20
fev
2014

Monteiro manda recado para o clã-sarney e alfineta: “O PT ainda governará o Maranhão”

Dirigentes do PT comemoram decisão da executiva nacional e agora se preparam para definir rumos em 2014. Fonte O Imparcial

Dirigentes do PT comemoram decisão da executiva nacional e agora se preparam para definir rumos em 2014. Fonte O Imparcial

O PT já começa a discutir as possibilidades de aliança para a eleição estadual deste ano, depois de superado o debate sobre o resultado do Processo de Eleição Direta. Raimundo Monteiro que foi confirmado presidente, deixou claro que a prioridade do partido é a reeleição da presidente Dilma Rousseff e eleição de deputados estaduais e federais. No entanto o líder petista destacou em sua fala, que os petistas devem começar a se organizar e preparar, que em um futuro próximo, “o PT ainda governará o Maranhão”, exaltou.

Porém, enquanto o futuro não chega, até o final de março, o partido terá que definir qual rumo irá tomar este ano. Monteiro contou que existem três possibilidades: a aliança com o PCdoB, candidatura própria ou a manutenção da coligação com o PMDB, a qual é a mais provável a ser seguida.

Mas seja qual for à decisão, a palavra final será da executiva nacional. “Iremos discutir qual será o nosso caminho, após o resultado levaremos a direção do partido, para que eles homologuem ou não, a escolha local”, declarou.Membros do partido consideram que a probabilidade de uma aliança com o PMDB é a mais real, porém por conta de orientações da executiva nacional, em que devem esperar o resultado do Encontro Estadual de Tática Eleitoral, nenhum petista quis fazer declarações públicas sobre essa aliança.Apesar de não haver essa exaltação dando como certa a reedição da aliança governista, o que predomina no debate é a discussão de quem será o candidato a vice-governador na chapa de Luís Fernando (PMDB). Tanto que pelo menos cinco nomes surgem com chances de ser o indicado, eles são: José Costa, José Antônio Heluy, José Inácio, Kléber Gomes e o próprio Raimundo Monteiro.

Quanto à discussão da eleição indireta, se o PT participará ou não, o tema gera divergência internas no partido, pois uma ala considera que o processo não é democrático, logo por não concordarem com essa prática, a legenda deveria se abster ao debate, no entanto outros consideram que a sigla tem sim de permanecer no debate, afinal o compromisso feito ainda em 2010, era que os petistas fossem até o fim de 2013 no cargo de vice-governador.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

 

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo