01
mar
2016

“Não estou pegando o DEM para colocar debaixo do braço e negociar”, alfineta Juscelino Filho

 

12767205_1008724995874336_1549160054_n

Suplente de vereador Rômulo Franco assina ficha de filiação, observado por Eliziane, enquanto o prefeito Edivaldo conversa com o deputado Estênio.

O Democratas mostrou força ao reunir importantes lideranças políticas no ato que marcou a posse do deputado federal Juscelino Filho, como novo presidente do partido no Maranhão, nesta segunda(29). Muito concorrido, o evento realizado no plenarinho da Assembleia Legislativa, contou com o presença do presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho(PDT), deputados e diversas lideranças políticas.

Mas, o que realmente chamou atenção, foi o encontro do prefeito Edvaldo Holanda Junior (PDT) e da deputada Federal Eliziane Gama (Rede), principais concorrentes e adversários à prefeitura de São Luís nestas eleições, que dividiram a mesa de autoridades da cerimônia.

Em entrevista ao blog, o Deputado Federal Juscelino Filho disse que assumiu a missão de comandar o partido no Maranhão com muito entusiamo, explicou que o convite partiu do presidente nacional, senador Agripino Maia (RN) e salientou que as decisões no partido serão tomadas de modo coletivo, inclusive, sobre quem apoiar para prefeitura de São Luís.

“Vamos tratar os assuntos do partido de forma colegiada, pautando as questões, votando e tomando as decisões na maioria. Isso é muito importante e faz parte da democracia, nós temos que aprender a conviver nas divergências e discutindo tirar o denominador”, explicou.

Sobre o fato de ‘tomar’ a legenda da família Fecury, o parlamentar explicou que a decisão de deixar o partido foi do ex-deputado federal e suplente de senador Clóvis Fecury, que reinava já durante mais de uma década sob a direção da sigla no Maranhão.

“O partido quando oficializou o convite, o próprio presidente Agripino fez questão de ligar para o Clovis Fecury para informá-lo que estava me convidando para assumir o DEM no Estado, disse que o Democratas estava passando por um momento de fortalecimento e pretendia aumentar a bancada na Câmara Federal, ocasião que fiz questão de pedir que o Fecury permanecesse nos quadro do partido”, firmou Juscelino.

img_5463

Deputada Eliziane Gama usou da palavra durante o ato presidido pelo colega de Câmara Federal, Juscelino Filho.

O deputado federal ainda alfinetou, mesmo sem declinar nomes, a gestão de seus antecessores no DEM. “Não estou pegando o partido para colocar debaixo do braço e negociar com “a” nem com “b”, nós vamos pautar essa questão de forma democrática ouvindo todos os membros do DEM que têm sua importância”, concluiu.

Por fim, questionado sobre sua situação na Justiça Eleitoral, onde responde Ação que perde seu mandato por abuso de poder econômico, o deputado disse que confia na justiça e aguarda o processo entrar na pauta de julgamento para sair vitorioso.

“Tenho acompanhado com muita tranquilidade o processo que corre na Justiça Eleitoral, estamos aguardando o relator pautar, mas tenho plena tranquilidade de que a justiça será feita honrosa como sempre foi, sem dúvida iremos sair dessa com uma grande vitória”, vislumbrou o deputado.

LEIA TAMBÉM:

Desnorteado, Ricardo Guterres “prostitui” o Democratas

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade