19
abr
2016

Morcegos transmissores da raiva são capturados ao lado da casa de Roseana, na Ilha de Sarney

A Aged capturou seis morcegos hematófagos ao lado da residência da ex-governadora Roseana Sarney na Ilha de Curupu. Essa espécie é a principal transmissora da raiva em herbívoros.

morcego

Morcegos transmissores da raiva são capturados na Ilha de Sarney (Foto: Divulgação/ Aged)

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged) capturou seis morcegos hematófagos, que se alimentam de sangue, na ilha de Curupu, também conhecida como Ilha do Sarney, no município de Raposa, Região Metropolitana de São Luís. Essa espécie é a principal responsável por transmitir a raiva para animais herbívoros.

Segundo a agência, os morcegos estavam atacando animais na região. A captura dessa espécie faz parte do Programa Nacional de Controle da Raiva (PNCRH). Segundo a fiscal estadual agropecuária, Sonivalde Santana, a doença tem importância para a saúde pública e para a economia do Maranhão.

“O Maranhão tem uma diversidade de vegetação, um litoral muito grande e um rebanho também muito grande. Então, existe uma oferta de alimentação muito grande para os morcegos. Aqui, nós já tivemos casos de raiva em seres humanos, causada por morcegos, há 10 anos. Todo o trabalho que a gente faz é voltado para essa prevenção”, disse.

A Aged informou que os escritórios da agência estão abertos para notificações de agressões por morcegos. Após a denúncia, uma equipe treinada se dirige ao local, no período noturno, onde capturam os animais e aplicam uma pasta vampiricida (à base de substâncias anticoagulantes) em seu dorso. “Como eles têm o hábito de se lamber, em poucos dias, um dos morcegos que capturamos pode matar de 15 a 20 outros morcegos”, explica a fiscal.

MA - SENADO/SARNEY/TERRA - POLÍTICA - Vista da Ilha de Curupu de propriedade do presidente do senado José Sarney (PMDB- AP) no Maranhão. 17/07/2009 - Foto: CELSO JUNIOR/AGÊNCIA ESTADO/AE

Vista da Ilha de Curupu de propriedade de José Sarney, no município maranhense de Raposa.

Mais sobre a Ilha – A 20 quilômetros a nordeste de São Luís, a ilha de Curupu é conhecida como um dos símbolos do poderio econômico da família Sarney. Mas sua área total de 16 milhões de metros quadrados reflete também o contraste social pelo qual se tornou conhecido o Maranhão.

No lado sul da ilha, duas mansões servem de abrigo para o clã maranhense e seus convidados vips. Na face norte, um povoado conhecido como Canto, formado por 30 famílias de remanescentes do local, ainda vive como seus antepassados. Com a permissão do ex-presidente e senador José Sarney (PMDB-AP), a comunidade simples reside ali em casebres de madeira, cobertas de palha ou de telhas de amianto. Os moradores alegam que não têm permissão para construir casas de alvenaria.

1 Comentário

  1. Nando disse:

    Vc deve ter sido mordido por um mocego desse, pois lembro quando vc era um pseudo líder estudantil e vivia diariamente ao lado dos Sarney passando as informações e se beneficiando do grupo que, hije vc tanto ataca. Essa sua irá com a família Sarney só pode te uma causa; o morcego ou a mordida das onças dos leões, essa última eu acho mais provável.

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade