16
maio
2014

Novato Conselheiro Washington Luís já está com politicagem no TCE-MA

DSC_1340

Olha lá Macaxeira, tua ida para o TCE ainda está “sub judice”.

O recém-chegado Conselheiro do Tribunal de Contas do Maranhão Washington Luís, petista ex-vice-governador do Estado nem bem chegou à Corte e já começa usar do cargo para beneficiar aliados.

O blog do Domingos Costa, com auxilio da Lei da Transparência que torna público a verificação das contas de gestores, vem acompanhando o andamento do processo nº 02681/2009 que trata da prestação de contas do Presidente da Câmara de Vereadores de Raposa, Eudes da Silva Barros(PRTB), relativas ao exercício financeiro do ano de 2008.

De forma unânime, a Corte de Contas encontrou diversas irregularidades nas Contas do Legislativo do Município, comandado pelo genro do ex-prefeito Paraíba. O TCE reprovou as contas do parlamentar e ainda aplicou três multas para ressarcimento ao erário público, totalizando mais de R$ 37 mil. Entenda melhor o caso na postagem: Os motivos da inelegibilidade de Eudes Barros e mais detalhares em: Exclusivo: Eudes Barros é ficha suja e está inelegível.

Pois bem, após o mérito da prestação de contas julgado irregular, encerrando a carreia política do parlamentar, os advogados do Presidente da Câmara entraram com Recurso de Reconsideração que foi para análise da Supervisão de Controle Externo do Tribunal no dia 15 de janeiro deste ano.

Presidente da Câmara de Raposa está sendo beneficiado com o "embargo de gaveta” de Washington.

Presidente da Câmara de Raposa está sendo beneficiado com o “embargo de gaveta” de Washington.

Agora, o Recurso de Reconsideração aguarda somente o parecer do relator, Conselheiro Joaquim Washington Luís de Oliveira para ser colocado na pauta e finalmente julgado. Acontece que estranhamente, por motivos que somente W.O e os advogados de Eudes têm conhecimento, o processo nunca saiu do Gabinete do novato Conselheiro.

Sem o voto do relator, o Recurso de Reconsideração fica impossibilitado de entrar na pauta para julgamento. O “embargo de gaveta” já dura quase três meses – o que não é normal no Tribunal de Contas -. Com parecer do Ministério Público de Contas, desde o dia 26/02/2014, o processo adormece no gabinete de Washington.

O blog está de olhos bem abertos no caso, olha lá Macaxeira, tua ida para o TCE ainda está “sub judice”.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo