28
jan
2014

O negócio de R$ 600 mil para salvar Atenir Botelho da cassação…

alto

Atenir Botelho faz de tudo para voltar ao cargo em Alto Alegre do Pindaré

Na íntegra do Blog Marco D’eça

Está em curso nos bastidores da política maranhense uma triangulação envolvendo parlamentares, setores do Judiciário e empresários para salvar o mandato do prefeito de Alto Alegre do Pindaré, já cassado pela Justiça.

Custo da operação, segundo apurou o blog: R$ 600 mil.

Atenir Botelho foi cassado pela Justiça comum, pelo crime de Improbidade Administrativa, mas tenta, desde então, reverter a decisão.

E não mede esforços para isso.

O negócio que poderia devolver-lhe o mandato foi todo montado em gabinetes políticos de São Luís.

O dinheiro viria do empresário, indicado pelo político, que repassaria o dinheiro ao prefeito, que, por sua vez, repassaria aos agentes ligados aos setores que prometeram a mudança no julgamento – sabe-se lá como.

Ocorre que há uma investigação policial em curso contra a agiotagem no Maranhão, desde a morte do jornalista Décio Sá, em 2012.

E o grampos autorizados pela Justiça acabaram por captar algumas das conversas envolvendo Altenir Botelho.

E vão dar o que falar…

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo