15
set
2016

Os frutos da Educação na gestão Helder Aragão, em Anajatuba

Fruto da gestão do ex-prefeito Helder, Anajatuba pulou de 3.0 para 4.8 na nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB, ganhando 189ª posições no ranking, passou da 215ª para a 26ª, e tornando-se, portanto, um dos municípios que tiveram maior crescimento proporcional no Brasil.

Ex-prefeito Helder mudou a Educação de Anajatuba...

Ex-prefeito Helder mudou a Educação de Anajatuba…

Como um gestor acusado de desviar recursos públicos da Educação consegue mudar os baixos índices do setor e realizar significativas mudanças na área? Contraditório né verdade?!

Junto com o resultado do IDEB/2015 divulgado este ano, a sociedade anajatubense pode comprovar a imensa injustiça no afastamento do ex-prefeito Helder Aragão.

No ano passado, Anajatuba foi palco de um acontecimento que chocou toda a população: As denúncias realizadas pelo então vice-prefeito, hoje, prefeito interino Sydnei Pereira, onde o principal alvo foi a Educação, e tiveram como consequência a prisão e o afastamento do Prefeito Hélder Aragão e da Secretária de Educação, Profa. Álida Maria. Mas o futuro nos guardava uma resposta, e esta veio com o resultado do IDEB/2015.

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB é um indicador que serve para medir a qualidade do aprendizado e estabelecer metas para a melhoria do ensino em cada município do Brasil. A cada dois anos é realizada uma avaliação chamada Prova Brasil, que é aplicada por profissionais sob a supervisão do Ministério da Educação. Os resultados dessa avaliação em conjunto com outros índices educacionais resultam no IDEB.

As avaliações são aplicadas em anos ímpares, assim, ocorreram duas avaliações na gestão de Hélder Aragão, uma em 2013 e outra em 2015. O Prefeito Hélder Aragão foi afastado em outubro de 2015, e a última avaliação foi realizada em novembro do mesmo ano, entretanto, os resultados só foram divulgados pelo Ministério da Educação agora, em setembro/2016.

O resultado do IDEB/2011 obtido por Anajatuba foi um dos piores do Maranhão, o município estava na 215ª posição, de um total de 217 municípios avaliados, ou seja, em antepenúltima colocação. Isso foi motivo de vergonha para os professores, gestores e principalmente para o povo de Anajatuba.

Implantação de programa 

111Em janeiro de 2013, o Prefeito Hélder iniciou um ambicioso programa de reestruturação do sistema de ensino, baseado na análise, planejamento, e execução continuada e responsável de medidas que visavam melhorar os indicadores da educação anajatubense e, acima de tudo, garantir aos alunos acesso a uma educação de qualidade; e aos professores, melhores condições de trabalho.

Uma das primeiras medidas foi a contratação do Sistema Aprende Brasil, da Editora Positivo, para assistir a equipe multiprofissional responsável pela gestão da educação, qualificando professores por meio de formações pedagógicas realizadas por profissionais da mais alta competência trazidos de São Paulo-SP e Curitiba-PR, e fornecendo material didático de qualidade associado a sistemas informatizados. Aliás, o Sistema Positivo, é utilizado por várias das melhores escolas privadas e públicas em alguns estados do país. Em 2013, Anajatuba foi o único município do Maranhão a adotar esse sistema.

Outra ação significativa foi a recuperação das 47 escolas, pois era deplorável o estado em que se encontravam. Foram implantados laboratórios de informática nas escolas da sede e escolas polo; fornecida aos alunos merenda escolar de qualidade e em quantidade como nunca houve em toda história do Município; climatização das primeiras salas de aula proporcionando aos alunos melhores condições de aprendizado e conforto.

Além disso, foi expandida a frota de ônibus escolares e também a de veículos contratados, e foram distribuídos uniformes escolares aos alunos da rede municipal de ensino, situação também inédita na cidade.

Ademais, foi pleiteada junto ao Ministério da Educação a construção de novas escolas e creches e, graças ao trabalho sério e competente, Anajatuba foi contemplada com três quadras poliesportivas, uma inaugurada pelo Prefeito Hélder Aragão e as outras duas foram abandonadas e paralisadas a construção. Foram conquistadas duas creches, que devido ao afastamento do Prefeito, a gestão interina sequer iniciou as construções apesar da primeira parcela dos recursos já estar depositada em conta.

O município também foi contemplado com sete novas escolas, das quais cinco tiveram sua construção iniciada na gestão do Prefeito afastado, e agora se encontram abandonadas. As outras duas nunca começaram a ser construídas pela gestão interina, ou seja, tiveram o mesmo destino que as creches.

O Prefeito Hélder Aragão elegeu a Educação como meta síntese de sua administração e sempre tratou todas as questões referentes com seriedade, respeito e responsabilidade. Disseminou a noção de que só o trabalho sério e continuado traria bons resultados. Buscou sempre nos professores e demais servidores da educação a compreensão de que era preciso dar as mãos e avaliar os resultados através de metas e mérito.

IDEB/2013

14365350_1157735254306642_84959571_nComo resultado de todo esse empenho e dedicação, o IDEB, que era de 3.0 em 2011, deu um salto espetacular para 4.2 em 2013, ultrapassando a meta estabelecida pelo Ministério da Educação que era de 4.1, como jamais havia acontecido. Com esse resultado, Anajatuba saiu da vergonhosa 215ª posição para a 30ª posição, dentre os municípios do Maranhão.

Convém ressaltar ainda que Anajatuba ficou entre os 27 (vinte e sete) municípios que tiveram maior crescimento proporcional do Brasil. Em consequência desse fenomenal resultado os gestores educacionais do Município foram convidados pela Editora Positivo para relatar esta grande feita, em um congresso em Minas Gerais, compartilhando a experiência do trabalho realizado no alcance deste enorme avanço.

A história reservava uma vitória ainda maior. No início deste mês o INEP divulgou o resultado do IDEB/2015 de todos os municípios brasileiros e, mais uma vez, Anajatuba ultrapassou de forma significativa a meta preconizada pelo Governo Federal de 4.4 para 2015, alcançando 4.8, passando a figurar entre os 26 melhores Municípios do nosso Estado.

Contra os fatos não existem argumentos. As estatísticas aqui demonstradas revelam o compromisso e a seriedade da gestão do Prefeito afastado no trato da coisa pública. Por entender que a Educação é o principal pilar para o desenvolvimento de um povo, Aragão não mediu esforços ao perseguir tais resultados, com o único objetivo de ampliar os horizontes de jovens e crianças, semeando em suas vidas algo inestimável: a perspectiva de um futuro melhor.

As raízes do trabalho do Prefeito Hélder Aragão e da Secretária de Educação Álida Maria foram amargas, entretanto, hoje, Anajatuba colhe os doces frutos de um trabalho que ficará marcado na história e beneficiará as futuras gerações.

1 Comentário

  1. Gy disse:

    Rsrsrsrsrs.É serio mesmo? Subiu,ficou tão alto que demoliu a escola do Fomento, Desativou a do Cumbi e assim por diante.Professores que nem sabem falar ou escrever o português direito, estagiários de uma faculdade EAD contatados, nossa !!!!!!!!!!! Desfalque astronômico da secretaria de educação.Se eles tivessem sidos tão bons mesmo não tinham ido parar na penitenciaria.Quem mora aqui em Anajatuba sabe muito bem a quantas anda a educação de verdade.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Cancelar Resposta

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

Publicidade