18
set
2017

Mesmo após três confusões, Núbia continua usando PM da ativa como segurança particular

No mês de maio na Eugênio Pereira, em julho na Estrada do Sítio Grande e no inicio deste mês no Maiobão, a esposa do prefeito Dutra estava protegida por PM’s armados.

Um dos PM’s à serviço de Núbia é Márcio de Jesus Gomes [M Gomes], lotado no 8º batalhão da Polícia Militar, ele aparece destruindo o hidrometro com arma na cintura.

Por três vezes em menos de cinco meses a primeira dama de Paço do Lumiar Núbia Dutra, se envolveu em confusão com moradores do município. Em todas as ocasiões, a esposa do prefeito Domingos Dutra estava acompanhada de policiais militares que, clandestinamente, fazem sua segurança particular.

Armados com pistola ponto 40 e, portanto, contrariando a legislação, os PM’s continuam a realizar a escolta da secretária de Administração, Planejamento, Finanças, Articulação e Fazenda, sem que a secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) tome uma providência alguma.

– CONFUSÕES

– A primeira confusão envolvendo Núbia aconteceu no dia 15 de maio, quando moradores da localidade Eugênio Pereira, na Maioba do Mocajituba, interditaram a MA – 202, cobrando ações no setor da infraestrutura. Os manisfestantes pediam a presença do prefeito, porém, quem apareceu no local foi a primeira dama, Núbia. Indignados, os populares hostilizaram a secretária, que teve de simular uma conversa ao telefone para sair escoltada por um PM. Ela ainda chegou a pedir que os moradores calassem a boca (assista o vídeo aqui).

No dia 28 de julho, a esposa do prefeito se envolveu em briga de um casal às margens da Estrada do Sítio Grande, que interliga a Estrada da Maioba ao conjunto Maiobão. Na ocasião, Núbia foi atingida com um tiro no rosto e, um dos seus capangas – também membro da PM-MA – atirou contra outro polícia Militar que até hoje tenta se recuperar de uma cirurgia na qual perdeu 60% do intestino. O sargento Rubem Ferreira está em um leito da UTI do Hospital Carlos Macieira (lembre do caso).

– A última confusão envolvendo Núbia aconteceu há duas semanas, no Maiobão. No dia 1º de setembro a primeira dama ameaçou atirar contra um funcionário da empresa BRK Ambiental (responsável pelos sistemas de abastecimento de água e esgoto do município em substituição a Odebrecht). Protegida por dois de seus capangas, armados de ponto 40, a secretária mandou quebrar um hidrômetro instalado pela BRK em sua residência. O vídeo viralizou na internet (reveja).

– IRREGULARIDADES

De acordo com o estatuto da Polícia Miliar do Maranhão é vedado qualquer membro da corporação ativo trabalhar de segurança privada, sobretudo, usando a arma da instituição pública, no caso, a pistola ponto 40, exclusiva das forças policiais. Ainda de acordo com as regras da PM-MA, o policial militar não pode fazer bico, ou desviar suas funções, e/ou receber benefícios alheios, sob risco de perder a farda e ainda ser preso.

Em todas as confusões de Núbia ela estava acompanhada de PM armados de ponto 40…

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do autor deste blog.

  • Você também pode comentar usando o Facebook!

Siga-me no Facebook

Contatos


Email: domingos.costa@hotmail.com
WhatsApp: (98) 98807-7894

Publicidade

blank

TV TIMBIRA

blank

RÁDIO TIMBIRA

 

Rádio Timbira Ao Vivo