Preso sobrinho de prefeito que matou em Apicum Açú

Zé Cláudio e Cunha Neto, pai e filho, irmão e sobrinho do Prefeito

Um crime chocou a população de Apicum Açu, na manhã do ultimo sábado 16/11. José Claudionor Neto, conhecido como Cunha Neto, 22 anos, que é sobrinho do prefeito da cidade, Cláudio Cunha (PV), executou a tiros Gilvandro Monteiro Fonseca, conhecido como ‘Tô’, 34 anos.

Após ser agredido, Cunha Neto prometeu matar o agressor e foi até sua casa pegar a arma. Ao chegar armado no local, o irmão do prefeito, Zé Cláudio que ocupa cargo de secretário da Cidade, mandou o filho atirar na vítima, que morreu na hora com um tiro na cabeça. “Mata ele que eu respondo”, teria dito o secretário, incentivando o filho a matar.

O acontecido causou grande confusão na cidade, parentes e amigos da vitimas acusavam o prefeito do município Claudio Cunha de ter dado fuga aos acusados. Ontem domingo, 17/11, o GOE com apoio das polícias de Cururupu e Mirinzal prenderam Zé Cláudio e Cunha Neto, pai e filho. Eles estavam escondidos no povoado Cabeceira, a 13 quilômetros da sede do município. Os dois transferidos para Delegacia Regional de Pinheiro e agora estão à disposição da justiça.

O prefeito Cláudio Cunha enviou nota à imprensa esclarecendo que ao longo de 12 anos nunca se envolveu em brigas ou armas, e que logo após ser informado do acontecimento, de imediato acionou as autoridades responsáveis para prender o assassino, para que a justiça fosse estabelecida.Disse ainda que não houve favorecimento e que vai exigir o cumprimento da lei. 

roseana em tutuia (2)

Morador com cartaz reclama da falta d’água a Governadora

A passagem da Governadora Roseana Sarney(PMDB) pelo Município de Tutóia, na última quinta-feira 14/11, foi marcado mais vez por protestos       da população cansada com tanto disse me disse.

O que o release da Secretaria de Comunicação não mostrou, o Blog mostra agora.

A 17ª  edição do Governo Itinerante que teve por finalidade fazer campanha antecipada a Luís Fernando, foi até Tutóia inaugurar um Complexo Policial que custou mais de meio milhão.

Acompanhados do prefeito Diringa – outro exemplo de inoperância – e sob a segurança de seu principal cabo eleitoral Aluísio Mendes, demais secretários de estados e um diversos “babões marajás” que vivem de bajular e acompanhar o tal governo itinerante, Rose e Luís repetiram o mesmo discursou de sempre: Cansaram os poucos tutoienses presentes com promessas tipo “fazer e construir”.

roseana em tutuia (1)

O asfalto tão divulgado pelo Governo do Estado está faltando em Tutóia

O Município que fica a 463 km de São Luís, localizado na Região do Baixo Parnaíba, sofre com a falta d’água. A população com cartazes e palavras de ordem, fez cobranças ao Governo do Estado e não obtive resposta satisfatória.

Outras reclamações da população foi quanto a falta de equipamentos hospitalares na Unidade de saúde da Cidade e asfaltamento em muitas trechos do Município, assim, como a primeira reivindicação, dona rose não assegurou solução das demandas populares.

Roseana e Luis Fernando esperavam presença maciça dos populares, só que em vez disso, perceberam uma inauguração com autoridades e funcionários públicos.

Momento de maior constrangimento para a Governadora Roseana no evento, foi quando um morador da Cidade, em voz alta, direcionou palavras de reclamação ao palanque de autoridades sobre a falta d’agua. Roseana, Luís Fernando, o prefeito e a comitiva não souberam onde enfiar a cara.

roseana em tutuia (3)

Outra reclamação em Tutoia é a segurança pública

Chateada, dona Rose partiu para atacar a oposição, “Quando vierem em Tutóia, irão mentir para essa população e pisar no caminho que construir” Disparou enfurecida a Governadora do Estado.

Ora, e não é dever do Estado investir os recursos públicos para construir as estradas que ligam o Maranhão?

E outra… Só pode passar pelas estradas construídas pelo Governo do Estado quem for aliado da família Sarney?

Que coisa hein…

força-nacionalO Maranhão perdeu R$ 22 milhões enviados pelo governo federal para investimentos em reformas ou construção de novos presídios. O dinheiro, necessário para reduzir o déficit de vagas no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, voltou aos cofres da União por falta de projetos para a expansão ou falhas nas propostas apresentadas ao Ministério da Justiça (MJ).

De acordo com reportagem do iG, para o Maranhão, onde em agosto passado ocorreu uma violenta rebelião na qual dez presos morreram, o Ministério da Justiça destinou R$ 22 milhões para construção de três novos presídios nas cidades de Pinheiro e Santa Inês. Eles aumentariam a capacidade de atendimento em 680 novas vagas, mas os recursos voltaram. Conforme o Ministério Público do Maranhão, o déficit de vagas no estado é de aproximadamente 2 mil.

Em outubro, o governo do Maranhão decretou situação de emergência no sistema prisional por 180 dias e pediu um empréstimo de R$ 53 milhões ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para construir as três cadeias que, originalmente, estavam previstas nos projetos encaminhados em 2011 ao Ministério da Justiça. Na condição atual de emergência, os recursos podem ser usados em projetos que dispensam licitações.

Em nota encaminhada ao iG, a Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) do Maranhão não explicou quais problemas levaram à devolução do dinheiro federal, limitou-se a confirmar o plano emergencial. “O governo do estado, por meio da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), vai construir os presídios de Pinheiro e Santa Inês com utilização de parte dos recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES – total de R$ 53 milhões), dentro do planejamento do plano emergencial”.

Motim – Na noite do dia 9 de agosto passado, foi registrada a segunda maior e mais sangrenta rebelião no sistema prisional do Maranhão, quando dez presos foram mortos na Casa de Detenção (Cadet) de Pedrinhas. Outros 20 detentos ficaram feridos no motim, originado dentro da unidade, após a descoberta de um túnel, pelo qual fugiriam cerca de 60 internos. Por causa da rebelião, no dia 13 de outubro de 2013, 150 homens da Força Nacional de Segurança chegaram ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas para patrulhar a área do Presídio.

Segundo o site iG, ao todo, treze Estados brasileiros perderam R$ 135 milhões enviados pelo governo federal para investimentos em reformas ou construção de novos presídios. O dinheiro, necessário para reduzir o déficit de 20 mil vagas nas prisões destes Estados, voltou aos cofres da União por falta de projetos para a expansão ou falhas nas propostas apresentadas ao Ministério da Justiça.

Segundo o ministério, a verba não-executada pelos governos estaduais corresponde a 12,3% do total de R$ 1,1 bilhão destinados pelo governo federal ao investimento na ampliação e modernização do sistema prisional brasileiro entre 2011 e 2014.

Além do Maranhão, Rio de Janeiro, Alagoas, Goiás, Paraíba, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, Sergipe e Tocantins devolveram recursos para o Ministério da Justiça. O Rio de Janeiro, que possui um déficit de 5 mil vagas no sistema prisional, de acordo com o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), por exemplo, perdeu R$ 25 milhões que seriam usados na reformas de quatro presídios e construção de outros cinco. Com o montante, poderiam ser criadas 570 novas vagas no sistema.

Os 27 estados poderiam receber recursos do Programa Nacional de Ampliação e Modernização do Sistema Prisional Brasileiro. Para isso, precisavam apresentar projetos arquitetônicos para construção ou reforma dos presídios. Após a aprovação da planta baixa, são avaliados os projetos de fundação, estrutura, hidráulico e elétrico, que precisam da aprovação da Caixa Econômica Federal (CEF). A maioria das pendências ocorre nessa segunda fase, que emperra as licitações das obras. Se o dinheiro ficar parado durante um ano e meio, ele volta para a União.

“Não temos interesse algum de que os recursos voltem aos cofres públicos. Muitos recursos retornam porque o Estado sequer consegue aprovação de projeto na Caixa Econômica”, explicou Luiz Fabricio Vieira Neto, diretor de políticas penitenciárias do Ministério da Justiça. “A nossa ação é de apoio aos estados e de fomento a políticas penitenciárias. Nós estamos gerando vagas para auxiliar os estados, mas eles têm que gerar (vagas) com meios próprios”, complementou.

Preocupado com o cenário, o Ministério da Justiça doa projetos executivos de penitenciárias aos estados. Hoje, há 148 projetos de construção ou reformas de presídios em todo o Brasil arcados por meio de convênios com o Ministério da Justiça. Desses, 37 projetos foram elaborados diretamente pelo ministério. Na Bahia, as plantas de construção de sete penitenciárias são do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).  – Do JP

Professor Wellington do Curso

Wellington usa imagem dos alunos que pagam alta taxas no Curso para se promover politicamente

Gente, o farreiro “professor” Wellington do Curso, conhecido pelas propagandas eleitorais antecipadas, agora filiado no PPS da Deputada Eliziane Gama está em campanha livre rumo a uma sonhada – e quase impossível – cadeira na Assembleia Legislativa.

Na qualidade de vice-presidente do PPS, Wellington alterna entre os camarotes das mais badaladas festas da capital, e ao lado de Eliziane Gama, frequenta até as igrejas em busca de votos dos fiéis. O que importa é voto!

Sem muito entendimento da política partidária, o dono do Curso Welligton optou em filiar num partido onde não tem muitas chances de conquistar assento como Deputado Estadual na eleição do próximo ano, uma vez que, o partido não tem bons quadros para disputa no parlamento.

Segundo análise de especialistas, dificilmente o partido de Eliziane – caso ela saia candidata ao Governo sem coligar – conseguirá alcançar o coeficiente eleitoral, resultando na “forca” eleitoral dos candidatos do partido.

blank

Wellington do Curso ao lado de Eliziane Gama, se não coligar, pode esquecer possibilidade de brigar por vaga na AL

Wellington do Curso é daqueles candidatos que pretende buscar votos no grito. Famoso por estampar sua imagem em outdoor, agora o pré-candidato está utilizando até a imagem dos alunos do Curso Wellington  – de sua propriedade – em plena sala de aula para promoção pessoal. Veja na foto acima.

Os alunos que pagam taxas altíssimas para aulas preparatórias de concursos -sem que saibam – estão sendo usados de forma eleitoreira para estampar manchetes em favor da pré-candidatura de Wellington, como é o exemplo da foto desta postagem. Inclusive, diga-se de passagem, isso dar até processo.

Em tempo, não custa lembar do “poderio” eleitoral já provado nas urnas do Professor, que na eleição de 2010, filiado no PSL obteve como candidato a deputado federal 23.632 votos, desses, 16.140 só na Capital, ficando em sexto lugar, e amargando a segunda suplência. Dois anos após, agora na eleição de 2012 como candidato a vereador da Capital, teve candidatura indeferida pelo Tribunal Superior Eleitoral e seus  3.892 votos foram considerados nulos.

Um acidente assustador na tarde de ontem, sábado 16/11, por volta das 14h na MA 202, por muito pouco não resultou em vítimas fatais. Dois assaltantes roubaram no bairro do Araçagy um veículo vermelho de placa OJI 9916 de São José de Ribamar, e em seguida, saíram disparados sentido estrada da Maioba no Município de Paço do Lumiar.

Na altura do antigo lixão, o motorista perdeu o controle do veículo e capotou. Segundo testemunhas, os assaltantes nada sofreram, saíram correndo e fugiram com a ajuda de comparsas que chegaram minutos após em outro veículo.

Somente após a chegada da polícia, e posteriormente do pai da mulher assaltada, pôde-se constatar que o veículo tinha sido tomado de assalto. Veja as imagens:

524618_590607217643754_770956373_n

1463630_762116633805405_1873181699_n

Olha essa pérola que anda “rolando” pelas redes sociais… Muitos já começam chamar de abraço dos corruptos. O encontro inédito numa mesma foto, aparecem ninguém menos que o enrolado Prefeito de Alto Alegre do Pindaré  Altemir Botelho; O incompetente Prefeito de Monção João de Fatima Pereira, o Queiroz; A exibicionista Dama do Gás, Ana Mendonça de Santo Antonio dos Lopes e a extravagante Cristiane Damião Prefeita de Bom Jesus das Selvas. Todos juntos durante a comemoração do 19 ° aniversário da cidade de Bom Jesus das Selvas, ao som de nada menos que a Banda Aviões do Forró.  Contra a imagem não há argumentos!

Município e Estado discutem o processo de municipalização das escolas do Maiobão

Ana Paula Nascimento Pires está esculhambando com a já esculhambada educação luminense

Juntamente com a chegando do período natalino, surge a necessidade dos presentes, no Município de Paço do Lumiar, a Secretária Municipal de Educação, Ana Paula Nascimento Pires, tratou de presentear antecipadamente os vigilantes e suas famílias, de uma canetada só, demitiu 210 vigilantes que trabalham na proteção das Unidades Escolares.

Segundo o representante da Cooperativa terceirizada que contrata servidores para a Prefeitura de Paço, de nome Wellington Silva, designado para comunicar os servidores demitidos, a ordem partiu da secretária, e pasmem! As funções que ficarão em vago, serão preenchidas para contemplar indicações politiqueiras dos vereadores da base do Prefeito.

Mais de 200 pais de família estão perdendo seu sustento para honrar acordos espúrios firmados para beneficiar acordos políticos do inábil gestor da Cidade, e o que é pior, o “pofeçor/policial” Josemar Sobreiro, tinha prometido o contrário durante a campanha eleitoral.

Na Secretaria de Educação, existe uma política de beneficiar os servidores “importados” pela secretária em detrimento dos colaboradores luminenses. Os luminenses que vivem, trabalham e tem compromisso com o município são constantemente assediados moralmente com retaliações do tipo: ameaça de demissão, redução injustificada e sem prévio aviso de salários assim como a retirada das atribuições fazendo com que o servidor se sinta desnecessário.

A Secretária Ana Paula Nascimento Pires, que quase não é encontrada no seu local de trabalho contribui para a paralisação completa do setor educacional onde as ações são mascaradas por uma forte mídia comandada pela senhora Rosana Bordallo, que afirma estar a serviço do prefeito “pofeçor/policial” Josemar, e com total anuência da secretária Ana Paula Nascimento Pires. Te cuida Stenio Kavasaki, tão querendo comer teu “bandeco”!

Por tudo isso, é difícil acreditar que em um município como Paço do Lumiar, celeiro de educadores, não exista se quer um entre esses, que seja capaz de estar à frente dessa pasta que está sem comando. Só em 2013, primeiro ano de governo do prefeito “pofeçor/policial” Josemar, essa já é a terceira secretária.

Chega de tanta “importação”.

S1160045

Adriano Sarney e o pai Dep. Federal Sarney Filho apoiaram Moreira na eleição de 2012

Rapaz, e não é que em ano que antecede pleito eleitoral têm cabos eleitorais brigando para apoiar candidatos, pelo menos é assim que está acontecendo no Município de Raposa. Onde o ex-vereador Felix Moreira(PV) e o empresario metido a político João Bragança, travam uma verdadeira briga pra saber quem ficar com Adriano Sarney.

Moreira que disputou a eleição de 2012 como candidato a Prefeito, mesmo sabedor que não tinha as mínimas chances de vencer, recebeu apoio direto do filho do Deputado Federal Sarney Filho(PV), o menino maluquinho Adriano Sarney. Felix saiu da disputa em terceiro lugar com 699 votos, o bastante para tirar a eleição da oposição e cumprir seu papel.

Acontece, que agora em 2013, Bragança – se diz amiguíssimo da família Sarney – já declarou apoio para Federal a Sarney Filho e estadual Adriano Sarney. Prova de sua “força” junto aos verdes é que ontem, sexta-feira 15/11, o menino maluquinho neto de José Sarney esteve na Cidade, e em vez de procurar o ex-vereador Moreira, foi direto para o Restaurante O Capote, almoçar com João.

DSC_0021 ok - Cópia

Empresário João Bragança vai apoiar pai e filho(Adriano e Sarney Filho)

Sentado numa mesa farta, ao lado do empresário e mais três “assessores”, Adriano Sarney, sem nenhum prestígio na Cidade, começou pedir números celulares para um dos auxiliares e ligou para “personalidades” politicas do Município. Segundo fontes fidedignas, pelo menos três vereadores, lideranças e o próprio Felix Moreira receberam ligação de Adriano. Mas, ninguém quis ver o herdeiro do clã-sarney de perto.

Restou a Adriano a penumbra. Muito chateado, o ex-vereador Felix que é presidente do Partido Verde em Raposa, já mandou avisar que sua resposta a Adriano Sarney virá sob forma de apoio ao Deputado Estadual Edilázio Junior(PV), esta é a forma de assegurar a permanência  do controle do Partido na Cidade.

Daí já viu, o menino maluquinho parece que não tem o mesmo traquejo e jogo político do pai e do avó, resultado: Terá somente apoio do empresário João Bragança em Raposa.

E este, já está em campo, que diga a Alvorada motos e a CEMAR…

Não entendeu? Aguardem….

 

Deputado André Fufuca(PEN)

Deputado André Fufuca(PEN)

O presidente da Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional da Assembleia Legislativa, deputado André Fufuca (PEN), afirmou que irá a Brasília com os membros do colegiado tentar mediação com a bancada maranhense para a derrubada do veto presidencial.

Ele afirmou que o legislativo luta há 17 anos para emancipar municípios no estado e que era grande a expectativa em relação ao projeto aprovado no Congresso e que devolvia às Assembleias a prerrogativa de discutir e criar municípios.

“Vamos a Brasília, eu e os demais deputados da comissão, buscar contato com a bancada federal para que seja dado celeridade a esta matéria. Nossa luta agora é pela derrubada do veto, e consequentemente pela defesa dos interesses da população”, afirmou.

Para ele, Dilma errou ao ter barrado a criação dos municípios. “O projeto aprovado pelo Congresso não foi criado à revelia. Os termos haviam sido discutidos com a Casa Civil, portanto, eram bastante consistentes. Mais uma prova de que os interesses dela [Dilma] estão aquém da coletividade. Da mesma forma, já havia acontecido na questão dos royalties do petróleo, quando 25 estados votaram a favor, mesmo assim ela acabou com um veto, beneficiando apenas dois estados”, frisou.(O Estado)

1 1.288 1.289 1.290 1.291 1.292 1.309

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

 

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo