24
abr
2020

“O depoimento de Moro constitui prova de crimes de responsabilidade”, afirma Flávio Dino

O governador Flávio Dino (PCdoB) comentou sobre o pedido de demissão feito, na manhã desta sexta-feira (24), pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro. Para ele, o depoimento de Moro sobre aparelhamento político da Polícia Federal como base para o ato de exoneração do delegado Valeixo constitui forte prova em um processo de impeachment.

“Fico impressionado com a ingratidão de Bolsonaro. Ele jamais seria eleito presidente da República sem as ações do então juiz Moro. Do ponto de vista jurídico, o depoimento de Moro constitui prova de crimes de responsabilidade contra a probidade na Administração, contra o livre exercício dos Poderes e contra direitos individuais. Artigo 85 da Constituição Federal e Lei 1.079/50”, escreveu Flávio Dino.

Flávio Dino lembrou que a Polícia Federal é órgão do Poder Executivo, mas exerce a função de policia judiciaria. Ou seja, quanto à atividade-fim, coagir a Polícia Federal sobre investigações criminais impede o livre exercício do Poder Judiciário.

O governador falou ainda sobre um pedido de pensão feito pelo então ministro para Bolsonaro, o que para Dino, é ilegal.

“Moro, infelizmente, confessa mais uma ilegalidade: pediu pensão ou algo similar pra aceitar um cargo em comissão. Algo nunca antes visto na história. E tal condição foi aceita? Não posso deixar de registrar o espanto”, concluiu.

1 Comentário

  1. Marcio disse:

    O Flavio Dino, esse sim, é um juizeco de merda, defende o ladrão Lula com tantas evidencias e provas e agora acusa Bolsonaro de quê? Idiota mentiroso!

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo