27
fev
2014

Em obras há quase quatro anos, ponte de Itapecuru na BR 222 está interditada por operários

Ponte em Itapecuru está interditada por trabalhadores da empresa Marcosa

Desde as primeiras horas desta terça-feira 27/02, funcionários que prestam serviço para empresa de construção civil Marcosa, interditaram o tráfego na BR 222 sobre a ponte do rio Itapecuru, no Município Itapecuru Mirim (MA).

Eles reivindicam o pagamento dos salários atrasados. A empresa Marcosa é a responsável pela obra que caminha a passos de tartaruga. O engarrafamento se estende por kilometros. Muita gente está sendo obrigado fazer a travessia a pé.

Parte da ponte cedeu desde fevereiro de 2011 por problemas de estrutura. Durante bom tempo, ficou com apenas meia pista liberada para o trânsito de automóveis. Após colocação de uma placa metálica, foi permitido a passagem de veículos de até 12 toneladas.

Obras da ponte se arrastam por mais de quatro anos

Obras da ponte se arrastam por mais de quatro anos

Responsável pela obra, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) diz que a ponte foi construída ainda na década de 1980 e por falta de manutenção acabou cedendo.

Em junho do ano passado, moradores da região realizaram uma  manifestação contra a lentidão das obras da ponte que  se arrastam por mais de quatro anos, prejudicando o tráfego de veículos entre a capital e as cidades de Presidente Vargas, Nina Rodrigues, Vargem Grande, São Bendito do Rio Preto, Chapadinha, Mata Roma, Anapurus, Brejo e  demais cidades da região do Baixo Parnaíba.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

 

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo