11
jul
2015

O imprescindível Deputado Wellington na desocupação indígena da Assembleia

Wellington11719956_887702391309931_1588115788_n

Ao contrário da oposição, Wellington atuou em defesa da causa e se empenhou de forma responsável e conciliatória.

Desde que índios Guajajaras ocuparam na manhã da última terça-feira (07), a galeria da Assembleia Legislativa,  o vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, deputado Wellington do Curso (PPS) acompanhou de perto o caso.

Mesmo ciente que a “reivindicação” tinha um pano de fundo, pois, pedia o pagamento de supostas dívidas de transporte escolar deixadas pela ex-governadora, no valor de R$ 50 milhões – sem qualquer comprovação da existência do débito – o parlamentar defendeu o diálogo entre o Estado e os indígenas,

Wellington tratou de ouviu os anseios de indígenas, ocasião que fez questão de subir até a galeria da Assembleia e reafirmar o seu compromisso com a dignidade humana e se colocou à disposição, viu de os índios acorrentados. ‘Coloco-me à disposição dos indígenas e ratifico o meu compromisso com a justiça social e o zelo por aquilo que é princípio em nosso Estado: a dignidade humana”, destacou.

Na OAB

3Z2A7920

Na reunião no auditório da OAB, o parlamentar discutiu os pontos reivindicados pelos índios Guajajaras.

Na noite da quinta-feira (9), foi assinado o Termo de Compromisso entre Governo do Estado e indígenas, pondo fim ao impasse entre ambas as partes, e lá estava Wellington. O acordo só foi possível com a intercessão da Assembleia Legislativa por meio da Comissão de Direitos Humanos e das Minorias.

Também participaram da reunião o secretário de Estado de articulação política, Márcio Jerry; a secretária de Estado da Educação, Áurea Prazeres; o secretário de Estado de Direitos Humanos e participação popular, Francisco Gonçalves; o presidente da OAB, Mário Macieira; o Procurador Geral do Estado, Rodrigo Maia; o presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB, Luís Antonio Pedrosa; os deputados estaduais Wellington do Curso (PPS), Zé Inácio (PT) e Eduardo Braide (PMN), além de representantes dos indígenas dos municípios que estavam reivindicando.

Desocupação

11418543_887732051306965_1378265277_n

Acompanhados do deputado, às 21 os índios desocuparam, definitivamente e de forma pacífica a ALEMA.

A atuação em defesa dos indígenas realizada pelos deputados Wellington do Curso (PPS) e Zé Inácio (PT), que desde o início se empenharam na causa indígena, de forma responsável e conciliatória é digna de reconhecimento.

Após a entrega da lista dos processos pelo Ministério Público aos representantes indígenas e aos deputados da Comissão de Direitos Humanos, na tarde desta sexta-feira (10), às 21 os manifestantes desocuparam, definitivamente e de forma pacífica a Assembleia Legislativa do Maranhão.

Wellington do Curso fez questão de acompanhar os índios em todos os momentos…

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo