no PSC;

Othelino Neto – saiu do PPS e foi para o PCdoB;

Rogério Cafeteria – Saiu do PTN e ingressou no PSC;

Victor Mendes  – Permaneceu no PV;

André Fufuca – Saiu do PSD e ingressou no PEN;

Carlos Amorim – Permaneceu no PDT;

Edilazio Junior – Permaneceu no PV;

Gardênia Castelo – Permaneceu no PSDB;

Manoel Ribeiro – Permaneceu no PTB;

Raimundo Cutrim – Saiu do DEM e ingressou no PCdoB;

Rubens Junior – Permaneceu no PCdoB

Zé Carlos – Permaneceu no PT;

António Pereira – Permaneceu no DEM;

Edson Araújo – saiu do PSL e ingressou no PRB;

Graça Paz – Saiu do PDT e ingressou no PSL;

Marcelo Tavares – permaneceu no PSB;

Raimundo Louro – Permaneceu no PR;

Stenio Rezende – Saiu do PMDB e filiou no PRP;

Arnaldo Melo – Permaneceu no PMDB

Cesar Pires – Permaneceu no DEM;

Eduardo Braide – Permaneceu no PTN;

Hélio Soares – Saiu do PP e ingressou no PMDB;

Marcos Caldas – Permaneceu no PRB;

Ricardo Murad – Permaneceu no PMDB;

Tata Milhomem – Permaneceu no PSD, mais não será candidato;

Bira do Pindaré – saiu do PT e ingressou no PSB;

Cleide Coitinho – Permaneceu no PSB;

Eliziane Gama – Permaneceu no PPS;

Hemeterio Weba – Permaneceu no PV, mas não será candidato;

Max Barros – Tentou sair, mais teve que permanecer no PMDB;

Rigo Teles – Tentou sair, mais teve que permanecer no PV

Valeria Marcedo – Permaneceu no PDT;

Por medo dos arrastões, lojas do João Paulo fecham as portas/ Foto: Diego Torres/ Imirante.com

Os Rodoviários de São Luís informaram por meio de nota que a partir das 19h desta quinta-feira 10/10, os coletivos param em toda a Ilha. A decisão do SET foi tomada depois dos ataques contra oito ônibus que foram incendiados.

Escolas públicas estaduais e municipais, bem como, particulares, faculdades e demais instituições de ensino superiores suspenderam as aulas.

Todo o comércio do Centro, São Francisco, Monte Castelo, Cohab, João Paulo, São Cristovão entre outros fecharam as portas.

Um clima de total insegurança toma conta da Cidade. A falta de Segurança em São Luís é o assunto mais comentado nas redes sociais.

O despreparado Secretário de Segurança Pública Aluisio Mendes, mandou uma de suas perolas, “Pessoas que estão espalhando boatos poderão ser identificadas e presas”, durante coletiva de imprensa realizada na tarde desta quinta-feira.

Segundo o secretário, os rumores de que estariam havendo arrastões e tiroteios em alguns pontos da cidade não passam de boatos. Aluisio disse que a polícia averiguou todas as ocorrências e nada foi confirmado.

IMG_8778

Vereador entrevistado não tocou no assunto que envolve seu nome no Seguro Defeso

Chega ser engraçada a entrevista que o site a Voz da Raposa realizou com o vereador do Município de Raposa, Oliveira da Ducel(PP). –VEJA ÍNTEGRA AQUI

Oliveira é o mesmo que recebeu indevidamente R$ 1.356,00 entre janeiro e fevereiro deste ano, dinheiro referente aos recursos do Seguro Defeso do Governo Federal.

Mesmo sem exercer a profissão de pescador, nem se enquadrar nos critérios estabelecidos pelo Ministério da Pesca, o parlamentar desfrutou dos recursos. É o que diz o Portal da Trânsparência do Governo Federal.

Na entrevista, Oliveira, muito desinformado, confundiu tudo, trocou até o cargo que o secretário de Infraestrutura candidato da família Sarney exerce no estado. “Meu candidato ao governo é o Chefe da Casa Civil do Estado do Maranhão, Luís Fernando” Disse o atrapalhado Oliveira da Ducel.

A iniciativa de entrevistar os parlamentares raposenses, até que é boa, mas, seria bom que o site a “Voz da Raposa”, mudasse um pouco as perguntas, e indagasse o vereador sobre assuntos um pouco mais intrigantes.

Tipo essas:

1- Vereador o senhor recebeu o Seguro Defeso ou toda essa história é mentira?

2- Entre o Prefeito Clodomir e o grupo do ex-prefeito Paraíba, caso haja um rompimento, o senhor fica do lado de quem?

3- Oliveira, quantos projetos de Leis em prol do Povo de Raposa o senhor apresentou nesse ano de 2013?

Pronto, basta responder essas três indagações que vale mais que as baboseiras perguntadas e respondidas na entrevistas…

Fica a dica!

flavio-dino1

Mesmo com apoio do Prefeito Sebastião Madeira, Luis Fernando não cresce nas pesquisas em Imperatriz

O Instituto Conceito realizou entre os dias 17 e 23 de setembro deste ano pesquisa no município de Imperatriz para saber da população da cidade como está a aprovação da administração do prefeito Sebastião Madeira (PSDB), da governadora Roseana Sarney (PMDB) e quem está na preferência do eleitorado na disputa para governador e senador. O que fica evidenciado é que os moradores da segunda maior cidade do estado desejam mudança em seus governantes. O número de entrevistados corresponde a 2% da população, segundo dados fornecidos pelo IBGE.

No cenário que é simulada uma disputa para governador, o presidente da Embratur Flávio Dino (PC do B) é o disparado na preferência do eleitorado com 64,7%, contra 5,9% de Luís Fernando (PMDB) e 3,9% de Hilton Gonçalo (PDT), ex-prefeito de Santa Rita, que aparece de forma surpreendente. Saulo Arcangeli (PSTU) tem 1%, enquanto que nulos somam 4,9% e não sabem ou não responderam 19,6%.

No confronto direto entre Luís Fernando e Hilton Gonçalo, o ex-prefeito de Santa Rita surpreende o secretário de Infraestrutura do estado. O Instituto Conceito diz que Hilton teria 34,3% contra 26,5% do ex-prefeito de São José de Ribamar.

Em Imperatriz, Luis Fernando é aprovado pelo prefeito sarneisista Sebastião Madeira.

Senado

Na disputa por uma vaga no Senado Federal, o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) é o favorito na disputa, acumulando 42,2% contra 14,7% de Roseana Sarney, 13,7% de Domingos Dutra (PT) e 11,8% de Roberto Rocha (PSB). Nulos representam 4,2% e não sabem ou não responderam 12,7%.

Rejeição de Roseana

No quesito rejeição do governo estadual, a população de Imperatriz em sua maioria desaprova. 62,7% dos imperatrizenses rejeitam a atuação da governadora Roseana Sarney, enquanto apenas 27,5% aprovam e 9,8% não sabem ou não responderam.

Aprovação de Madeira

Já em relação a avaliação da administração do prefeito Sebastião Madeira, a população da cidade está dividida, uma vez que 48% aprova e a outra metade (48%) desaprova. 3,9% não sabem ou não responderam.

Sete ônibus foram incendiados em São Luís. (Foto: César Hipólito/TV Mirante)

Sete ônibus foram incendiados em São Luís

Em resposta às mortes na Casa de Detenção (Cadet) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, uma facção criminosa incendiou sete ônibus na noite desta quarta-feira (9), em São Luís. A informação foi confirmada ao G1 pelo secretário de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), Aluísio Mendes.

De acordo com Mendes, foram incendiados ônibus na Vila Kiola, Tibiri, Jardim São Cristovão, Maracanã, Janaína, Cohab Anil e Monte Castelo. Até o momento, não há informações se houve feridos. Carros do Corpo de Bombeiros já foram encaminhados para controlar os focos de incêndio.

Corpo de Bombeiros apaga chamas em ônibus. (Foto: César Hipólito/TV Mirante)

Corpo de Bombeiros apaga chamas em ônibus

O motorista de um dos ônibus, que não quis identificar, contou que um carro de cor prata o surpreendeu, fechando o veículo. Três homens desceram armados e invadiram o ônibus, ordenando aos passageiros que descessem pois iriam queimar o veículo.

A SSP-MA confirmou que a ação foi motivada pela briga entre facções criminosas que deixou 13 mortos e 30 feridos em Pedrinhas, na noite desta quarta-feira (9). A confusão teria começado por causa da suspeita de um túnel no Bloco F, Pavilhão 2, por onde cerca de 60 presos pretendiam fugir da penitenciária.

Sobe para 13 o número de mortos na rebelião da Casa de Detenção (Cadet) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. A informação foi confirmada pelo secretário de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), Aluísio Mendes.

“A rebelião foi contida pelos homens do Choque e do GTA. São 13 mortos e 26 feridos. Os agentes fazem, no momento, uma revista geral nas dependências da penitenciária”, contou Mendes.

Ainda, segundo o secretário, a confusão foi motivada por uma briga entre facções criminosas e por causa da suspeita de um túnel no Bloco F, Pavilhão 2. Aproximadamente 60 presos pretendiam sair da penitenciária através de um túnel.

“As mortes todas são em decorrências de brigas entre detentos de facções adversárias. O tumulto começou após a inteligência da SSP ter descoberto que 60 presos estavam cavando um túnel pelo qual pretendiam sair essa madrugada. Quando agentes penitenciários tentaram acessar a cela onde ficava o início do túnel, os presos se rebelaram tentando evitar a revista”, explicou o secretário.

Familiares seguiram à Casa Cadet em busca de informações dos presos no início da noite. O cabo Campos, da Polícia Militar, que estava no local, disse que houve um fogo muito forte lá dentro, que foi apagado há pouco tempo. Além disso, ele falou que o movimento de familiares é muito intenso no local, e, que houve princípio de confronto, familiares já jogaram pedras e outros objetos contra agentes penitenciários.

A ordem para a entrada do Choque foi expedida pela governadora do Estado, Roseana Sarney. O representante da Comissão de Direitos Humanos da OAB, Diogo Cabral, se retirou do local às 22h por não considerar necessária a mediação do órgão já que se trata de um confronto entre duas e gangues e a rebelião não possui pauta de reivindicação. Entretanto, ele afirma que a barbárie e o número de mortos poderiam ter sido evitados caso a intervenção da Tropa de Choque tivesse ocorrido antes. “Estou muito chocado com o que está acontecendo, esta rebelião é pior do que a de 2011”, afirmou.

Um novo motim estourou na Casa de Detenção (Cadet) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís no início da noite desta quarta-feira (08). De acordo com o Centro Integrado de Operações de Segurança, até o momento foram confirmados sete mortos e mais de 20 feridos.

A rebelião começou por volta de 18h30. Informações de Késsio Rabelo da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) apontam que o principio de rebelião se deu pelas medidas adotadas de repressão.

Até o momento o Batalhão de Choque da Polícia Militar e o Grupo de Operações Penitenciarias (GOP) estão tentando conter os detentos. Atualmente 600 presos estão alojados na Cadet.O Imparcial)

1 1.508 1.509 1.510 1.511 1.512

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade