15
fev
2016

Notas direto de Santa Inês…

Vias judiciais

MG_5061-550x366

Aos aliados do prefeito que ganhou hoje a ‘licença xilindró’ da “Câmara calango” de Santa Inês, que fiquem atentos e não comemorem muito. É que o entendimento da justiça é totalmente diferente do Poder Legislativo. Como Ribamar Alves infringiu a Lei Orgânica e  Constituição Federal no tempo que poderia ficar afastado do município sem aviso prévio à Câmara Municipal, ele ainda pode ser afastado definitivamente do cargo, mas pelas vias judiciais. Explica-se: para que a licença possa valer, ela teria que ser analisada e concedida antes de completar os 15 dias de afastamento do cargo. Mesmo o prefeito tendo entrado com o pedido de licença, ele não poderá voltar ao cargo, visto que extrapolou todos os prazos.

Petista aproveitador!

333333333333333333333

Parecendo um urubu quando sente cheiro de putrefação. Assim estava o oportunista presidente Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Raimundo Monteiro, nesta manhã na cidade de Santa Inês. Aproveitando-se da justificativa que o vice-prefeito Ednaldo Alves Lima, Dino, também é petista, o agourento não perdeu tempo e pegou uma van durante a madrugada para chegar cedo e tomar café com o novo prefeito da cidade. Monteiro não desgrudou mais do “gestor temporário”, segundo fontes, o petista aconselhou o companheiro a fazer um secretariado 100% do partido.

Tudo armado!

12665653_1000346450045524_754155170_n

Um verdadeiro teatro. Não tem outra explicação para definir a atitude dos funcionários da prefeitura nesta manhã na frente da Câmara de Vereadores de Santa Inês. Munidos de cartazes com letreiros, papel e frases padronizadas, os empregados do prefeito estuprador clamavam pela não cassação do socialista. Caso contrário, todos estariam na iminência de perder seus empregos. Teve gente que segurava cartaz mas sequer sabia o que estava escrito. Chama atenção o semblante de um dos “manifestantes” (no centro de camisa branca) na imagem acima. Hilário!

Mais uma derrota!

ribamar-alves-taradão - Cópia (2)

Se a Câmara de vereadores é refém do prefeito presidiário, a justiça continua rígida no caso Ribamar Alves. Nesta segunda-feira (15), a defesa do prefeito sofreu outra derrota no Tribunal de Justiça do Maranhão, ao pleitear mais uma vez a transferência do preso para a cidade de Santa Inês. O desembargador Vicente de Castro indeferiu a solicitação, de forma que o “estuprador” continua no Centro de Detenção Provisória de Pedrinhas (CDP). Na decisão, o magistrado destacou que Ribamar deixou de apresentar provas da designação da sessão a ser realizada pela Câmara de Vereadores na manhã desta segunda-feira (15), ocasião em que seria apreciado seu pedido de autorização de ausência da municipalidade.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade