18
maio
2020

MP-MA: Irmão de deputado concorre ao cargo de procurador-geral de justiça; candidato apoiado por Luiz Gonzaga é favorito

Procurador de justiça Eduardo Jorge Hiluy Nicolau, atual Corregedor Geral do Ministério Público  Promotor de Justiça Tarcísio José Sousa, Duas vezes presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (Ampem). Promotor  Márcio Thadeu Silva Marques, titular da 1ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Infância e Juventude

Márcio Thadeu Silva Marques; Eduardo Jorge Hiluy Nicolau e Tarcísio José Sousa Bonfim concorrem ao comando do MP-MA…

No final da tarde desta segunda-feira (18) será conhecido o resultado da eleição para escolha do novo procurador-geral de justiça do Ministério Público do Maranhão relativo ao biênio 2020/2022, em substituição a Luiz Gonzaga Martins Coelho, que conclui um ciclo de quatro anos (2016 a 2018) e (2018/2020) à frente do MP-MA.

A eleição iniciou nesta manhã com apenas três concorrentes a vaga, o Promotor Márcio Thadeu Silva Marques – atual diretor da Escola Superior do Ministério Público (ESMP), mas que ficou conhecido pela atuação como titular da 1ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Infância e Juventude; o Procurador Eduardo Jorge Hiluy Nicolau – atual Corregedor Geral do Ministério Público e, também, Promotor Tarcísio José Sousa Bonfim – duas vezes presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (Ampem).

Parafraseando, Márcio Thadeu é o que se chama na política partidária de candidato governista, em termos práticos, o nome que está sendo apoiado pelo atual Procurar-geral Luiz Gonzaga, e portanto, favorito para ganhar a eleição.

Eduardo Jorge Hiluy Nicolau é um candidato mais independente em relação à atual gestão do MP-MA; e, por sua vez, Tarcísio Bonfim, ex-presidente da Ampem e irmão do deputado federal Junior Lourenço (PL), conta com apoio de um bom número de promotores do interior do Maranhão.

O resultado da eleição será encaminhada ainda na noite desta segunda-feira ao governador Flávio Dino que dispõe do prazo de 15 dias para efetuar a nomeação respeitando, ou não, a ordem da lista tríplice.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

TV TIMBIRA

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo