10
dez

Nas ‘barbas’ do MP, empresa de fachada vende notas frias para prefeita França do Macaquinho

Empresa de eventos recebe dinheiro público da prefeitura de Santa Luzia como se fosse uma funerária; Ministério Público ainda não se manifestou sobre a fraude, mas deve indiciar a gestora e os envolvidos.

No local apenas uma sala de pouco menos de 6 m², permanece fechada dia e noite; unida pela mesma parede a ‘salinha’ é vizinha de uma pequena loja de revenda de motocicleta de um lado e, do outro, uma sala para aluguel.

Rua 07 de setembro, número 23, Centro, município de Santa Luzia do Maranhão. Este é o endereço que a empresa I A Ribeiro – Organizações e Publicidade, ou I A R – Eventos, está registrada junto à Receita Federal, no local deveria existir as instalações da firma, mas tudo é de ‘mentirinha’, não passa de uma empresa de fachada.

O Blog do Domingos Costa esteve no local para verificar in loco que no espaço existe apenas uma sala de pouco menos de 6 m², permanece fechada dia e noite. Unida pela mesma parede, a ‘salinha’ é vizinha de uma pequena loja de revenda de motocicleta de um lado e, do outro, uma sala para aluguel.

Embora sem capacidade técnica e operacional para fornecer à prefeitura de Santa Luzia, acredite, sabe-se como, a empresa conseguiu se “transformar” numa funerária e ganhou uma licitação vantajosa na gestão da prefeita Francilene Paixão de Queiroz, a França do Macaquinho (PP).

Prefeita Francilene Paixão de Queiroz, a França do Macaquinho, deverá ser acionada pelo MP por improbidade administrava.

Conforme o contrato nº 065/2018, Proc. Adm. nº 209/2018 resultado do “pregão presencial” nº 020/2018, no qual o Blog do DC teve acesso a íntegra com exclusividade, a empresa de eventos “I A Ribeiro” fornece urnas funerárias [caixões] com serviços de translado fúnebres para a secretaria municipal de Assistência Social, o valor de R$ R$ 368.100,00 (trezentos e sessenta e oito mil e cem reais) pelo período vigente de apenas oito meses: 02 de abril a 31 de dezembro 2018.

– Atividades Econômicas e venda de notas

Todas as características da I A R – Eventos apontam para uma empresa especializada em vender notas fiscais frias. O CNPJ dela, 17.674.093/0001-32, descreve nada menos que 72 atividades econômicas, que vão de serviços de organização de feiras, congressos, exposições e festas, passam por confecção de roupas profissionais, serviços de acabamentos gráficos, e segue por coleta de resíduos perigosos, construção de edifícios, rodovias e ferrovias, obras de urbanização, manutenção de rede de distribuição de energia elétrica, perfuração de poços, transporte escolar, atividades de rádios, limpeza de prédios e assim por diante.

Uma verdadeira aberração que existe tão somente no papel, criada com a única e exclusiva finalidade de lavar dinheiro público do contribuinte por meio de contratos de prestação de serviços, em sua maioria, superfaturados com prefeituras maranhenses. Em suma, os fraudadores utilizaram-se da prática de notas fiscais fictícias ou “frias”, que são aquelas nas quais os serviços declarados não são prestados ou os produtos discriminados não são entregues.

– Usa uma laranja 

Ivone  é a “dona” da empresa usada como “laranja” e/ou “testa de ferro”; Ela é moradora humilde e conhecida vendedora de bebidas de Santa Luzia.

A firma está registada em nome de Ivone Arruda Ribeira (foto ao lado), que irá completar 32 anos no próximo mês, moradora humilde e conhecida vendedora de bebidas de Santa Luzia. Ela é usada como “laranja” e/ou “testa de ferro” – pessoa que intermedeia transações financeiras fraudulentas, emprestando seu nome, documentos ou conta bancária para ocultar a identidade de quem a contrata -.

– Outro lado 

O Blog do DC entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura nos números disponíveis no site http://santaluzia.ma.gov.br/, mas sem êxito. Por sua vez, Ivone Arruda Ribeira [curiosamente fã do presidente Jair Bolsonaro], “dona” da empresa confirmou que assina toda a papelada, disse que nos atenderia no dia seguinte, mas não retornou as novas tentativas de contatos.

Os órgãos de controle e fiscalização de recursos públicos, tais como  o Ministério Público, Polícia Federal e, também, da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate a Corrupção (SECCOR) já tomaram conhecimento do escabroso caso.

– ABAIXO TRECHOS DA CÓPIA DO CONTRATO:

5 Comentários

  1. Gisgard queiroz disse:

    Assistindo o Fausto Silva ontem, ouvi a atriz Fernanda Montenegro fazer um depoimento da realidade que acontece a cada momento nas redes sociais ou “anti-sociais” chamando esse tipo de aplicativo como terra de ninguém, nesse caso Domingos, eu tenho quase certeza que você não tem responsabilidade e não entende patavina de administração pública, e não sei por qual motivação perde seu tempo ou ganha algo por isso para fazer uma publicação dessa, gostaria também que o MP, um dia observasse a conduta dos blogueiros, e solicitasse a polícia federal a quebra de sigilo telefônico e de contas desses pseudos jornalistas para que o jornalismo do Brasil trabalhe com mais responsabilidade!!!
    Pois todos sabemos que para uma empresa participar de uma licitação, a comissão permanente de licitação faz uma visita “in-loco” para ver a estrutura das participantes proponentes ao certame, por isso em respeito à liberdade de expressão peço a você meu rapaz mais responsabilidade no que posta, pois assim estamos indemoniando nao só os políticos como também todo um corpo técnico formado por pai e mãe de família que não gostaria de passar por constrangimentos e nem seus familiares.

    Deixo aqui um desabafo a todos blogueiros do Brasil, e solicito ao mesmo MP que observe com mais cuidado a motivação e o porque de tais publicações!!!

    Abraços a todos que fazem jornalismo com responsabilidade e repúdio aos que por motivações até nebulosas tentam denegrir pessoas, familiares e por muitas vezes filhos adolescentes que ver esse tipo de coisa em redes sociais ou como a atriz Fernanda desabafou chamando de terra que não tem LEI!!!!

  2. Gisgard Sousa de Queiroz disse:

    Assistindo o Fausto Silva ontem, ouvi a atriz Fernanda Montenegro fazer um depoimento da realidade que acontece a cada momento nas redes sociais ou “anti-sociais” chamando esse tipo de aplicativo como terra de ninguém, nesse caso Domingos, eu tenho quase certeza que você não tem responsabilidade e não entende patavina de administração pública, e não sei por qual motivação perde seu tempo ou ganha algo por isso para fazer uma publicação dessa, gostaria também que o MP, um dia observasse a conduta dos blogueiros, e solicitasse a polícia federal a quebra de sigilo telefônico e de contas desses pseudos jornalistas para que o jornalismo do Brasil trabalhe com mais responsabilidade!!!
    Pois todos sabemos que para uma empresa participar de uma licitação, a comissão permanente de licitação faz uma visita “in-loco” para ver a estrutura das participantes proponentes ao certame, por isso em respeito à liberdade de expressão peço a você meu rapaz mais responsabilidade no que posta, pois assim estamos indemoniando nao só os políticos como também todo um corpo técnico formado por pai e mãe de família que não gostaria de passar por constrangimentos e nem seus familiares.

    Deixo aqui um desabafo a todos blogueiros do Brasil, e solicito ao mesmo MP que observe com mais cuidado a motivação e o porque de tais publicações!!!

    Abraços a todos que fazem jornalismo com responsabilidade e repúdio aos que por motivações até nebulosas tentam denegrir pessoas, familiares e por muitas vezes filhos adolescentes que ver esse tipo de coisa em redes sociais ou como a atriz Fernanda desabafou chamando de terra que não tem LEI!!!!

    • Ei rapaz, vcs são bandidos!!! Ladrões de dinheiro público! Para de demagogia!!!

    • Augusto Lima disse:

      Eu fico pasme com esse tipo de comentário do Gisgard Sousa de Queiroz, quebra de sigilo telefônico de blogueiro?? Fala sério, vcs fazem parte de uma gestão que utiliza várias empresa para tirar proveito do dinheiro público, vem falar falar em sigilo telefone.
      Você fala que são pais e mães de família são os responsáveis pela fiscalização e não gostam de ser constrangidos, como falou do cenário politico nacional bem acima, lembro você que Eduardo Cunha é pai de família, Aécio Neves, Lula e vários outros dessa “corja”, vamos parar com esse mimimi e discussão de “nunca fizemos nada, somos inocente”.
      Ahh e o mesmo MP que pediu para fazer verificação na vida dos blogueiros, peço também que faça uma investigação a fundo na administração de Santa Luzia, que olhe tudo e vamos vê aonde está o verdadeiro problema.
      Abraços a todos que sabem fazer uma administração pública correta, sem corrupção.

  3. Luis disse:

    Rapaz esse gisgard e muito e um corno rapaz, todo mundo sabe kkkkkkk um vaganundo desse qye por onde passou deixou ratro de roubo e corrupcao, roubou em bom jesus das selvas, roubou no burit, roubou no incra

Deixe o seu comentário!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894
Celular: (98) 98160-1081

RÁDIO TIMBIRA

https://www.ma.gov.br/wp-content/uploads/2018/07/Timbira-Banner-player-2018.gif?w=700

Publicidade