A canoa costeira maranhense, uma das embarcações artesanais típicas do nosso litoral, recebeu nesta quarta-feira (23) o título de Patrimônio Cultural do Brasil. Além dela, outros três tipos de embarcações tradicionais do Brasil receberam o mesmo título.

A embarcação tem quatro séculos de história. “Ela é um acúmulo de quatro séculos de experiência dos nossos homens do mar, que labutam no dia a dia, enfrentando correntezas pesadas e marés muito grandes, que é uma característica da nossa costa, realizando um trabalho que até hoje é importante para nossa comunidade. Temos milhares de famílias que ainda dependem dessa alternativa, ao longo de nosso extenso litoral, que é cheio de manguezais, reentrâncias. Muitos não têm outro meio de transporte e de subsistência que a utilização dessas embarcações”, explicou o conselheiro do Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Philippe Andrès.

Em 1986, havia uma estimativa de mais de 180 embarcações dessas no Maranhão. Hoje, são apenas 27, o que significa que elas estão correndo sérios riscos de desaparecimento. De acordo com o especialista, o risco de desaparecimento se dá por causa da vocação para o transporte de carga que foi diminuindo.

“Isso ocorre na medida em que surgem as estradas e o tráfego de caminhões, que leva a carga de porta a porta, mas isso, na nossa área, ainda é cedo para deixa acontecer. Temos populações isoladas, como na costa de Cururupu, onde não é mais possível construir estradas”, concluiu. (G1-MA)

Foto Materia

deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB)

O deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB) criticou a governadora Roseana Sarney, na manhã desta terça-feira (22), acusando-a de ter promovido drásticos cortes no Orçamento do Estado para 2014, que irão  diminuir a capacidade de gestão e investimento de áreas vitais do Executivo, como a Educação, a Segurança Pública, a Agricultura, a Pesca, a Pecuária e o Turismo.

Com um extenso discurso, Rubens Júnior, na condição de líder da Oposição, fez na tribuna uma detalhada análise do Projeto de Lei Orçamentário para o exercício de 2014. Segundo ele, o projeto prevê um Orçamento para 2014 no valor global de R$ 14,1 bilhões. Rubens Júnior observou que, em comparação com o Orçamento de 2013, houve um aumento de R$ 1 bilhão no Orçamento previsto para 2014.

“Este aumento pode ter sido fruto do aumento da arrecadação, pode ter sido fruto da otimização das receitas, pode ser fruto também dos grandiosos empréstimos que o Governo do Estado contratou nos últimos anos. Tudo isso nos leva à conclusão de que o problema do Governo do Estado não é a falta de dinheiro, o problema é o que está sendo feito com estes recursos”, declarou Rubens Júnior.

CORTES NA CAEMA

 Depois de lamentar os cortes efetuados em setores vitais do Executivo, o líder da Oposição informou que a governadora Roseana promoveu um inexplicável corte de R$ 79 milhões no orçamento da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema). “Isto é grave, e muito grave, a governadora Roseana, na mensagem encaminhada para esta Casa, cortou o orçamento da Caema em R$ 79 milhões”, enfatizou.

Ele lembrou que a Lei Orçamentária de 2013, aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pela governadora Roseana, destinava R$ 597 milhões para a Caema; mas a proposta de Lei Orçamentária para 2014, destina R$ 518milhões – uma diferença de R$ 79 milhões entre a Lei Orçamentária de 2013 e a Proposta de Lei para 2014.

“Como justificar num orçamento de R$ 14 bilhões que aumentou R$ 1 bilhão, que tem uma onda de empréstimos e o governo vai meter a faca na Caema”, protestou.

EDUCAÇÃO E SEGURANÇA PÚBLICA

De acordo com o estudo apresentado pelo deputado Rubens Júnior, o governo fez um corte de R$ 23 milhões no orçamento da Secretaria de Estado da Educação (Seeduc). “Será que vale a pena pedir tanto dinheiro emprestado, contratar tanto empréstimo assim e cortar água do maranhense e tirar o dinheiro da Educação?”, questionou.

Para o programa de erradicação do analfabetismo no ano de 2013, o Governo fez uma previsão orçamentária de R$ 7,4 milhões, mas este mesmo programa será contemplado com apenas R$ 250 mil no ano de 2014.

Em seu pronunciamento, o deputado Rubens Júnior disse que o governo cortou R$ 6 milhões do orçamento da Secretaria de Estado da Segurança Pública e fez um corte estimado em 56% no orçamento da Secretaria de Estado do Turismo.

“É grave: a governadora Roseana asfixia a Secretaria de Turismo do Estado. Percentualmente, o desastre aqui ainda é maior. Eram R$ 10 milhões o orçamento desta Secretaria, cortaram para R$ 6 milhões, tiraram R$ 3,8 milhões, correspondendo um corte de quase 56% no orçamento da Secretaria de Turismo.

O deputado Rubens Júnior alertou que, na mensagem encaminhada à Assembleia Legislativa, a governadora Roseana promove também cortes inexplicáveis no orçamento da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca e também no orçamento da Secretaria de Estado da Cultura. Ele lamentou os cortes, mas também fez uma ressalva: “A única Secretaria de Estado que foi devidamente valorizada no Orçamento de 2014 é coincidentemente a que tem um pré-candidato a governador. Este Orçamento é um retrato do Governo, onde deixa de fora a segurança, a educação, o turismo, a cultura, a agricultura para investir onde tem um pré-candidato”, assinalou.

(Blog do Maycon Alves/Reprodução)Um grave acidente foi registrado na noite desta terça-feira (22/10) na BR-316,  nas proximidades do Povoado Cajueiro, entre os municípios de Maracaçumé e Junco do Maranhão. Um engavetamento envolvendo oito veículos deixou duas pessoas mortas e mais 17 feridas.

Uma das vítimas fatais seria o pai do ex-prefeito de Amapá do Maranhão, Milton Lemos, Manoel Moraes Lemos, de 68 anos. A outra vítima seria Aristide Aparecido Ferreira da Rocha, de 47 anos.

De acordo com informações do Núcleo de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente teria ocorrido por volta das 19h, e teria sido causado por conta de uma queimada na vegetação da rodovia. A fumaça gerada com o fogo teria dificultado a visibilidade na estrada, gerando o engavetamento.

As pessoas feridas foram encaminhadas para o Hospital da cidade de Governador Nunes Freire.

blank

Prefeito de Presidente Dutra, Juran Carvalho

Esbanjando imoralidade e nepotismo, o prefeito de Presidente Dutra, Juran Carvalho de Souza (PV), só faltou nomear cachorro, papagaio e periquito como secretários e diretores municipais.

Em gesto amoroso e carinhoso aos familiares, Juran agraciou a esposa dele, Maria de Fátima Sodré, como secretária de Mulher; o filho legítimo, Ciro Evangelista, ocupa a Secretaria de Administração e Finança (a do dinheiro).

E mais: o irmão de Juran, Jurandy Carvalho, é o Secretario Extraordinário; o outro irmão do gestor, Jurivan Carvalho, é o secretário de Esporte e o sobrinho, Robson Carvalho, comanda a Secretaria do Meio Ambiente. Ou seja, está tudo em casa.

Ainda não satisfeito com a imoralidade, Juran passou a violar a Súmula Vinculante nº 13 do Supremo Tribunal Federal, que coíbe a arcaica prática do nepotismo em Presidente Dutra com – por exemplo -, a nomeação dos sobrinhos, Anne Karoline Rodrigues, Diretora do Departamento Financeiro; John Sbergue Carvalho no cargo de Chefe da CPL; Anne Katiúrcia Carvalho na coordenadoria de Gestão da Assistência Social; Anne Karine Carvalho como coordenadora do Núcleo de Apoio NASF; Amanda Guimarães na coordenadoria de Controle de Avaliação; Wiraildo da Silva como Diretor do Departamento de Radiologia e a nora do prefeito, Jaquelani Pires, que trabalha na Secretaria da Mulher.

Embora na campanha de 2012, Juram Carvalho declarava que se fosse eleito não aceitaria parentes empregados, e, assim, conseguiu convencer os pobres eleitores com o velho discurso, o Ministério Público do Maranhão deverá se posicionar contra o que configura como imoralidade e farra de nepotismo na Prefeitura de Presidente Dutra.(Blog do Neto Ferreira)

blank

Programa é coordenado pelo Secretário Extraordinária de Assuntos Estratégicos Alberto Franco

Depois do lançamento do Programa Maranhão Sem Drogas nos municípios de Barra do Corda, Balsas e percorrido diversos Municípios maranhenses realizando os seminários de esclarecimentos, a Secretaria Extraordinária de Assuntos Estratégicos (SEAE) realizará na tarde de amanhã quarta-feira, 23/10, o lançamento do programa na Cidade de Colinas.

Sob a liderança do Secretário Alberto Franco, o Programa prevê ações a serem desenvolvidas no programa, a médio e a longo prazos e foram determinadas a partir de sugestões de especialistas, representantes do poder público estadual e municipal e da sociedade civil organizada, explicou Alberto Franco.

O Maranhão é o primeiro estado brasileiro a elaborar um programa estadual voltado para o tema. “É o governo, com a sociedade civil organizada, atuando para conscientizar as pessoas que a droga não é um bom caminho”, ressaltou o secretário de Assuntos Estratégicos, Alberto Franco.

“Estamos contando com apoio do Prefeito Antonio Carlos, não tenho duvida que a grande saída é a prevenção, vamos fazer com que o uso de drogas diminua drasticamente no Município de Colinas”, afirmou o secretário.

Paulo Marinho Júnior ao lado dos também secretários João Abreu e Luis Fernando

Paulo Marinho Júnior não possui qualquer relação com a juventude do Estado

Incompetente, inoperante, preguiçoso, ineficaz entre tantos outros sinônimos, ajudam avaliar a patética passagem do deputado “não-faz-nada” Carlos Filho durante o período que descansou na secretaria extraordinária de Juventude.

Nomeado desde o inicio do ano passado, Carlos Filho não participou de absolutamente nenhum ato como titular da pasta. Notadamente, figurou como frustração para a juventude do estado que tanto almeja pelas execuções das tão esperadas  politicas públicas de juventudes.

No período que ficou como titular da SEJUV, o incompetente pisou exatamente três vezes na sede da Secretaria “faz-de-conta”, localizada na Rua Rio Branco no Cento de São Luís.

Sem nenhuma ação, atividade, projeto ou semelhante, o resultado da passagem ridícula do ex-genro de Roseana Sarney pela SEJUV é, indiscutivelmente, a pior de todos os tempos. Conseguiu a incrível façanha de superar outros dois inoperantes que o antecederam, Souza Neto e André Campos. Algo quase inacreditável!

Ontem, segunda-feira 21/10, no salão de eventos do Palácio dos Leões, o filho dos enrolados ex-gestores de Caxias, Paulo Marinho Junior foi empossado Secretário Extraordinário de Juventude do Estado, tão inapto quanto seu antecessor, e pra completar, nunca participou das discussões que envolve os temas juvenis do Estado. Um mero desconhecido!

Na solenidade, a ausência dos principais líderes juvenis do estado, foi notado como forma de repúdio ao descaso e falta de diálogo do Governo do Estado com a segmentação juvenil.

A situação de vulnerabilidade social a qual a Juventude maranhense está submetida, somado as promessas não cumpridas da Roseana Sarney(PMDB), mostra a atenção que a Governadora deu aos jovens do Estado em seu governo. Nenhuma!

Prova disso, foram as nomeações de Paulo Marinho Junior, e todos os que antecederam: O que de concreto foi realizado em prol da juventude maranhense?

blank

Carlos Filho assumiu a SEJUV no inicio do ano passado  e nada fez

Os poucos líderes juvenis ainda alinhados ao Governo, reclamam que na indicação de Marinho Junior para a secretaria, não houve diálogo. Mais uma investida do clã para acomodar um aliado, decisão conhecida na politica como “de guela-a-baixo”, típico da família Sarney, sem ouvir ninguém.

Fator que deixou o deputado Roberto Costa(PMDB), que possui 98% dos cargos da SEJUV, inquieto.

Costa emplacou dois adjuntos na Secretaria, e de quebra, ainda possui mais uma dúzia de outros cargos pendurados na SEJUV, agora, teme perder o cabide de empregos, uma vez que Marinho Junior já mandou o recado, “Vou mandar baixar a caneta, caso contrário, não tenho como produzir”. Disse o novo titular da SEJUV.

wwwwww

PM Ednaldo Batista Diniz foi assassinado a tiros durante uma confusão em um bar, no Aterro do Baganga.

O policial militar Joeberth Barros Damasceno, de 40 anos,  foi assassinado na noite de ontem segunda-feira (21), na porta de sua casa, na Vila Cafeteira, em Paço do Lumiar. Segundo informações do Plantão Central do Cohatrac, em São Luís.

Testemunhas afirmam que o policial teria saído de casa para socorrer o filho, que foi baleado, e acabou sendo atingido por disparos. O corpo deu entrada no IML no início da madrugada desta terça-feira (22). Não há, até o momento, informações sobe o estado de saúde do filho do policial. Os disparos teriam sido efetuados por um traficante.

Essa é a segunda morte de policiais registrada na noite da segunda-feira. O policial militar Ednaldo Batista Diniz foi assassinado a tiros durante uma confusão em um bar, no Aterro do Baganga. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos.

Outro Policial Militar assassinado na madrugada de domingo (20) para segunda-feira(21), o PM Ednaldo Batista Diniz foi assassinado a tiros durante uma confusão em um bar, no Aterro do Baganga.

O policial chegou a ser socorrido, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos. Ele era lotado na Companhia de Turismo do Centro Histórico e trabalhava como segurança particular no bar.

Segundo a Delegacia de Homicídios, onde foi instaurado o inquérito, o motivo do crime teria sido o estacionamento de motocicletas em local errado.”A vítima que trabalhava como segurança também nesse local solicitou que fosse retirada essa moto. Houve uma pequena discussão e na volta desse pessoal da festa, eles foram logo atirando”, explicou o delegado Marco Antônio Fonseca.

De acordo com testemunhas, no momento houve reação de outros seguranças do bar. O homem que teria efetuado os disparos contra o policial também foi baleado e morreu antes de chegar ao hospital.

O vereador Pedro Constantino com o presidente da Embratur, Flávio Dino: compromisso e mudanças

O vereador Constantino com o presidente da Embratur, Flávio Dino: compromisso e mudanças

O vereador e atual presidente da Câmara Municipal de Peritoró, Constantino Santos Neves (PSB), afirma que vem sofrendo perseguições politicas por parte do Secretário de Saúde do Estado, deputado Ricardo Murad, principalmente depois que assumiu publicamente seu apoio ao presidente da Embratur, Flavio Dino, pré-candidato ao governo do Estado.

O vereador relata que foi surpreendido nesta semana com a demissão de várias pessoas do Hospital Geral de Peritoró, com a alegação de que são amigas ou ligadas politicamente a ele e pelo mesmo votar no candidato adversário do governo. Conforme o vereador são pais e mães de famílias que estão sendo penalizados apenas por perseguição politica devido a sua decisão.

O vereador Constantino é da base aliada do Prefeito Padre Jozias e um dos maiores articuladores do governo municipal. Constantino diz que o seu apoio ao prefeito Jozias continua firme e sólido, mas que na disputa estadual vai continuar votando na oposição como sempre fez. Filiado ao PSB desde 1992, o vereador esclarece que sua posição politica sempre foi clara e fiel aos seus princípios partidários.

Constantino Neves participou ativamente da articulação para eleger o Prefeito Jozias e o vice-prefeito, Jorginho Murad, sobrinho do deputado Ricardo Murad. Ele diz que sempre trabalhou pela unidade local do grupo e vai continuar trabalhando por que acredita no governo municipal. Constantino lamenta as demissões e diz que as pessoas que estão sendo demitidas são livres para tomar suas posições politicas, e que esse fato não  justifica suas demissões.(Blog do  Lauremar Fernandes)

blank

Márcio Coutinho acompanhou audiência do reitor da UEMA com Ministro Lobão

O jovem Advogado  Márcio Coutinho, pré-candidato a Deputado Federal já começou trabalhar para chegar ao Congresso Nacional a partir de 2015.

Não tem parado um instante, sempre ao lado do Ministro de Minas e Energia Edson Lobão, Coutinho tem sido figura constante nas discussões politicas.

Semana passada, articulou o encontro do presidente estadual do PRP, ex-vereador Severino Sales esteve com o Ministro de Minas e Energia. Na ocasião, Sales apresentou ao ministro o presidente nacional do PRP, Ovasco Resende e o secretário-geral da Executiva Nacional do PRP, Lelé Arantes.

blank

Márcio Coutinho ao lado do Ministro Lobão e da Direção do PRP no estado

Dias antes, novamente ao lado do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão que recebeu o reitor da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), José Augusto Silva Oliveira em Brasília.

O principal objetivo do encontro foi discutir a viabilização de recursos para a construção dos campi de Grajaú, Pedreiras, Timon e, no município de Imperatriz, do Centro de Ciências Agrárias, que abrigará os cursos de Agronomia, Medicina Veterinária e Engenharia Florestal.

 

eudes (1)

Eudes Barros odeia ouvir a palavra concurso público

O jovem Município de Raposa que completará 19 anos no próximo dia 10 de novembro, ainda passa por alguns retrocessos. Um desses, por exemplo, acontece na Câmara de Vereadores de Raposa.

Ninguém sabe, verdadeiramente, quantos funcionários são bancados pela Casa do Povo. Concurso Público é uma palavra proibida no Gabinete do Presidente.

A Prefeitura de Raposa, que já realizou dois concursos públicos, o primeiro na gestão do ex-prefeito José Laci e o segundo na administração Onacy Paraíba, possui aproximadamente 900 funcionários concursados, já a Câmara é o único órgão público com atuação no município que nunca realizou um concurso público.

Pra piorar, o “chefe” da Casa, que está consecutivamente 10 anos, cinco legislaturas dando as cartas, assim como nunca teve interesse na construção da sede do Poder, não faz valer o princípio da administração pública, como moralidade, legalidade e impessoalidade e diz, abertamente, que vai esticar até onde for possível.

Prefere fazer valer o que o Ministério Público intitula de benefícios eleitorais.

O mais estranho é que os atuais 10 colegas de parlamento de Eudes não movem uma palha para reverter à situação. Acomodação é geral, não existe cobraças ao “chefão” Barros, o motivo? Simples, cada parlamentar foi presenteado com a indicação de um “assessor” parlamentar.

A regalia que não está no Regimento da Casa, nem possui Projeto específico para o fim, é tão absurda que as pessoas indicadas pelos parlamentares, recebem cerca de R$ 1.000 mil reais e nunca pisaram no local de trabalho, que na verdade, não existe! Prova viva de funcionários fantasmas, tipo “marajás”.

Segundo fontes, além dos tais assessores parlamentares fantasmas, existem outros casos bem fantasmagóricos no quadro misterioso de “servidores” da Câmara. O impacto dessa ilegalidade na folha de pagamento, assim como o aluguel do prédio da sede da Câmara é um mistério.

Está na hora do Ministério Público, na pessoa do Promotor Reinaldo Campos Castro Junior, começar solicitar informações sobre o assunto ao “chefão” do legislativo. Ou até mesmo, fazer como o Ministério Público Estadual (MP) em São Luís, quando ajuizou ação civil pública em 2001, pedindo a exclusão de cargos não comissionados da Câmara Municipal da Capital, ocupados sem concurso público após 5 de outubro de 1988, alegando nulidade das contratações e ofensa aos princípios da administração pública.

1 1.286 1.287 1.288 1.289 1.290 1.295

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

 

RÁDIO TIMBIRA

Rádio Timbira Ao Vivo